/

Canadiana e italiano sequestrados em 2018 no Burkina Faso encontrados no Mali

Em dezembro de 2018, Edith Blais e Luca Tacchetto desapareceram quando viajavam de automóvel por Burkina Faso. Foram encontrados esta sexta-feira no Mali.

De acordo com o Diário de Notícias, uma canadiana e um italiano sequestrados em 2018 no Burkina Faso por um grupo armado foram encontrados com vida ,esta sexta-feira, pelos capacetes azuis na região nordeste do Mali.

“Os capacetes azuis da ONU encontraram na sexta-feira nos arredores de Kidal (Mali) um cidadão italiano e uma cidadã canadiana que foram sequestrados em 2018 em Burkina Faso”, disse uma fonte da Missão das Nações Unidas no Mali (Minusma) à AFP.

Edith Blais é natural de Sherbrooke, a 160 km de Montreal, no Quebeque, e Luca Tacchetto nasceu em Veneza, no norte da Itália. “Ambos estão bem e sob a nossa proteção“, afirmou a Minusma.

O casal desapareceu em dezembro de 2018, quando viajavam de automóvel por Burkina Faso, com destino ao Togo, onde iam participar num projeto humanitário da organização Zion’Gaia. Meses depois, um porta-voz do Governo de Burkina Faso afirmou que os dois tinham sido sequestrado. O sequestro nunca foi reivindicado.

Segundo informações divulgadas numa mensagem de áudio pelo chefe da Missão da ONU no Mali, Mahamat Saleh Annadif, o casal terá conseguido escapar dos raptores nas proximidades de Kidal, no nordeste de Mali.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.