Seguradoras vão compensar familiares de profissionais vítimas de covid-19

Alejandro Garcia / EPA

As famílias dos profissionais da linha da frente vítimas do novo coronavírus já podem concorrer às compensações atribuídas pelo fundo Solidário da APS.

As seguradoras vão compensar, através de um fundo com dotação inicial de 1,5 milhões de euros, os familiares de profissionais que, no exercício de funções ou em missão voluntária, tenham morrido devido a contaminação por covid-19.

“As empresas de seguros que operam em Portugal constituíram um Fundo Solidário na Associação Portuguesa de Seguradores (APS), que se destinará a apoiar os familiares de um conjunto de profissionais que, durante o período do estado de emergência e no exercício da sua profissão ou de missão voluntária, tenham testado positivo a doença covid-19 e, em consequência dela, tenham falecido ou venham a falecer”, lê-se num comunicado divulgado pela APS esta quarta-feira.

Assim, as seguradores definiram que o universo dos profissionais abrangidos compreende os da área da saúde, da medicina legal, das farmácias, da investigação científica ou que trabalhem em laboratórios de análise na área da microbiologia, infecciologia e epidemiologia ligados à covid-19.

Estão também incluídos os profissionais das forças e serviços de segurança e de socorro, incluindo os bombeiros voluntários e profissionais das Forças Armadas, da emergência médica e da proteção civil e profissionais que tenham sido mobilizados por entidade pública para a prestação dos serviços de prevenção, socorro e combate à covid-19 ou que atuem, enquadrados por entidades públicas, como voluntários nestas áreas.

Inclui ainda os profissionais de gestão e manutenção de infraestruturas críticas de saúde e de suporte e apoio aos profissionais de saúde, tais como transporte de produtos biológicos destinados à avaliação laboratorial e tratamento de resíduos hospitalares.

Por fim, abrange os profissionais e voluntários formalmente integrados em atividades de apoio a lares de idosos e de organizações de apoio a pessoas com deficiência e ainda as que integrem os serviços da rede nacional de cuidados continuados integrados, assim como dos serviços funerários.

Para que os familiares possam recorrer a este fundo solidário da APS, os profissionais que fazem parte das categorias acima descritas têm de ter registo de teste positivo para covid-19, no período que entre 1 de março e 16 de maio de 2020, ter sido referenciados para tratamento pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) ou pelos hospitais privados e ter morrido, ou morrer, no período compreendido entre 2 de março e 2 de agosto de 2020.

Podem socorrer-se deste apoio os cônjuges ou unidos de facto, os descendentes a cargo da vítima, até aos 25 anos, e os ascendentes ou outros familiares a cargo da vítima.

A APS esclarece, ainda, que o valor a atribuir estará sujeito a diversas ponderações, que poderão implicar majoração ou diminuição no valor a pagar, tais como o número de membros do agregado familiar, o grau de dependência económica da vítima, as idades dos beneficiários e a sua situação financeira.

A compensação é paga em capital, mas, sempre que as circunstâncias o aconselhem, poderá também ser fixada em renda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está deparecida. De acordo com o jornal espanhol Maitha al …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …

Marcelo e Rio almoçaram a sós em frente ao Tejo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o líder do PSD, Rui Rio, pela apresentação do programa de recuperação económica. Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Rio almoçaram, esta sexta-feira, num restaurante em frente …