Samsung reconhece finalmente que baterias causaram incêndios do Galaxy Note 7

@androids / Twitter

Samsung Galaxy Note 7 estragado

Samsung Galaxy Note 7 estragado

A Samsung Electronics reconheceu que foram defeitos nas baterias que provocaram os perigosos incêndios no seu modelo de telemóvel Galaxy Note 7, que teve de deixar de fabricar.

Investigações internas e independentes “concluíram que as baterias foram a causa dos incidentes com o Note 7”, disse a empresa sul-coreana em comunicado.

O responsável da divisão de telemóveis, Koh Dong-jin, explicou que a publicação do relatório foi motivada pela necessidade de a empresa “recuperar a confiança” dos consumidores depois da perda de cerca de 6,1 biliões de won (cerca de 4.863 milhões de euros).

O estudo aponta que algumas das baterias de lítio estudadas registaram curtos-circuitos internos.

A investigação foi realizada durante um mês pela própria empresa tecnológica sul-coreana e outras três organizações: as empresas norte-americanas UL e Exponent, e a empresa alemã de inspeção técnica e certificação TÜV Rheinland.

Koh Dong-jin explicou que cerca de 700 mil investigadores e engenheiros recriaram processos de carga e descarga com cerca de 200 mil dispositivos e cerca de 30 mil baterias de lítio para detetar e analisar os defeitos.

Problemas com originais e alternativas

A causa que foi apontada para o problema das baterias produzidas pela SDI, e que já antes tinha sido apontada como provável, está numa degradação do elemento que separa os diferentes componentes internos. Esta foi provocada por uma dimensão anormal da bateria e que levou a deformações no canto superior das baterias.

Estas deformações levaram a que os elementos internos acabassem por se tocar, o que provocava curto-circuito. Estas falhas levavam também a uma alteração das dimensões das próprias baterias, o que fazia com que estas acabassem por explodir.

No caso das baterias alternativas usadas para tentar resolver o problema, produzidas pela ATL, estas apresentaram também um problema com origem em falhas de construção. Estes problemas deveram-se provavelmente à necessidade, por parte da ATL, de aumentar de forma exponencial a sua produção, o que levou a falhas no processo de fabrico, ampliando assim um problema que estava já a tomar proporções anormalmente grandes.

Para além destas conclusões, a Samsung revelou ainda quais os seus planos para impedir que estas situações aconteçam no futuro. Estas medidas passam por aumentar a monitorização interna das baterias, criando novos testes e novos pontos de verificação das mesmas.

A empresa criou também o Battery Advisory Group, composto por entidades externas à Samsung. A ideia base deste grupo é manter um conjunto de regras para a definição de regras de segurança e inovação no campo de baterias.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …

Portugal vs Alemanha: Portugal perde por 2-4

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. O jogo …

Choques elétricos no pescoço podem combater a fadiga

Desde café a rotinas de sono complexas: os seres humanos desenvolveram várias estratégias para evitar o cansaço. Agora, cientistas acreditam ter descoberto uma nova técnica de combate à fadiga através de estimulação elétrica cerebral não …

"Juneteenth". Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América. É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras "june" (junho) e "nineteenth" (dezanove), e representa a data …

Chef Enrico Derflingher trabalhou em Buckingham e na Casa Branca (e revela as preferências da rainha e de Bush)

O chef Enrico Derflingher já alimentou algumas das figuras mais poderosas do mundo. Do Palácio de Buckingham à Casa Branca, o chef italiano sabe melhor do que ninguém quais são as preferências culinárias de Isabel …