David-Maria Sassoli é o novo presidente do Parlamento Europeu

Patrick Seeger / EPA

O italiano David-Maria Sassoli, novo presidente do Parlamento Europeu

O socialista italiano venceu, esta quarta-feira, a eleição para a presidência do Parlamento Europeu (PE) com uma maioria absoluta de 345 votos.

David-Maria Sassoli é o novo presidente do Parlamento Europeu, saúdo-o e convido-o a assumir a presidência”, declarou o ainda presidente da assembleia europeia e também italiano, Antonio Tajani.

O socialista, do partido Socialistas & Democratas (centro-esquerda), de que faz parte o PS português, obteve 345 votos na segunda volta, uma maioria absoluta dos 667 totais, ocupando o cargo durante os próximos dois anos e meio.

Sassoli foi eleito na segunda votação, depois de ter ficado aquém da maioria absoluta na primeira volta por apenas sete votos, obtendo 325 votos dos 332 necessários.

A concorrer ao lugar estavam também o checo Jan Zarahdil, dos Conservadores e Reformistas (ERC), com 160 votos, seguido da alemã Ska Keller, dos Verdes, família política a que pertence o português PAN, com 119 votos, e da espanhola Sira Rego, candidata da Esquerda Unitária (a que pertencem BE e PCP), com 43 votos.

“A Europa baseia-se nas suas instituições que são imperfeitas, mas é com elas que podemos responder a quem nos quis dividir. O PE será o garante do nosso destino“, declarou Sassoli, citado pelo Expresso.

O antigo jornalista, de 63 anos, é deputado do Parlamento Europeu desde julho de 2009. Depois de assumir funções, presidirá à eleição dos 14 vice-presidentes. As candidaturas seguem as mesmas regras que as aplicáveis à presidência e a votação começa hoje, a partir das 15h00.

O eurodeputado português Pedro Silva Pereira foi indicado na reunião de terça-feira como um dos quatro candidatos socialistas às vice-presidências do PE, o que à partida lhe garante a eleição. O socialista e antigo ministro da Presidência durante os Governos de José Sócrates é o único português candidato à vice-presidência.

Esta terça-feira, depois de vários dias de negociações, os 28 chefes de Estado da UE chegaram finalmente a acordo sobre as nomeações para os cargos institucionais de topo.

A ministra da Defesa alemã, Ursula von der Leyen, foi escolhida para a presidência da Comissão Europeia, a ex-diretora do FMI, Christine Lagarde, fica com o Banco Central Europeu (BCE), o primeiro-ministro belga, Charles Michel, ocupa a presidência do Conselho Europeu e o ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, foi escolhido para o cargo de Alto Representante da UE para a Política Externa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Revelada causa da morte de 300 elefantes no Botsuana

O Governo do Botsuana anunciou, esta segunda-feira, que uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botsuana em meados deste ano. A causa da morte dos paquidermes foi determinada após …

Cavani: brasileiros com milhões... mas pessimistas

O Grémio estabelece quatro parcerias para contratar o uruguaio. No entanto, a direção do clube não acredita que Cavani se vai mudar para Porto Alegre. "Na vida, se não conversas, nada sabes. Até pode surgir uma …

Ministério da Saúde indiano sem dados sobre médicos que morreram de covid-19. Associação fala em 382 óbitos

Depois de o Ministério da Saúde indiano ter afirmado esta semana que o não dispõe dos dados sobre os profissionais de saúde que morreram devido à covid-19, a Associação Médica do país publicou uma lista …

Chega apresenta proposta que prevê castração química para pedófilos

O projeto de revisão constitucional do Chega, entregue hoje no parlamento, prevê a remoção dos órgãos genitais a criminosos condenados por violação de menores, algo que em si mesmo encerra dúvidas de conformidade com a …

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …