Governo, sindicatos e patrões reunidos. Salário mínimo pode aumentar para 665 euros em 2021

José Sena Goulão / Lusa

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira (D), acompanhado pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho

O Governo reúne-se, esta quarta-feira, com os parceiros sociais para discutir o valor do salário mínimo nacional que estará em vigor no próximo ano. O Executivo admite subir o SMN em 35 euros.

O Governo está a ponderar subir o salário mínimo em 30 euros no próximo ano, para 665 euros. A proposta será apresentada aos parceiros sociais, na reunião marcada para esta quarta-feira, avança o Público.

O Governo tinha indicado que a remuneração mínima iria ser atualizada em linha com a subida média dos últimos anos, ou seja, 23,75 euros. No entanto, em entrevista à Lusa, a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, mostrou disponibilidade para ir mais longe.

A atualização do SMN deverá ser acompanhada de contrapartidas para os empregadores, nomeadamente apoios à tesouraria e eventuais medidas de caráter fiscal. Contudo, a hipótese de reduzir a Taxa Social Única paga pelas empresas, como aconteceu noutros anos, não está em cima da mesa.

Os patrões já deixaram claro que, face às dificuldades impostas pela pandemia de covid-19, as empresas não têm condições para acompanhar qualquer atualização da remuneração mínima garantida. Por outro lado, os sindicatos defendem que a subida deverá, no mínimo, ser igual à de 2020 – ou seja, 35 euros.

O ECO destaca que, entretanto, o Ministério das Finanças publicou as tabelas de retenção na fonte de IRS para 2021, cujo patamar mínimo até ao qual os rendimentos não são taxados (tradicionalmente influenciado pelo salário mínimo) deixa de estar nos 659 euros e passa para 686 euros.

Assim sendo, se se mantivesse o limite mínimo em vigor, o Governo poderia aumentar, no máximo, em 24 euros a remuneração mínima garantida. Com as novas tabelas, a subida máxima passa a poder ser, no máximo, de 51 euros.

Segundo o Código do Trabalho, o Governo tem de ouvir os parceiros sociais antes de definir o salário mínimo de cada ano, mas cabe ao Executivo a última palavra sobre esta matéria.

Empresas podem ter de gastar mais 519 euros por trabalhador

De acordo com a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, a atualização do SMN deverá ser superior a 23,75 euros, o que significa que os empregadores terão, num conjunto do ano e considerando as contribuições sociais, um custo adicional anual superior a 411,47 euros por cada trabalhador. Mas se o salário mínimo nacional subir 30 euros, a despesa anual por trabalhador será de 519 euros, noticia o ECO esta quarta-feira.

Isto significa que os empregadores poderão ter de gastar, só em salário, mais 420 euros por ano e por trabalhador. A este valor ainda acrescentam-se as contribuições sociais.

O diário explica que, com o salário mínimo hoje em vigor, o empregador tem a pagar, todos os meses, 150,81 euros de Taxa Social Única. Ora, com a subida de 23,75 euros da remuneração mínima, passaria para 156,45 euros, ou seja, mais 5,64 euros. No total do ano, estaria em causa um acréscimo de 78,97 euros das contribuições exigidas aos empregadores.

Tendo em conta que o salário mínimo deverá subir mais do que os referidos 23,75 euros, também o acréscimo nas contribuições deverá ser superior a 78,97 euros. A confirmar-se, os empregadores podem contar com um acréscimo na TSU de 99,75 euros, no conjunto do ano.

Por cada trabalhador que receba o salário mínimo, os empregadores podem esperar um acréscimo nos encargos superior a 411,47 euros (332,5 euros relativos ao salário; 78,97 euros relativos às contribuições sociais). No entanto, a confirmar-se o tal aumento de 30 euros, a despesa por trabalhador, em termo anuais, subirá 519,75 euros (332,5 euros relativos ao salário; 99,75 euros relativos à TSU).

CCP defende baixa da TSU como contrapartida

A Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) considera que, a acontecer a atualização do salário mínimo, deve haver uma diminuição da Taxa Social Única (TSU) suportada pelos patrões, à semelhança do que aconteceu em anos anteriores.

“A CCP sempre demonstrou grande abertura para a fixação do salário mínimo em valores que, a par com o seu papel social, promovessem um aumento do consumo, útil para a economia em geral. Os critérios porque nos pautámos foram a evolução da produtividade, a inflação, e o crescimento económico”, referiu a confederação em comunicado.

