Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém vermelha.

Conhecida como a “capital das buzinas”, Mumbai enfrenta problemas com a poluição sonora, conta o The New York Times. Mesmo com o sinal vermelho, há motoristas mais impacientes que buzinam, antecipando-se à luz verde que permite a passagem.

Para pôr fim a este problema, a polícia de Mumbai instalou detetores de ruído em vários semáforos localizados em locais importantes da cidade.

Se o nível do ruído ultrapassar os 85 decibéis – o nível aproximado de um comboio de carga a passar a cerca de cinco metros -, o temporizador que permite que a luz vermelha seja substituída pela verde é redefinido, demorando mais tempo a fazer a transição.

Quando mais ruído houver, mais tempo o sinal ficará vermelho. Os detetores foram instados no final do ano passado, tendo o sistema sido batizado como “O Sinal da Punição”.

A polícia indiana deixou também frases enigmáticas nas interseções nas quais se podia ler: “Buzinas mais, esperas mais”. Um vídeo sobre a iniciativa foi publicado pelas autoridades nas redes sociais, somando desde logo milhões de visualizações.

“É isso que queríamos dizer aos condutores: buzinar ou fazer barulho não move o tráfego (…) O trânsito leva o seu próprio tempo a mover-se”, explicou o porta-voz da polícia de Mumbai, Pranaya Ashok, em declarações ao jornal norte-americano.

Mumbai ficou em quatro lugar no ranking do TomTom Index de 2019, que classifica o congestionamento de trânsito urbano em centenas de cidades em todo o mundo. Em média, estimaram os especialistas, os motoristas desta cidade indiana perderam cerca de 209 horas – isto é, 8 dias e 17 horas – no trânsito de Mumbai no passado passado.

Durante todo este tempo, aponta o portal IFL Science a título de exemplo, seria possível assistir 185 episódios da série “A Guerra dos Tronos”, ouvir 4.012 vezes a música “Imagine” de John Lennon e plantar 209 árvores.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. em portugal era caso para atitudes de furias e aposto que partiam o semaforo.
    imaginem passar a verde e como sabemos ha sempre alguem a buzinar para arrancar logo. o sinal detectar o ruido e passar logo para vermelho.
    alguem sairia do carro para dar umas boas pancadas no semaforo e parti-lo

RESPONDER

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …