/

Candidato a presidente da Assembleia na lista de Santana Lopes acusado de furto qualificado

5

André Kosters / Lusa

Paulo Mariano, candidato à presidência da Assembleia Municipal da Figueira da Foz pelo movimento liderado por Pedro Santana Lopes, foi acusado pelo Ministério Público (MP), em fevereiro deste ano, de furto qualificado.

De acordo com o MP, Mariano ter-se-á apropriado do recheio de um edifício que comprou, mas que se encontrava arrendado por uma outra empresa.

O caso remonta a 2017, altura em que uma empresa de Mariano comprou um edifício industrial em Buarcos, na Figueira da Foz.

No entanto, no momento do negócio, o imóvel estava afinal arrendado e ocupado pela Galativontade, uma empresa de transformação de plásticos.

A acusação indica que Paulo Mariano terá ligado ao gerente da empresa em dezembro 2017, alegando que “a escritura de compra do edifício tinha sido realizada livre de pessoas e bens” e que a empresa deveria “disponibilizar imediatamente o espaço”.

Segundo a acusação, citada pelo Público, a 2 de janeiro de 2018 – poucos dias depois das conversações – “o arguido Paulo Mariano mandou trocar as chaves de todas as portas de acesso ao edifício e, sem autorização da queixosa, carregou matéria-prima para um local de sua propriedade”.

Neste sentido, o MP considera que, ao dar instruções para a retirada e transporte dos bens, o arguido “atuou com o propósito concretizado de se apropriar dos referidos bens”. Por isso, está acusado de furto qualificado, num despacho que data de 18 de fevereiro de 2021.

Paulo Mariano é um empresário conhecido que atualmente integra o movimento independente de Pedro Santana Lopes à Câmara da Figueira da Foz.

Ao jornal Público, Mariano optou por não responder ao pedido de comentários: “Não estou disponível para prestar declarações sobre essa badalhoquice”.

Por sua vez, Santana Lopes referiu apenas que soube do assunto nos últimos dias e também não quis prestar mais esclarecimentos.

  ZAP //

5 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.