A CCP sublinha que serão as micro, pequenas e médias empresas as que mais vão sofrer com a atualização do SMN, já que “não têm estrutura financeira nem capacidade para baixar as suas margens ou manter os preços”. “O único ponto de equilíbrio para minimizar esta situação será, como já foi feito em anos anteriores, uma redução da TSU a cargo das empresas para esse nível de remunerações”, defende.

  ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. As empresas dos empresários que se recusem a aumentar 30€ aos seus funcionários que recebem o ordenado mínimo deviam ser sujeitas a uma auditoria anual com vista a justificar o não aumento em regime excepcional. Estas auditorias recorrentes acabariam até às empresas terem meios de proceder ao aumento salarial. Faz muita falta fiscalizar neste país, fiscalizar tudo, incluindo condições de trabalho, sector público e privado e onde são aplicados os fundos comunitários e europeus. Esta bandalheira tem que acabar um dia e só vai acabar com fiscalização a sério e rotativa para evitar esquemas de corrupção.

    • Se fossem fiscalizar tudo aumentaria muito o desemprego. A generalidade das empresas vive para o dia-a-dia. Se não sabe, não opine.
      O próprio governo sabe que tem de permitir alguma “flexibilidade”, caso contrário fechava tudo em Portugal. Até no Estado.

RESPONDER

Nova ponte do Porto já tem desenho conhecido. Vai servir para metro, ciclovia e peões

A Metro do Porto recebeu 28 propostas para o concurso público de elaboração de projeto e execução da nova ponte sobre o rio Douro. Já foram selecionadas as três melhores. Esta segunda-feira, foram apresentados os três …

AC Milan não esconde: jogos com o FC Porto serão decisivos

Italianos recordam que vão defrontar uma equipa que está quase sempre presente na Liga dos Campeões. "Os nossos dois jogos contra o FC Porto vão ser decisivos para a classificação final do grupo". O treinador do …

Aristides de Sousa Mendes, que salvou milhares de judeus do regime nazi, recebe hoje honras de Panteão Nacional

O antigo cônsul português Aristides de Sousa Mendes, que salvou milhares de judeus do regime nazi, recebe hoje honras de Panteão Nacional, em Lisboa, através de um túmulo sem corpo. Esta cerimónia acontece 67 anos após …

Besiktas avisa os adeptos: "Contra o Sporting...não se sentem nas escadas!"

Turcos e portugueses chegam à terceira jornada na Liga dos Campeões com zero pontos. "Isto não é um caminho fácil", admite o treinador Sergen Yalçın. Um dos primeiros jogos da terceira jornada da Liga dos Campeões …

Real Madrid está disposto a oferecer Hazard por Salah

Mohamed Salah, uma das estrelas do plantel do Liverpool, está a ser adorado pelo Real Madrid. Os merengues estão a pensar apresentar uma proposta que envolve Eden Hazard. Mohamed Salah termina contrato com o Liverpool em …

Rangel: Maioria absoluta é possível, crise política improvável e acordos com o Chega para descartar

Candidato à liderança do PSD diz não ter "estados de alma" sobre os próximos passos de Rio. É da opinião que os portugueses não compreenderiam uma crise política no contexto atual, mas também considera que …

Salários em atraso no Boavista: alguns funcionários já deixaram o clube

Guarda-redes queixou-se mas não é o único jogador a não receber os últimos vencimentos, no Bessa. O Boavista estará a atravessar uma situação financeira delicada. Depois das dúvidas à volta do pagamento do relvado do Estádio …

Football Leaks. Autoridades francesas suspeitam que Rui Pinto também pirateou Paris Saint-Germain

As autoridades francesas suspeitam que Rui Pinto pode ter estado na origem do ataque informático ao clube de futebol Paris Saint-Germain (PSG), que resultou na divulgação de alguns documentos internos. Segundo noticia o Público, a investigação …

"É o melhor depois de Napoleão." Para Cassano, Ronaldo não está entre os cinco melhores da história

O antigo jogador italiano António Cassano não coloca Cristiano Ronaldo no top cinco, depois de Jorge Mendes ter considerado o avançado português "o melhor da história".  Antonio Cassano, o antigo jogador italiano de 39 anos, foi …

O ministro das Finanças, João Leão

"Contas certas" de dentro para fora. Promessa feita a Bruxelas, no esboço orçamental para 2022

O Governo enviou um rascunho do Orçamento do Estado à Comissão Europeia, no qual sublinha a importância das "contas certas". O discurso das "contas certas" repete-se dentro e fora. Esta segunda-feira, o Executivo entregou em Bruxelas …