Acolhimento e 18 mil empregos para portugueses que queiram regressar da Venezuela

Tiago Petinga / Lusa

Augusto Santos Silva

Portugal está preparado para acolher todos os portugueses e luso-descendentes que vivam na Venezuela e decidam regressar a Portugal, assegurou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

“Nós estamos preparados para acolher todos aqueles que entendam exercer o seu direito de regressar a Portugal”, disse o ministro numa conferência de imprensa em Lisboa com a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Augusto Santos Silva precisou que esse acolhimento está preparado para ser feito “nos centros de emprego, no sistema de saúde, nas escolas e no sistema de segurança e proteção social”.

O ministro frisou contudo que “a preocupação maior” do Governo português neste momento “continua a ser com o bem-estar dos portugueses e lusodescendentes que estão a residir na Venezuela”. “É aí que concentramos todos os nossos esforços”, disse.

Em declarações à Renascença, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, garantiu que os portugueses e lusodescendentes a viver na Venezuela que queriam regressar a Portugal terão à sua espera 18 mil empregos.

Augusto Santos Silva foi também questionado sobre a morte, nesta terça-feira de madrugada, de um vereador municipal em Caracas, Fernando Albán, que caiu de um 10.º andar onde estava a ser interrogado nos serviços de informações, morte que a oposição atribui ao regime de Nicolas Maduro.

“Estamos a tentar obter todas as informações”, disse, considerando no entanto “muito lamentável” a morte de uma figura política. Santos Silva frisou que este tipo de incidente “só prejudica as circunstâncias de segurança, estabilidade e previsibilidade”.

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. estes apoio, fariamos bem melhor figura, do que deixar entrar no país os que a UE nos tem andado a ‘vender’, os quais nunca na vida como a Suécia é exemplo, se integrarão nas sociedades ocidentais.

  2. Estes “idiotas” do nosso governo vão acabar por fazer uma asneira que mais tarde teremos que a limpar.
    O problema dos Venezuelanos ou Portugueses que foram para lá é deles.
    Temos o pais uma desgraça com falta de emprego (e não se convençam que esta tudo bem, pois este país está muito, mas muito pior do que o governo da a entender…) e depois vamos ter mais 18 mil que não são mão de obra especializada e com muitos “vícios” laborais terríveis (existindo como é óbvio grandes e boas exceções de pessoas, mas que são raras… se não o pais não estaria também na desgraça que está!), que apenas vão trazer problemas… aos poucos que já temos!

  3. Se há emprego para quem bem de fora porque ainda temos desemprego?
    Primeira dar emprego a quem cá esta e é português, depois logo se vê!

  4. Sabemos que o pão, apesar das queixas (quem não chora não mama), dá imenso dinheiro, mas abrir 18000 padarias é obra!
    PADARIAS? NA MADEIRA?…cuidado com o Ronaldo

  5. Pois é, mas 99% dos familiares da minha esposa foram para Espanha e só um está nos EUA à cerca de 20 anos. Investigador esse, que após condecoração nos Países Hevelticos, e ampla difusão em Espanha, teve uma nota de cerca de 3 linhas em Portugal.
    Que grande Portugal. Pois é, cidadãos, abraum os Olhos.

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …