Salário mínimo aumenta para 505 euros

SXC

-

O acordo para o aumento do salário mínimo nacional (SMN) para 505 euros foi fechado esta tarde entre as confederações patronais, o Governo e a UGT e será formalizado às 18h30, no Conselho Económico e Social (CES).

De acordo com fonte oficial do Governo, o acordo, que deixa de fora a CGTP, será formalizado pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Mota Soares.

O novo valor do SMN, para entrar em vigor a 1 de outubro, foi acordado após vários encontros entre os parceiros sociais e o Governo, exceto a CGTP, realizados à margem da Concertação Social ao longo do mês de setembro.

Na primeira reunião de Concertação Social após o período de férias, no dia 9, as duas centrais sindicais lançaram o tema para a mesa de negociação, embora ele não fizesse parte da ordem de trabalho.

A CGTP reivindicou a fixação do SMN nos 515 euros com efeito retroativo a 1 de junho, um aumento para os 540 euros em janeiro de 2015 e um aumento gradual até chegar aos 560 euros em 2016.

A UGT propôs um aumento para os 500 euros com efeito a 1 de julho e a fixação nos 510 euros em janeiro de 2015.

Há uma semana, a UGT propôs, num grupo de trabalho da concertação social, um salário mínimo nacional de 505 euros, para vigorar de outubro até ao final de 2015, abrindo mão de efeitos retroativos.

Carlos Silva explicou, então, à agência Lusa, que, depois de vários contactos e conversas com o Governo e com as confederações patronais, a UGT percebeu que seria muito difícil conseguir a aplicação de um aumento do SMN com retroativos, porque os patrões não aceitavam essa condição.

Na parte patronal foi a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal que mais resistiu a este aumento do SMN por considerar que uma atualização salarial antes de janeiro de 2015 iria trazer complicações às empresas do seu setor, porque muitas funcionam com contratos anuais de prestação de serviços.

Atualmente o salário mínimo nacional é de 485 euros e está congelado desde 2011. Ao abrigo de um acordo de Concertação Social de 2006, esta remuneração deveria ter sido fixada nos 500 euros em 2011.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …

"Posso ir?" Há uma app que lhe diz como estão as filas nos supermercados

A comunidade tecnológica tech4COVID19 criou uma aplicação móvel que permite aos seus utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados. A app, sob o nome "Posso ir?", pretende orientar os utilizadores nas idas aos …

Conte pede à Alemanha mais solidariedade europeia. “Se somos uma União, está na hora de o provarmos”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez esta quarta-feira um apelo solene à Alemanha para que haja mais solidariedade europeia no combate à pandemia da covid-19, que está a afetar severamente o seu país. “Se somos uma …

Em França, Portugal é destacado como bom exemplo (mas também pela sorte da sua geografia)

Portugal tem "11 vezes menos mortes" do que Espanha, em proporção das respectivas populações, e parece estar a lidar melhor com a pandemia de Covid-19 do que o país vizinho. Esta é a conclusão de …