Ryanair avalia rotas suspensas pela TAP no Porto

Wikimedia

-

A Ryanair vai avaliar as quatro rotas europeias da TAP canceladas a partir do Porto, afirmou esta terça-feira o diretor de marketing de companhia aérea de baixo custo, Kenny Jacobs.

“Vamos olhar para elas. São uma grande oportunidade”, afirmou hoje o responsável da Ryanair numa conferência de imprensa em Lisboa, com o objetivo de oficializar o lançamento de uma nova rota diária para Berlim a partir do aeroporto da capital.

Em declarações aos jornalistas, Kenny Jacobs explicou que as rotas suspensas pela TAP são “ligações muito importantes para o Porto, para a indústria da moda e também para a agroalimentar“, destacando os destinos Bruxelas e Milão.

Questionado sobre a intenção da Ryanair assegurar essas ligações, o responsável da companhia irlandesa escusou-se a fazer mais comentários, prometendo “um anúncio em breve”, o que poderá acontecer já esta tarde numa nova conferência de imprensa no Porto.

A TAP cancelou rotas com partida do Porto para quatro cidades europeias (Bruxelas, Roma, Milão e Barcelona), explicando que apesar das “boas taxas de ocupação os custos da operação dessas rotas não permitem, atualmente, a rentabilidade da sua operação”.

A questão tem motivado fortes críticas da autarquia do Porto, que garante que a transportadora não tem prejuízo com as rotas que decidiu suspender.

Bom Dia

PARTILHAR

RESPONDER

"Fechaduras", testemunha do julgamento de Tancos, está em parte incerta

Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", testemunha da acusação e da defesa no caso de Tancos, não compareceu em 08 de março à audiência e voltou a não aparecer esta quinta-feira, com o Tribunal de Santarém …

General que lidera o SIRESP apresenta demissão

O Diário de Notícias avança, esta quinta-feira, que o general que lidera o SIRESP apresentou demissão, tendo invocado "razões pessoais". De acordo com o Diário de Notícias, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, já recebeu …

Agente que matou Daunte Wright vai ser acusada por homicídio de segundo grau

A polícia que matou a tiro, no domingo, um jovem afro-americano em Brooklyn Center, no Minnesota, Estados Unidos, vai ser acusada por homicídio de segundo grau. Depois de ter apresentado a demissão da polícia de Brooklyn …

Sócrates acusa juiz de ir "além do seu poder" e PS de "profunda canalhice"

O ex-primeiro-ministro afirmou que o juiz de instrução "não tem o direito" de o indiciar "de crimes novos" e acusou o "mandante" de Fernando Medina na liderança do PS de "profunda canalhice". Foi a primeira entrevista …

Ana Gomes critica "silêncio ensurdecedor" do PS (e teme que ainda exista "o culto de Sócrates")

A ex-candidata à Presidência da República Ana Gomes criticou esta quinta-feira António Costa e outros dirigentes do PS por se manterem em silêncio relativamente ao caso Operação Marquês e responsabilizou vários governos pela ineficácia no …

Líder do CDS/Madeira recebeu 30 mil euros do financiador do Chega, a seis semanas das regionais

Rui Barreto, líder do CDS na Madeira, recebeu um total de 29.880 euros de César do Paço, o conhecido financiador do Chega. O "empréstimo" foi concedido a poucas semanas das eleições regionais que levaram o …

Autarcas e bombeiros exigem que Governo mantenha SIRESP a funcionar

As declarações do presidente da Altice Portugal de que o SIRESP ia "acabar a 30 de junho" fizeram soar os alarmes. Autarcas e bombeiros querem que o Governo mantenha a rede de emergência. Na quarta-feira, em …

Pela primeira vez, Japão admite cancelar Jogos Olímpicos

O Japão admitiu pela primeira vez esta quinta-feira que o cancelamento dos Jogos Olímpicos, adiados desde o verão passado e com arranque marcado para 23 de julho, continua a ser uma hipótese em cima da …

Carlos Carreiras anuncia "vacina portuguesa" e causa mal-estar no Governo

O presidente da Câmara de Cascais afirmou que, "em completa articulação com o Governo", garantiu a compra e inclusive a cedência da patente de uma vacina para produzir na Área Metropolitana de Lisboa. Esta quarta-feira, num …

Ataque de Sócrates ao PS é uma "tremenda injustiça". Costa não é um "traidor", diz Ana Catarina Mendes

A líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, criticou as declarações de José Sócrates que, em resposta a Fernando Medina, atacou a direção do partido. Em entrevista à TVI, na noite desta quarta-feira, José Sócrates respondeu …