Rússia cria comissão para investigar “ingerência estrangeira” na política interna

Yuri Kochetkov / EPA

Criação de uma comissão para investigar a “ingerência estrangeira” na política interna da Rússia acontece depois de várias manifestações contra Putin, que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental.

A câmara baixa do parlamento russo anunciou esta segunda-feira a criação de uma comissão para investigar uma “ingerência estrangeira” na política interna da Rússia, após recentes protestos governamentais que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental.

O novo organismo, que realizará a sua primeira reunião antes do final do mês, será liderado pelo presidente do comité de segurança e luta contra a corrupção da Duma, Sergei Piskariov, indicou a agência Interfax.

A Rússia já fez advertências aos Estados Unidos e à Alemanha, acusados de apoiarem as recentes ações da oposição, que tem vindo a protestar na capital russa todos os fins de semana desde meados de julho contra a rejeição dos seus candidatos às eleições locais que se vão realizar a 8 de setembro.

Trata-se de um dos mais poderosos movimentos de protesto desde o regresso de Vladimir Putin ao Kremlin em 2012. A criação da comissão foi anunciada durante uma reunião extraordinária sobre as alegadas “ingerências estrangeiras”. Segundo o presidente da Duma, Viatcheslav Volodine, os diplomatas e jornalistas estrangeiros suspeitos de “ingerência” serão convidados a explicar-se na comissão.

No início de agosto, Moscovo convocou um diplomata norte-americano para protestar contra a divulgação no site e na conta na rede social Twitter da embaixada dos Estados Unidos de mensagens relativas a uma das manifestações da oposição.

Qualificadas de “propaganda a favor da participação” nas concentrações, as mensagens intimavam os cidadãos norte-americanos na Rússia a evitarem a zona da manifestação, incluindo um plano do circuito do evento.

A Rússia convocou também um diplomata alemão para denunciar o que considerou “apelos diretos à manifestação” por parte da emissora de radiotelevisão alemã Deutsche Welle nas redes sociais.

A agência russa de vigilância das telecomunicações Roskomnadzor, por seu turno, exigiu ao Google que proibisse a publicidade das ações da oposição na plataforma de vídeo YouTube.

A maioria das manifestações, não autorizadas, foram severamente reprimidas pela polícia. Mais de 2 mil pessoas foram detidas e mais de 100 ficaram presas. A quase totalidade das figuras da oposição cumprem atualmente pequenas penas de prisão.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu não percebo russo, mas julgo que ele queria dizer “ingerência interna na política estrangeira”…
    Mas porque é que as mães destas criaturas não tiveram uma revelação do arcanjo e fizeram uma IVG?
    Começa a ser demais a loucura destes espécimes!

  2. Este filho da Putin é uma peça… a propaganda da escola do KGB continua a render…
    Realmente, se há manifestações contra o Putin, só pode ser ingerência externa – porque o Putin acha que os russos não tem coragem para o contestar!…

RESPONDER

Jogador do PSV afastado dos treinos após participar em manifestação antiracismo

O jogador do PSV Denzel Dumfries foi afastado dos treinos até ao final da época. O jogador holandês participou num protesto contra o racismo nos Países Baixos. Denzel Dumfries, defesa do PSV, foi esta quinta-feira afastado …

Turismos de Portugal e Espanha querem "confinar" população na Península Ibérica. Fronteiras só abrem em julho

Os Turismos de Portugal e Espanha estão a preparar campanhas de promoção para captar os 55 milhões de habitantes dos dois país durante o verão. De acordo com o semanário Expresso, Portugal e Espanha preparam-se para …

Autocarro do Benfica apedrejado. Casas de jogadores vandalizadas com ameaças

O autocarro benfiquista foi apedrejado após o jogo com o Tondela. Além disso, a casa de alguns jogadores foram grafitadas com ameaças, nomeadamente a de Pizzi. O autocarro do Benfica foi atacado após o empate frente …

Rio só está à espera de Marcelo. E não se compromete com o Orçamento

O presidente do PSD deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou que só está à espera que Marcelo Rebelo de Sousa avance para anunciar o apoio do partido à sua recandidatura. Em entrevista à TSF, …

Contrariando as autoridades, Hong Kong assinala aniversário de Tiananmen. "Podem reprimir as nossas atividades mas não o nosso espírito"

Evocando razões de saúde pública devido à pandemia, as autoridades de Hong Kong proibiram a vigília de quinta-feira que visava assinalar o 31.º aniversário do massacre de Tiananmen. As aglomerações com mais de oito pessoas …

Governo pondera criar nova contribuição sobre a banca para financiar Segurança Social

O Governo de António Costa está a estudar a criação de uma contribuição adicional de solideriedade sobre o setor bancário para ajudar a financiar a Segurança Social e fazer face aos custos de resposta à …

Arqueólogos encontram rara ferramenta de caça com 300 mil anos

Arqueólogos encontraram uma ferramenta de madeira utilizada na caça há 300 mil anos. É muito raro encontrar artefactos paleolíticos feitos de madeira, realça o autor do estudo. Uma equipa de investigadores da Universidade de Tübingen e …

Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social. Com 81,7 milhões …

Patrões agradados com o plano do Governo. PSD diz que "é muito fraco"

Enquanto patrões e sindicalistas ficaram bastante satisfeitos com o Programa de Estabilização Económica e Social apresentado pelo Governo, o PSD deixou duras críticas. Esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, onde foi aprovado o plano …

Na resposta a uma crise, ligações humanas podem piorar ainda mais as coisas

Um novo estudo sugere que a conexão humana nem sempre é uma coisa boa, sobretudo quando se trata de ultrapassar uma crise com sucesso. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 2480 voluntários …