Senadora italiana, sobrevivente do Holocausto, tem proteção policial por causa de ameaças

Liliana Segre, senadora italiana de 89 anos e sobrevivente do Holocausto, tem recebido centenas de ameaças nas redes sociais nos últimos dias. Agora tem proteção policial.

Na origem dos ataques está o facto de Segre – que é senadora vitalícia – ter proposto no parlamento a criação de um comité para combater todas as formas de racismo, anti-semitismo, incitação ao ódio e violência por motivos étnicos e religiosos.

A moção foi aprovada na semana passada, apesar da abstenção dos partidos da extrema-direita (Lega) e do centro-direita (Forza Itália). Porém, de acordo com o semanário Expresso, desde então, as mensagens de ódio não pararam. Nos dias que se seguiram à votação, Liliana Segre recebeu cerca de 200 de ameaças por dia nas redes sociais.

Liliana Segre confessa que a posição destas forças partidárias a fez sentir-se “como uma marciana no Senado”. “Eu apelei à consciência de todos e pensei que uma comissão contra o ódio, como princípio, seria algo aceite por todos”, afirmou, citada pelo jornal italiano La Repubblica.

As mensagens, que têm sido enviadas por pessoas anónimas, levaram à abertura de uma investigação, agora tornada pública. A gravidade de algumas delas levou a que o presidente da câmara de Milão reunisse com o comité de segurança e ordem pública, ficando acordado que Segre precisa de proteção policial.

Liliana Segre nasceu em Milão em 1930 e fugiu da perseguição nazi na Itália com o seu pai em dezembro de 1943. Depois de não se conseguirem refugiar na Suíça, ambos foram enviados para o campo de extermínio de Auschwitz, na Polónia ocupada pelos nazis, no mês seguinte. No local, o seu pai e avós foram mortos.

Juntamente com outros prisioneiros judeus transferidos de Auschwitz em janeiro de 1945, Segre foi levada para o campo de concentração de Ravensbrück, na Alemanha. Semanas depois, foi transferida para outro campo operado pelos nazis, que foi posteriormente libertado pelo Exército Vermelho da União Soviética.

Segre foi nomeada senadora italiana pelo presidente Sergio Mattarella em janeiro de 2018.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novos escalões de IRS só serão criados "a meio da legislatura"

Esta segunda-feira, o Governo disse aos parceiros sociais que só deverão acontecer "mexidas no IRS", nomeadamente a criação de novos escalões, a meio desta legislatura. O Governo de António Costa confirmou aos parceiros sociais que a …

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …