Secos e Molhados. Trinta anos depois, 17 sindicatos, 36 mil dias de folga

(cv) ASPP PSP

Secos e Molhados. O dia em que a PSP usou canhões de água (contra a própria PSP) foi há 30 anos

Três décadas após a manifestação conhecida por “secos e molhados” foram muitos os direitos conquistados pelos polícias, inclusive a liberdade sindical que permitiu que hoje existam 17 sindicatos na PSP para um efetivo de cerca de 20.000 elementos

A 21 de abril de 1989, os polícias manifestaram-se para exigir sobretudo liberdade sindical, uma folga semanal, transparência na justiça disciplinar com direito de defesa, melhores vencimentos e instalações.

A manifestação acabou com confrontos, com o Corpo de Intervenção da Polícia de Segurança Pública a lançar jatos de água e a usar bastões para dispersar o protesto dos polícias, na praça do Comércio, em Lisboa, enquanto os seis agentes da delegação que estava dentro do Ministério da Administração Interna para entregar um caderno reivindicativo acabaram detidos.

Na altura, os polícias não podiam sindicalizar-se, existindo ilegalmente a Associação Pró-Sindical da PSP, que mais tarde veio a constituir-se na Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP).

Um ano após a manifestação dos “secos e molhados”, e já com o Governo PS liderado por António Guterres, foi aprovada a lei do associativismo da PSP e só em 2002 a lei do sindicalismo.

Tantos dirigentes como associados

Trinta anos depois dos acontecomentos do Terreiro do Paço, num universo de 20.000 polícias, há 17 sindicatos na polícia, com cerca de 4.000 dirigentes e delegados que, em 2017, tiveram mais de 36 mil dias de folga.

Segundo dados disponibilizados pela direção nacional da PSP à Lusa, há sindicatos com o mesmo número de associados e de dirigentes e delegados sindicais, existindo ainda duas estruturas com 26 e 37 associados.

Para limitar os créditos sindicais na PSP o Governo aprovou há mais de dois anos uma nova lei que regula o exercício da liberdade sindical da PSP, estando atualmente na Assembleia da República em apreciação na comissão da especialidade.  A proposta de lei necessita de maioria de mais de dois terços para ser aprovada no parlamento, tendo o PS e PSD preparado um texto de substituição.

O presidente do maior sindicato da PSP considerou necessário rever a lei sindical, observando que “se nada for feito será um prejuízo para os polícias. Chegou-se a este ponto que é completamente ridículo e até um desrespeito para com os polícias que fizeram os ‘secos e molhados'”, disse Paulo Rodrigues, sublinhando que foi conseguido “um instrumento importante”, que depois não foi aproveitado.

O presidente da ASPP referiu também que “não foi com este objetivo” que os polícias lutaram há 30 anos pela liberdade sindical, mas sim pela criação de um sindicato que tivesse força “para pressionar o Governo e a própria instituição PSP”.

Paulo Rodrigues frisou que “há uma descredibilização dos sindicatos da PSP devido ao seu número, uma proliferação que criou instabilidade, reduziu peso negocial e tirou forças aos sindicatos”. O sindicalista criticou também o facto de muitas estruturas terem sido criadas para “defender questões pessoais“.

30 anos depois, os mesmos problemas

Passados 30 anos dos “secos e molhados”, Paulo Rodrigues considera este movimento “muito importante” pelos direitos alcançados e pela “grande mudança” de mentalidades na PSP, passando a existir “uma maior abertura da polícia à sociedade”.

No entanto, ressalvou que “muitos dos problemas ainda se mantêm“, como “uma certa desvalorização” do trabalho das polícias e perseguição sindical. “Hoje temos oficiais de polícia a gerir a instituição, mas continua a haver os mesmos tiques que existiam há 30 anos, nomeadamente perseguição sindical”, precisou.

Por sua vez, o presidente do Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP/PSP) disse que “muita coisa” mudou em 30 anos, nomeadamente horários, folgas, que passaram a ser semanais em vez de quinzenais, e maior abertura. Com a liberdade sindical, passou existir “poder de intervenção e de denúncia“, disse Mário Andrade.

No entanto, o presidente do segundo maior sindicato criticou as alterações à lei sindical, frisando que os “sucessivos governos não regulamentaram de forma séria” o sindicalismo na PSP e agora o parlamento quer aprovar uma lei “excessivamente restritiva”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Confronto de Titãs. Hubble identifica colisão cósmica cataclísmica

Com a ajuda do Telescópio Espacial Hubble, uma equipa de astrónomos capturou uma nova fotografia do sistema de galáxias em interação IC 1623. Também conhecido como Arp 236, ESO 541-23 e IRAS 01053-1746, o par de …

"Dois ingleses de fora? Então a seleção escocesa não vai ter jogadores"

O escocês Billy Gilmour testou positivo à COVID-19 e, por precaução, dois jogadores da seleção inglesa não vão defrontar a República Checa. Lineker não entende esta decisão. Billy Gilmour vai falhar o último jogo da Escócia …

Tribunais franceses "contratam" cães para ajudar a aliviar stress das vítimas

Há dois anos, Lol tornou-se no primeiro cão da Europa a dar apoio a vítimas de crimes quando estas são sujeitas à pressão dos tribunais, e muitas das vezes, têm de enfrentar os seus agressores. …

Finlândia 0-2 Bélgica | Diabos vermelhos picam o ponto

A Bélgica, que já estava apurada, completou o pleno de triunfos no seu grupo, com uma vitória por 2-0 frente à Finlândia, relegando os nórdicos para o terceiro lugar A Bélgica venceu hoje a Finlândia, por …

Rússia 1-4 Dinamarca | Muito coração, por Eriksen

A Dinamarca conquistou hoje um lugar nos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater por 4-1 a Rússia, que eliminou, numa terceira jornada do Grupo B que originou a qualificação de mais cinco …

Netflix consegue acordo importante com produtora de filmes de Steven Spielberg

A Netflix anunciou, esta segunda-feira, que assinou um acordo para a realização de vários filmes com a produtora Amblin Partners, de Steven Spielberg. A plataforma streaming de filmes e séries Netflix conseguiu um acordo com a …

Abel Ferreira tem (mais) um problema no Palmeiras

Patrick de Paula, que Jorge Jesus gostaria de ter no Benfica, foi apanhado numa festa. O mesmo jogador protagonizou um episódio insólito contra o América Mineiro. Patrick de Paula envolveu-se em dois problemas no Palmeiras, no …

Bebé mais prematuro do mundo celebra primeiro aniversário. Tinha 0% de probabilidade de sobreviver

As probabilidades de sobrevivência eram nulas, mas Richard superou todas as expectativas e, passado um ano, celebrou o seu primeiro aniversário. Fica na história como o bebé mais prematuro de sempre a sobreviver, de acordo …

Lula da Silva absolvido em caso sobre alegados favorecimentos ao setor automóvel

A justiça brasileira absolveu esta segunda-feira o ex-presidente do Brasil Lula da Silva, o ex-ministro Gilberto Carvalho e outros cinco acusados numa das ações da operação Zelotes, que investigava alegados favorecimentos a empresas do setor …

Ucrânia 0 - 1 Áustria | Ambição de Foda garante segundo lugar

A Áustria qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, marcando encontro com a Itália, ao vencer a Ucrânia por 1-0 e conquistar o segundo lugar do Grupo C. Um golo de Christoph …