SETI deteta 72 sinais extraterrestres numa galáxia a 3000 milhões de anos-luz

Os cientistas do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), nos Estados Unidos, detetaram 72 sinais extraterrestres vindos de uma galáxia anã a cerca de três mil milhões de anos-luz da Terra.

Uma equipa de cientistas do programa Breakthrough Listen, situado no SETI Institute, na Universidade da Califórnia, em Berkeley, EUA, detetou 72 sinais extraterrestres ao examinar 400 terabytes de dados radiofónicos vindos de uma galáxia anã a cerca de três mil milhões de anos-luz da Terra.

A fonte que emite estas rajadas rápidas de rádio – intensas explosões de energia de rádio que duram apenas alguns milissegundos de duração – é conhecida como FRB 121102.

A maioria das FRB analisadas emitiu apenas uma descarga de rajadas rápidas de rádio, mas na FRB 121102 esse fenómeno repetiu-se várias vezes. Foi assim que se detetaram 21 explosões nesta fonte, no ano passado, ao analisar dados recolhidos pelo telescópio Green Bank, nos EUA, com a implementação de algoritmos informáticos padrão.

Mas, agora, a equipa desenvolveu um novo e mais poderoso algoritmo, com o qual reanalisaram os dados do telescópio e descobriram outras 72 explosões que não haviam sido visualizadas com a técnica anterior.

Gerry Zhang, estudante doutorado por esta universidade norte-americana, foi o responsável pelo algoritmo, tendo recorrido a algumas das técnicas usadas pelas empresas de tecnologia da Internet para otimizar os resultados de pesquisa e classificar imagens.

Os cientistas treinaram um algoritmo conhecido como rede neuronal convolucional, que facilita o reconhecimento destas rajadas rápidas de rádio (“fast radio bursts” em inglês).

“O seu trabalho é entusiasmante não só porque nos ajuda a compreender o comportamento dinâmico dos FBR com mais detalhe, mas também por causa do potencial que mostra ao usar a aprendizagem de máquinas para detetar sinais perdidos por algoritmos clássicos”, afirmou Andrew Siemion, investigador do SETI, à Sky News.

A FRB 121102 tem origem numa galáxia anã localizada a 3 mil milhões de anos-luz do nosso planeta, mas a natureza do objeto que as emite é desconhecida. Há diversas teorias sobre o assunto, incluindo a que poderiam ser sinais de tecnologia desenvolvida por uma avançada civilização extraterrestre.

“A natureza do objeto que os emite é desconhecida. Existem várias teorias, incluindo que elas podem ser assinaturas da tecnologia desenvolvida por vida inteligente”, disse fonte do SETI também citada pelo canal de televisão.

Em 2017, cientistas da Universidade de Harvard já tinham sugerido que estes sinais podiam ser o resultado de falhas de energia de transmissores poderosos construídos por civilizações alienígenas para enviar gigantes barcos em viagens interestelares.

Os resultados desta nova investigação foram aceites para publicação na revista científica Astrophysical Journal.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Essas possíveis civilizações agora captadas existiram à 3.000 milhões de anos, ou seja estão mais do extintas, pois quando olhamos para o espaço estamos a olhar para o passado, e quanto mais longe mais longínquo no tempo.

    • Mais extintas porquê?
      Pode a galáxia deles não ter sido destruida, podem ter desenvolvido tecnologia para sobreviverem.
      Nós temos quantos anos de tecnologia? 80 anos? 90 anos? Já enviam robots para outros planetas, quando tivermos 1000 anos de tecnologia o que poderemos alcançar?
      Todas as hipóteses podem ser válidas enquanto não houver uma confirmação do que é, o que foi e o que será.
      Não vejo porque porque a única hipótese é: estão extintos! É preciso ser obtuso se for para pensar assim.

  2. Nao sei que tem o redshift a ver com isso mas esta bem, e pelo que andei a ler nao me parece que seja nada de mais fizeram upgrades nos sistemas detectaram 1 pulsar digo eu, nao sei o que eh a frequencia (FRB 121102) mas penso que sera ” fast radio brusts ” o que nao eh nada de novo ja foi detectado antes em inglaterra se nao me engano… ” FRB 121102
    An observation in 2012 of a fast radio burst (FRB 121102)[4] in the direction of Auriga in the northern hemisphere using the Arecibo radio telescope confirmed the extragalactic origin of fast radio pulses by an effect known as plasma dispersion. ” mais aqui ” https://en.wikipedia.org/wiki/Fast_radio_burst

    • Se não sabe o que é o Redshift ou como são medidas as distâncias no Cosmos, então não sabe como eles chegaram à conclusão que essa galáxia está a “3000 milhões de anos-luz” …

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …