Com o 13 de maio à porta, Santuário de Fátima prepara-se para receber até 7.500 peregrinos

Paulo Novais / Lusa

As celebrações da Peregrinação Internacional Aniversária de Maio serão idênticas às de outubro, “salvaguardando todas as questões de segurança” devido à pandemia. Deverão ter um total de 7.500 peregrinos – em cada celebração.

“A Peregrinação Internacional Aniversária de Maio volta a ser celebrada com peregrinos no Recinto de Oração, mas de forma ainda restrita, isto é, apenas poderão estar nas celebrações 7.500 peregrinos”, pode ler-se em nota divulgada pelo Santuário de Fátima.

De forma a garantir a segurança, vão ser aplicadas as “regras em vigor neste contexto de pandemia em todas as celebrações, como o uso obrigatório de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos”.

O Santuário informou ainda que vão existir oito portas de entrada no recinto, “devidamente assinaladas, nos lados norte e sul”.

“Nas entradas estarão acolhedores, com dispensadores de álcool gel, que indicarão os lugares para onde deverão seguir os peregrinos que se devem manter no mesmo sítio durante as celebrações. No interior do recinto haverá igualmente acolhedores para acompanhar os peregrinos. No total estarão envolvidos 80 pessoas entre funcionários do Santuário e voluntários”, pode ler-se.

Tal como aconteceu em outubro, “os espaços ao longo do recinto estão assinalados por círculos e em cada um poderão ficar apenas peregrinos que pertençam ao mesmo agregado”.

Além disso, para evitar movimentações durante as celebrações, “as zonas da Capelinha das Aparições e do queimador das velas estarão vedadas” e “a comunhão será igualmente distribuída no lugar, sendo o Ministro a deslocar-se até cada um dos peregrinos”.

O Santuário refere que esta é uma “atitude responsável e consciente”, considerando “que a saúde está acima de tudo e, por isso, este maio ainda não poderá acolher todos quantos gostariam de estar presentes na Peregrinação Internacional Aniversária, que assinala a primeira Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos”.

Assim, é ainda deixado um apelo aos “peregrinos que tão responsavelmente têm seguido as suas orientações”, para que “possam neste mês de maio, de novo, corresponder às exigências do atual momento”.

Segundo o Jornal de Notícias, este ano, também não há nenhum grupo, nacional ou estrangeiro, inscrito para as celebrações.

“Queremos evitar todos os perigos e, este ano, ainda não há segurança para fazer o caminho”, disse ao mesmo jornal o padre Manuel Antunes, responsável pelo Movimento que agrega a Proteção Civil, os bombeiros, Corpo Nacional de Escutas, Cruz Vermelha e Ordem de Malta.

Para que todos possam estar presentes, nem que seja de forma virtual, o Santuário vai transmitir “todos os momentos da celebração através dos meios de comunicação social e digital”: a procissão das velas e a missa internacional do dia 13 serão transmitidos em sinal aberto pela RTP e pela TVI e, no cabo, todas as celebrações serão transmitidas pela TV Canção Nova.

Já na internet, vai ser possível assistir através do site oficial do Santuário de Fátima e também no YouTube e na página do Facebook.

As celebrações começam no dia 12, como a Oração do Rosário às 21h30, seguida da Procissão das Velas e Celebração da Palavra.

Já no dia 13, o Rosário será recitado às 9h00, seguindo-se a Missa Internacional às 10h00. No final da missa haverá ainda a habitual palavra ao doente.

Ana Isabel Moura, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Principal assessor do Presidente ucraniano vítima de tentativa de assassinato

Serhiy Shefir, principal assessor do Presidente da Ucrânia, foi alvo de uma tentativa de assassinato esta quarta-feira. O carro onde seguia Serhiy Shefir foi "atingido por mais de dez balas", disse a polícia ucraniana, citada …

Koeman apareceu na conferência de imprensa, leu um comunicado e saiu

Treinador do Barcelona, com "cara de poucos amigos", não conversou com os jornalistas. Mas avisou: seria um "êxito" ficar nos lugares cimeiros do campeonato. Não é inédito mas é muito pouco usual: Ronald Koeman apareceu numa conferência …

Oito mortes e 891 casos de covid-19. Internamentos e incidência continuam a descer

Portugal registou, esta terça-feira, 891 novos casos e oito mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

A máscara de Marcos Rojo deixou uma criança a chorar

Imagem impressionante, na véspera de um jogo do Boca Juniors. Adaptando a ideia da publicação que será reproduzida mais abaixo, o futebol não é só uma bola a circular num relvado entre 22 jogadores. O futebol …

Erupção do vulcão nas Canárias pode durar até 84 dias

A erupção vulcânica de Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma pode durar entre 24 e 84 dias, com uma média geométrica de cerca de 55 dias, segundo cálculos do Instituto Vulcanológico das Ilhas …

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …