Sem vinho à mesa, Hollande recusou jantar com o presidente iraniano

KenRoth / Twitter

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

O presidente da França, François Hollande, com o presidente do Irão, Hassan Rohani

Durante a recente visita do presidente do Irão a França, a comitiva iraniana insistia numa refeição halal, o costume islâmico para as refeições, para o encontro com o presidente francês, ou seja, de acordo com a fé muçulmana.

O presidente francês François Hollande não aceitou. No palácio do Eliseu não há refeição sem vinho à mesa.

“O problema não é o halal mas o vinho”, explicou Gérard Araud, embaixador francês nas Nações Unidas. No Twitter, defendeu que “ninguém deve impedir seja lá quem for de beber ou não beber”.

A decisão francesa foi conhecida um dia depois da polémica visita do líder iraniano Hassan Rohani a Roma, durante a qual o primeiro-ministro Mateo Renzi foi alvo de muitas críticas por ter optado por tapar estátuas de nus para evitar ofender a delegação iraniana.

Hollande, ao cancelar o almoço, escapou a essas críticas e não deixou de fechar negócios.

Durante esta viagem pela Europa, o Irão anunciou a compra de 114 aviões Airbus e também a reabertura de unidades de produção de automóveis da PSA Peugeot Citroen naquele país.

O incidente diplomático também não impediu que os dois líderes se encontrassem. Em vez de um almoço, Rohani e François Hollande lancharam.

Bom Dia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Hollande, como presidente de uma Republica laica tomou a atitude correta e não fez a triste figura do 1º ministro italiano.
    Tem toda a minha concordância.

  2. Parece que ainda há lideres que têm “coluna vertebral” e não se rebaixam para não perturbar a “sensibilidade” islâmica. Parabéns.

  3. O presidente francês fez muito bem, não é o P. do Irâo que tem de impor costumes não usuais em país que não é o seu. Ele pode não beber, mas não pode impedir que outro bebam. O jantar não devia ter sido desmarcado e o vinho devia estar na mesa para quem o quisesse. Afinal o P. do Irão não pode beber o vinho , ou não o pode ver?

  4. Obviamente.

    Não querem / não podem beber, por quaisquer que sejam os motivos, são livres de o fazer.
    Basta que, uma vez sentados à mesa, não bebam. São livres de o fazer e ninguém se ofende.

    Porque razão não há-de estar o vinho presente na mesa, em particular se faz parte da cultura do país que visitam?

    Eu nem sempre bebo alcoólicos à refeição, Simplesmente é uma minha opção.
    Posso, por esse motivo, obrigar todos os outros que comigo partilham a mesa a não beber?

  5. Acho muito bem que o tenha feito. Tal como um não-muçulmano que vá a um país muçulmano e não respeite a cultura muçulmana é um malcriado, também o é um muçulmano que venha a um país não-muçulmano e não respeite a cultura desse país. Estou farta destes fundamentalismos.

  6. Este Hollande é mesmo um cromo!…
    Já para o “príncipe” parasita da Arábia Saudita, não se importou de fechar uma praia publica!…

RESPONDER

A Terra em 4K. Empresa vai transmitir vídeos do Espaço em tempo real

A empresa Momentus assinou um novo contrato que fornecerá transporte e implementação no Espaço para a Sen, uma empresa britânica que está atualmente a construir um serviço de streaming de vídeo 4k e em tempo …

Hertz abre falência nos Estados Unidos, mas sobrevive em Portugal

O presidente executivo da Hertz Portugal afirmou esta quarta-feira que, apesar do inevitável “dano reputacional”, a falência da empresa nos EUA não afeta a sua atividade no país, onde opera de forma “independente” em regime …

Sintomas da doença de Lyme podem ser perigosamente confundidos com covid-19

Alguns dos sintomas característicos da doença de Lyme podem ser confundidos com covid-19. Isto pode trazer sérias consequências devido ao diagnóstico tardio da doença. Quando doenças semelhantes a uma gripe se desenvolvem em pessoas que passam …

Revelada a lotação máxima de várias praias portuguesas

Em contexto de pandemia de covid-19, o número de banhistas que pode entrar numa determinada praia será controlado. Foi revelada a lotação máxima das praias para as regiões do Algarve (Barlavento e Sotavento) e de …

Café na Coreia do Sul contrata um robô-barista para evitar a propagação da covid-19

O café Daejon, na Coreia do Sul, "contratou" um barista-robô para servir bebidas aos seus clientes, tentando evitar assim a propagação da pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo …

Incêndios: PSD aponta falta de meios aéreos e avisa que covid-19 não justifica atrasos

O PSD apontou hoje falta de meios aéreos de combate a incêndios no terreno e acusou o Governo de ter ficado "aquém" nas reformas e mudanças na floresta, avisando que a pandemia de covid-19 não …

Lançamento da SpaceX adiado devido ao mau tempo

O lançamento da SpaceX, que estava previsto para hoje, foi adiado devido às condições meteorológicas. Haverá uma nova tentativa no sábado, às 20h22 de Lisboa. O esperado era que a SpaceX lançasse esta quarta-feira dois astronautas …

"Não consigo respirar". Protestos nos EUA pela morte de homem negro às mãos da polícia

Milhares de pessoas protestaram, esta terça-feira à noite, em Minneapolis, cidade no estado norte-americano do Minnesota, contra a morte de George Floyd, um homem negro que acabou por falecer depois de um episódio com a …

Um em cada três americanos não acredita que o azeite vem das azeitonas

Um terço dos norte-americanos entrevistados numa sondagem disse não acreditar ou não ter certeza de que o azeite vem das azeitonas. O produto alimentar é usado por menos de metade das famílias do país. Uma sondagem …

A pandemia separou casais de namorados. Dinamarca abre fronteiras a quem prove estar numa relação

Esta segunda-feira, a Dinamarca diminuiu o controlo na fronteira com outros países nórdicos e com a Alemanha para que casais transfronteiriços, separados pela pandemia, se reencontrem. A partir desta segunda-feira, os casais separados pela pandemia podem …