De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

José Sena Goulão / Lusa

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022.

A notícia caiu que nem uma bomba no mundo do futebol. Este domingo, 12 clubes anunciaram a criação da Superliga Europeia, uma competição de elite, concorrente da Liga dos Campeões, em oposição à UEFA.

São eles: AC Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, FC Barcelona, Inter de Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham.

A UEFA, organismo que tutela o futebol europeu, já ameaçou excluir estes clubes das competições internacionais e nacionais e de impedir os jogadores de representar as suas seleções nacionais.

“Os jogadores que entrem nessa liga serão banidos de entrar em Mundiais e Europeus. Pedimos a todos que nos apoiem para garantir que isto nunca aconteça”, garantiu Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, numa conferência de imprensa esta segunda-feira, citado pelo jornal online Observador.

Caso esta Superliga Europeia avance, assim como as ameaças da UEFA, isto significa que o selecionador Fernando Santos não poderá contar com muitos dos seus mais importantes jogadores.

Tal como explica o jornal O Jogo, se tivermos em conta a última convocatória do selecionador das quinas para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022 com o Azerbaijão, a Sérvia e o Luxemburgo, a seleção portuguesa poderia perder oito jogadores, nos quais se inclui o capitão Cristiano Ronaldo, que joga na Juventus.

Mas também Bruno Fernandes, que atua no Manchester United; Bernardo Silva, Rúben Dias e João Cancelo, jogadores do Manchester City; Diogo Jota, avançado do Liverpool; Cédric Soares, que defende o emblema do Arsenal; e João Félix, do Atlético de Madrid.

Além destes oito titulares, há também o caso de Francisco Trincão, que joga no FC Barcelona e que já foi chamado à seleção principal. E recorde-se que os portugueses Diogo Dalot e Rafael Leão também jogam pelos italianos do AC Milan.

Às ameaças da UEFA já se juntaram a Federação Inglesa de Futebol e a Premier League; a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) e a La Liga; e a Federação Italiana de Futebol (FIGC) e a Serie A.

“Permaneceremos unidos nos nossos esforços para acabar com este projeto cínico, um projeto que se baseia no interesse de alguns clubes num momento em que a sociedade precisa mais do que nunca de solidariedade”, lê-se no comunicado divulgado em reação ao anúncio da Superliga Europeia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …