Segurança Social publicou lista de funcionários colocados na requalificação

portugal.gov

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares

O Instituto de Segurança Social publicou hoje as listas com os nomes dos trabalhadores que serão colocados no regime de requalificação, que terão dez dias úteis para recorrer da decisão do ISS.

De acordo com uma nota informativa do Instituto, à qual a Lusa teve acesso, o ISS refere que “encontra-se em processo de racionalização de efetivos, nos termos dos artigos 251.º e seguintes da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho (LTFP), após reconhecimento, na sequência de processo de avaliação, de que o pessoal constante do mapa de pessoal estava desajustado face às necessidades permanentes e à prossecução dos seus objetivos”.

Assim, e por deliberação do conselho diretivo do Instituto, tomada na segunda-feira, será publicada a “lista nominativa dos trabalhadores, por carreira/categoria e por unidade desconcentrada, que serão colocados em situação de requalificação, na sequência de extinção de posto de trabalho“.

A nota refere igualmente que “os trabalhadores terão 10 dias úteis para, em sede de audiência de interessados, alegarem o que julgarem por conveniente”, período a partir do qual as listas definitivas serão publicadas.

Na sequência de uma providência cautelar interposta pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, a qual tem efeitos suspensivos sobre o processo, o Instituto anunciou a 20 de dezembro que ia apresentar um recurso “invocando o interesse público do processo de requalificação”.

Segundo explicou à Lusa Luís Pesca, da Federação sindical, “a partir do momento em que o ISS invocou interesse público a providência cautelar perdeu o caráter suspensivo“, estando o processo a decorrer normalmente.

No passado dia 20 de dezembro o Instituto de Segurança Social anunciou que ia apresentar recurso no Tribunal Administrativo de Lisboa, após uma providência cautelar interposta pelos sindicatos para suspender a requalificação de 697 trabalhadores.

Em setembro, vários centros regionais de Segurança Social fizeram reuniões com cerca de 700 trabalhadores, sobretudo assistentes operacionais (motoristas e telefonistas) para os informar da intenção de os colocar em requalificação (ex-mobilidade especial).

O processo de reorganização do ISS tem por base um estudo de avaliação enviado pelo ISS para o Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social e para o Ministério das Finanças, que contém uma previsão dos efeitos concretos da reorganização nos mapas de pessoal.

Com base neste estudo, o secretário de Estado da Administração Pública, Leite Martins, aprovou a 04 de novembro a proposta do Instituto para a redução de 697 postos de trabalho, cujos funcionários deveriam ser colocados em inatividade, devendo o processo estar concluído a 18 de dezembro.

O ISS tem atualmente 8.442 postos de trabalho e diz ter necessidade de 7.780, o que resulta numa diferença de 662 postos de trabalho.

O regime de requalificação prevê a colocação de funcionários públicos em inatividade, a receberem 60% do salário no primeiro ano e 40% nos restantes anos.

Os funcionários com vínculo de nomeação, anteriores a 2009, podem ficar na segunda fase, até à aposentação, porque não podem ser despedidos.

Mas os funcionários com contrato de trabalho em funções públicas, posteriores a 2009, podem enfrentar a cessação do contrato, se não forem recolocados noutro serviço público no prazo de um ano.

Entretanto, e na sequência de um requerimento potestativo apresentado pelo PS no parlamento, o Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, será ouvido na Comissão parlamentar sobre o processo em curso.

A Lusa tentou obter esclarecimentos por parte do Instituto, mas até ao momento ainda não obteve resposta.

/Lusa+

PARTILHAR

RESPONDER

Agentes do ex-Benfica Luka Jovic são suspeitos de branqueamento de capitais

Os agentes do antigo jogador do SL Benfica Luka Jovic, Fali Ramadani e Nikola Damjanac, são suspeitos de terem branqueado mais de 10 milhões de euros em Espanha. Os empresários Fali Ramadani e Nikola Damjanac, da …

Túmulos reais do Taj Mahal limpos pela primeira vez em 300 anos para receber Trump

Os túmulos reais do Taj Mahal foram limpos pela primeira vez em 300 anos como parte da preparação da visita do Presidente norte-americano, Donald Trump, à Índia, escreve o portal Newsweek citando média locais. Donald …

Microsoft revela novos detalhes da Xbox Series X

A Microsoft revelou novos detalhes da Xbox Series X, a principal corrente à Playstation 5 e à Nintendo Switch. A consola vai ser equipada com "12 Teraflops" e memória interna SSD. A Microsoft quer apostar forte …

OMS sobre Covid-19: O mundo "simplesmente não está pronto" para enfrentar a epidemia

O especialista que liderou a equipa da Organização Mundial de Saúde (OMS) enviada à China disse hoje que o mundo "simplesmente não está pronto" para enfrentar a epidemia do novo coronavírus. Bruce Aylward, médico canadiano especialista …

Um quinto das florestas australianas arderam devido a seca extrema

Os incêndios recentes "sem precedentes" que destruíram um quinto das florestas australianas estão ligados a uma seca de vários anos, devido às alterações climáticas, segundo um estudo publicado na segunda-feira. Os climatólogos estão, atualmente, a estudar …

Auditorias aos estádios da I Liga devido a casos de racismo começam amanhã

As auditorias aos estádios onde se realizam jogos da I Liga de futebol, motivadas pelos recentes atos de violência e racismo, vão decorrer até março, diz o Ministério da Administração Interna. As auditorias à segurança dos …

Liverpool já tem tantas vitórias como o invencível Arsenal de Wenger

O Liverpool operou esta segunda-feira a reviravolta sobre o West Ham (3-2) e evitou a primeira derrota na Liga inglesa de futebol, repondo a vantagem de 22 pontos para o Manchester City, no jogo que …

Lenine Cunha campeão de triplo e pentatlo em atletismo adaptado

O atleta paralímpico português Lenine Cunha sagrou-se, esta terça-feira, campeão mundial de triplo-salto e pentatlo, em Torun, na Polónia. Ana Filipe venceu a prova de triplo-salto no feminino. Lenine Cunha venceu a medalha de ouro, esta …

Kroos: Não foi fácil "adaptar-nos à falta de 40 ou 50 golos" de Ronaldo

Toni Kroos assumiu que foi difícil para o Real Madrid superar a saída de Cristiano Ronaldo. O alemão realçou a falta dos 40 ou 50 golos marcados pelo português fizeram-se sentir. Em entrevista ao The Athletic, …

Companhias aéreas querem conclusão das "obras urgentes" no aeroporto de Lisboa

A associação das companhias aéreas em Portugal (RENA) pediu ao Governo e à concessionária do aeroporto de Lisboa (ANA) a conclusão imediata "das obras urgentes" na infraestrutura, para além do "desenvolvimento do novo aeroporto" no …