A Saúde tem um lado C: “C de Costa, C de Caos”

Estela Silva / Lusa

Enquanto António Costa andou a visitar os centros de saúde, Assunção Cristas fez o mesmo e andou pelo país a visitar hospitais. O objetivo foi mostrar o lado “C” do Serviço Nacional de Saúde.

“O Governo entretém-se com ações de propaganda, fez um roteiro da saúde que foi uma tentativa falhada de pintar a realidade em tons de rosa e evitou os grandes hospitais que estão a rebentar pelas costuras”, começou por dizer a líder do CDS, acusando inclusive Costa de ter “inaugurado sem pudor um centro de saúde que já estava a funcionar desde o ano passado”.

Em conferência de imprensa, Assunção Cristas acusou Costa de tentar “mostrar o seu lado A” no setor da Saúde – um lado que, para a líder do CDS, não corresponde à realidade. Por isso, os centristas decidiram fazer a sua própria rota pelos hospitais do país.

“Enquanto o primeiro-ministro apresentava o seu lado A, nós apresentávamos o lado C: C de Costa, C de cativações, C de caos”, disse aos jornalistas, citada pelo Observador.

No roteiro que fez pelo país, Cristas passou por hospitais como o hospital de Leira, o São João no Porto e o Garcia de Orta em Almada e encontrou “profissionais de saúde dedicados, mas exaustos, investimentos adiados, dívidas crescentes, falta de consumíveis básicos, demissões em bloco, cativações para lá do razoável, um caos sem precedentes, austeridade encapotada” e a ideia generalizada de que “2018 foi o pior ano de sempre”.

Acusando o primeiro-ministro de “insensibilidade”, a líder centrista comentou ainda o despacho que será esta segunda-feira publicado em Diário da República e que permite aos hospitais a possibilidade de contratarem profissionais de saúde sem autorização do Governo (Finanças e Saúde) — uma medida que exclui médicos.

“O Governo dá essa autonomia a apenas 11 hospitais, e nós queremos para todos, além de que queremos que inclua também a contratação de médicos, não se percebe a razão para não abranger médicos”, disse.

“Não nos parece que exista qualquer racional nesta exclusão, pelo contrário: das voltas que temos dado, pelas conversas que temos tido, muitas questões passam pela falta de médicos. Os médicos fazem horas extra de maneira que não é sustentável, muitos encontram-se em exaustão e é preciso perceber porque é que neste caso ficaram de fora”, acrescentou ainda.

Neste sentido, o CDS apresentou esta segunda-feira um projeto de resolução que confere uma maior autonomia às administrações hospitalares para fazer face aos problemas de gestão e de sub-orçamentação que há nos hospitais.

Na proposta, o CDS prevê que, até junho, o Governo faça um levantamento exaustivo junto dos Conselhos de Administração dos hospitais das necessidades inerentes à criação dos Centros de Responsabilidade Integrados (CRI), que faça depois de junho os contratos-programa respetivos, e que, até ao fim da legislatura, consiga efetivamente constituir os tais CRI para conferir maior autonomia aos hospitais.

Assim, Assunção Cristas considera que a falta de autonomia, a par da sub-orçamentação são os dois maiores problemas que afetam a qualidade do Serviço Nacional de Saúde.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …

Arguidos no processo da queda da árvore na Madeira vão a julgamento

O Tribunal da Comarca da Madeira decidiu, esta segunda-feira, após a fase de instrução, levar a julgamento os dois arguidos no caso da queda da árvore no Funchal que, em agosto de 2017, provocou a …

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …