Sete homens detidos em investigação a decapitação de professor

Clemens Bilan / EPA

Sete indivíduos foram detidos esta terça-feira pela polícia antiterrorismo francesa no âmbito da investigação à degolação do professor de liceu Samuel Paty, em Outubro de 2020, por um extremista islâmico.

Os detidos terão mantido contactos através das redes sociais com o assassino, o jovem refugiado de origem chechena Abdoullakh Anzorov, de acordo com fonte judicial citada pela agência AP.

Sob acusações de terrorismo e homicídio, outros 14 indivíduos já se encontravam a ser formalmente investigados pela Justiça francesa. As detenções tiveram lugar nas cidades de Paris, Lyon, Toulouse e outras localidades do Oeste do país.

A lei antiterrorismo francesa permite que os suspeitos possam ser sujeitos a detenção para interrogatório durante 96 horas.

Samuel Paty, professor, foi degolado a 16 de Outubro de 2020 à saída da escola onde lecionava na região de Paris, depois de ter mostrado aos seus alunos, durante um debate sobre a liberdade de expressão, caricaturas do profeta Maomé.
O assassino, um jovem de 18 anos identificado pelas autoridades como Abdoullakh Anzorov, foi abatido pela polícia. Anzorov assumiu responsabilidade pelo homicídio num texto deixado no seu telemóvel, juntamente com uma fotografia da vítima.

Duas semanas depois da morte do docente, três pessoas foram esfaqueadas mortalmente na Basílica de Notre-Dame de Nice por um extremista islâmico, levando o presidente Emmanuel Macron a proclamar que a França “estava sob ataque”.

O Parlamento francês aprovou em Dezembro de 2020 o prolongamento até Julho de 2021 de controversas medidas de segurança inscritas na lei antiterrorismo do país.

A lei encontra-se em vigor desde Novembro de 2017 e é criticada pelos defensores das liberdades civis, prevendo buscas e visitas domiciliárias, medidas individuais de controlo, estabelecimento de perímetros de segurança e encerramento de locais de culto.

As medidas são inspiradas diretamente no estado de emergência que foi decretado pelas autoridades francesas na noite dos ataques terroristas de 13 de Novembro de 2015, que mataram 130 pessoas em Paris, e que foram então classificados como os piores ataques em solo francês desde a II Guerra Mundial.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …

Babbage escreveu uma carta a Tennyson. Exigia a "correção matemática" de um poema

A perspicácia matemática de Charles Babbage levou-o a escrever uma carta ao poeta Alfred Tennyson, que exigia, de certa forma, rigor e precisão no poema The Vision Of Sin. Charles Babbage é conhecido como o pai …

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …

Roma já tem uma máquina de venda automática de pizza

A capital italiana tem agora uma máquina de venda automática que faz pizzas em apenas três minutos. Os preços variam de 4,50 aos seis euros (e as opiniões sobre esta ideia também). Raffaele Esposito, o napolitano …

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …