Sem vinho à mesa, Hollande recusou jantar com o presidente iraniano

KenRoth / Twitter

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

Durante a recente visita do presidente do Irão a França, a comitiva iraniana insistia numa refeição halal, o costume islâmico para as refeições, para o encontro com o presidente francês, ou seja, de acordo com a fé muçulmana.

O presidente francês François Hollande não aceitou. No palácio do Eliseu não há refeição sem vinho à mesa.

“O problema não é o halal mas o vinho”, explicou Gérard Araud, embaixador francês nas Nações Unidas. No Twitter, defendeu que “ninguém deve impedir seja lá quem for de beber ou não beber”.

A decisão francesa foi conhecida um dia depois da polémica visita do líder iraniano Hassan Rohani a Roma, durante a qual o primeiro-ministro Mateo Renzi foi alvo de muitas críticas por ter optado por tapar estátuas de nus para evitar ofender a delegação iraniana.

Hollande, ao cancelar o almoço, escapou a essas críticas e não deixou de fechar negócios.

Durante esta viagem pela Europa, o Irão anunciou a compra de 114 aviões Airbus e também a reabertura de unidades de produção de automóveis da PSA Peugeot Citroen naquele país.

O incidente diplomático também não impediu que os dois líderes se encontrassem. Em vez de um almoço, Rohani e François Hollande lancharam.

Bom Dia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Hollande, como presidente de uma Republica laica tomou a atitude correta e não fez a triste figura do 1º ministro italiano.
    Tem toda a minha concordância.

  2. Parece que ainda há lideres que têm “coluna vertebral” e não se rebaixam para não perturbar a “sensibilidade” islâmica. Parabéns.

  3. O presidente francês fez muito bem, não é o P. do Irâo que tem de impor costumes não usuais em país que não é o seu. Ele pode não beber, mas não pode impedir que outro bebam. O jantar não devia ter sido desmarcado e o vinho devia estar na mesa para quem o quisesse. Afinal o P. do Irão não pode beber o vinho , ou não o pode ver?

  4. Obviamente.

    Não querem / não podem beber, por quaisquer que sejam os motivos, são livres de o fazer.
    Basta que, uma vez sentados à mesa, não bebam. São livres de o fazer e ninguém se ofende.

    Porque razão não há-de estar o vinho presente na mesa, em particular se faz parte da cultura do país que visitam?

    Eu nem sempre bebo alcoólicos à refeição, Simplesmente é uma minha opção.
    Posso, por esse motivo, obrigar todos os outros que comigo partilham a mesa a não beber?

  5. Acho muito bem que o tenha feito. Tal como um não-muçulmano que vá a um país muçulmano e não respeite a cultura muçulmana é um malcriado, também o é um muçulmano que venha a um país não-muçulmano e não respeite a cultura desse país. Estou farta destes fundamentalismos.

  6. Este Hollande é mesmo um cromo!…
    Já para o “príncipe” parasita da Arábia Saudita, não se importou de fechar uma praia publica!…

RESPONDER

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …

Fase de Instrução do processo Hells Angels começa no dia 27

A fase de instrução do processo Hells Angels vai começar no dia 27 deste mês, no Tribunal Central de Instrução Criminal, e já há sessões marcadas até 19 de dezembro. Fonte judicial referiu à agência Lusa …

Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais. A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro …

Ex-futebolista Koke detido em operação contra tráfico de droga

O antigo futebolista espanhol do Sporting é um dos 20 detidos pelas autoridades espanholas numa operação contra o tráfico de drogas. Esta operação foi desencadeada com 11 buscas simultâneas em Sevilha, Málaga e Granada, envolvendo 150 …

Brasil. Técnica que esteriliza o mosquito do zika e dengue será aplicada em 2020

O Brasil irá usar a partir do próximo ano mosquitos estéreis da espécie 'Aedes aegypt' para controlar a reprodução deste agente que transmite doenças como dengue e zika, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU). A …

FC Porto encaixa até 50 milhões com novo adiantamento de receitas televisivas

A SAD do FC Porto encaixou 30 milhões de euros com uma nova emissão de obrigações pela Sagasta, envolvendo a cedência de receitas futuras de direitos televisivos, e podem entrar mais 20 milhões em janeiro. Em …