Acolhimento e 18 mil empregos para portugueses que queiram regressar da Venezuela

Tiago Petinga / Lusa

Augusto Santos Silva

Portugal está preparado para acolher todos os portugueses e luso-descendentes que vivam na Venezuela e decidam regressar a Portugal, assegurou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

“Nós estamos preparados para acolher todos aqueles que entendam exercer o seu direito de regressar a Portugal”, disse o ministro numa conferência de imprensa em Lisboa com a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Augusto Santos Silva precisou que esse acolhimento está preparado para ser feito “nos centros de emprego, no sistema de saúde, nas escolas e no sistema de segurança e proteção social”.

O ministro frisou contudo que “a preocupação maior” do Governo português neste momento “continua a ser com o bem-estar dos portugueses e lusodescendentes que estão a residir na Venezuela”. “É aí que concentramos todos os nossos esforços”, disse.

Em declarações à Renascença, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, garantiu que os portugueses e lusodescendentes a viver na Venezuela que queriam regressar a Portugal terão à sua espera 18 mil empregos.

Augusto Santos Silva foi também questionado sobre a morte, nesta terça-feira de madrugada, de um vereador municipal em Caracas, Fernando Albán, que caiu de um 10.º andar onde estava a ser interrogado nos serviços de informações, morte que a oposição atribui ao regime de Nicolas Maduro.

“Estamos a tentar obter todas as informações”, disse, considerando no entanto “muito lamentável” a morte de uma figura política. Santos Silva frisou que este tipo de incidente “só prejudica as circunstâncias de segurança, estabilidade e previsibilidade”.

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. estes apoio, fariamos bem melhor figura, do que deixar entrar no país os que a UE nos tem andado a ‘vender’, os quais nunca na vida como a Suécia é exemplo, se integrarão nas sociedades ocidentais.

  2. Estes “idiotas” do nosso governo vão acabar por fazer uma asneira que mais tarde teremos que a limpar.
    O problema dos Venezuelanos ou Portugueses que foram para lá é deles.
    Temos o pais uma desgraça com falta de emprego (e não se convençam que esta tudo bem, pois este país está muito, mas muito pior do que o governo da a entender…) e depois vamos ter mais 18 mil que não são mão de obra especializada e com muitos “vícios” laborais terríveis (existindo como é óbvio grandes e boas exceções de pessoas, mas que são raras… se não o pais não estaria também na desgraça que está!), que apenas vão trazer problemas… aos poucos que já temos!

  3. Se há emprego para quem bem de fora porque ainda temos desemprego?
    Primeira dar emprego a quem cá esta e é português, depois logo se vê!

  4. Sabemos que o pão, apesar das queixas (quem não chora não mama), dá imenso dinheiro, mas abrir 18000 padarias é obra!
    PADARIAS? NA MADEIRA?…cuidado com o Ronaldo

  5. Pois é, mas 99% dos familiares da minha esposa foram para Espanha e só um está nos EUA à cerca de 20 anos. Investigador esse, que após condecoração nos Países Hevelticos, e ampla difusão em Espanha, teve uma nota de cerca de 3 linhas em Portugal.
    Que grande Portugal. Pois é, cidadãos, abraum os Olhos.

RESPONDER

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …