Sem vinho à mesa, Hollande recusou jantar com o presidente iraniano

KenRoth / Twitter

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

Durante a recente visita do presidente do Irão a França, a comitiva iraniana insistia numa refeição halal, o costume islâmico para as refeições, para o encontro com o presidente francês, ou seja, de acordo com a fé muçulmana.

O presidente francês François Hollande não aceitou. No palácio do Eliseu não há refeição sem vinho à mesa.

“O problema não é o halal mas o vinho”, explicou Gérard Araud, embaixador francês nas Nações Unidas. No Twitter, defendeu que “ninguém deve impedir seja lá quem for de beber ou não beber”.

A decisão francesa foi conhecida um dia depois da polémica visita do líder iraniano Hassan Rohani a Roma, durante a qual o primeiro-ministro Mateo Renzi foi alvo de muitas críticas por ter optado por tapar estátuas de nus para evitar ofender a delegação iraniana.

Hollande, ao cancelar o almoço, escapou a essas críticas e não deixou de fechar negócios.

Durante esta viagem pela Europa, o Irão anunciou a compra de 114 aviões Airbus e também a reabertura de unidades de produção de automóveis da PSA Peugeot Citroen naquele país.

O incidente diplomático também não impediu que os dois líderes se encontrassem. Em vez de um almoço, Rohani e François Hollande lancharam.

Bom Dia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Hollande, como presidente de uma Republica laica tomou a atitude correta e não fez a triste figura do 1º ministro italiano.
    Tem toda a minha concordância.

  2. Parece que ainda há lideres que têm “coluna vertebral” e não se rebaixam para não perturbar a “sensibilidade” islâmica. Parabéns.

  3. O presidente francês fez muito bem, não é o P. do Irâo que tem de impor costumes não usuais em país que não é o seu. Ele pode não beber, mas não pode impedir que outro bebam. O jantar não devia ter sido desmarcado e o vinho devia estar na mesa para quem o quisesse. Afinal o P. do Irão não pode beber o vinho , ou não o pode ver?

  4. Obviamente.

    Não querem / não podem beber, por quaisquer que sejam os motivos, são livres de o fazer.
    Basta que, uma vez sentados à mesa, não bebam. São livres de o fazer e ninguém se ofende.

    Porque razão não há-de estar o vinho presente na mesa, em particular se faz parte da cultura do país que visitam?

    Eu nem sempre bebo alcoólicos à refeição, Simplesmente é uma minha opção.
    Posso, por esse motivo, obrigar todos os outros que comigo partilham a mesa a não beber?

  5. Acho muito bem que o tenha feito. Tal como um não-muçulmano que vá a um país muçulmano e não respeite a cultura muçulmana é um malcriado, também o é um muçulmano que venha a um país não-muçulmano e não respeite a cultura desse país. Estou farta destes fundamentalismos.

  6. Este Hollande é mesmo um cromo!…
    Já para o “príncipe” parasita da Arábia Saudita, não se importou de fechar uma praia publica!…

RESPONDER

Qual é a cor do seu nome? Esta plataforma mostra-lhe

A sinestesia é o nome que se dá à relação entre planos sensoriais diferentes - ou seja, ouvir um determinado som e pensar numa cor ou se associar números a uma cor. Uma mulher norte-americana chamada …

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …