Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Oliver Contreras / EPA

O Presidente dos EUA, Donald J. Trump

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o quotidiano da população e que constituía um risco para a saúde pública.

De acordo com a ABC News, a agência de inteligência de Defesa, o Estado-Maior do Pentágono e a Casa Branca foram informados “várias vezes” sobre o conteúdo de um relatório elaborado pelo Centro Nacional de Inteligência Médica (NCMI) que expunha a situação. O relatório concluía que a situação poderia ser “catastrófica”.

Houve também vários briefings em dezembro com entidades do governo norte-americano, incluindo com o Conselho de Segurança Nacional.

O Governo dos Estados Unidos tem sido acusado de ter reagido tarde à crise – e este relatório é mais uma prova de que a Administração Trump tinha sido alertada para os perigos do vírus antes de o primeiro caso ser confirmado no país.

Em entrevista ao The Week, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, tinha dito que não se lembrava de o Pentágono ter recebido da NCMI informações sobre o novo coronavírus em novembro.

Trump afirmou, em março, que “ninguém sabia que haveria uma pandemia ou uma epidemia com estas proporções“.

Porém, no fim de janeiro, o Governo dos Estados Unidos foi alertado por um alto conselheiro presidencial para o risco de “pandemia total” que poderia matar meio milhão de norte-americanos e ter um impacto na economia nacional na ordem dos seis biliões de dólares.

No documento, divulgado pelo jornal norte-americano Axios, Peter Navarro, conselheiro presidencial para assuntos comerciais, alertou para “a falta de imunidade ou existência de cura ou vacina” que “deixaria os norte-americanos indefesos em caso de surto de coronavírus em solo dos Estados Unidos”.

A 23 de fevereiro, Navarro enviou um segundo documento, enfatizando o perigo e alertando para a “crescente probabilidade de surto pandémico de covid-19 que pode infetar 100 milhões de americanos, com perda de vidas entre um e dois milhões de almas”.

Os Estados Unidos registaram, na terça-feira, 1.939 mortes causadas pela covid-19 em 24 horas, o pior recorde mundial diário. O número total de mortes desde o início do surto é agora de mais de 12.700.

Os Estados Unidos também são o país do mundo com o maior número de casos confirmados: cerca de 396 mil pessoas infetadas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …