Rui Pinto terá espiado Ministério Público e advogados durante dois meses sem ser descoberto

cv (YouTube)

Rui Pinto terá conseguido entrar no sistema informático da Procuradoria Geral da República (PGR) fazer pesquisas e sair sem ser notado durante cerca de dois meses.

Durante esse período de tempo, segundo a acusação do Ministério Público (MP), citada pelo jornal Público, o hacker passeou-se pelo sistema informático da PGR e acedeu às caixas de Correio Electrónico dos magistrados do MP e até extraiu documentos.

No que diz respeito ao acesso às caixas de correio electrónico refere a acusação que, “em data não concretamente apurada, mas seguramente anterior a 20 de outubro de 2018, o arguido, com recurso a uma plataforma de Phishing, obteve conhecimento das credenciais de acesso à caixa de correio electrónico com o endereço de e-mail de Amadeu Guerra, na altura director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), bem como das caixas de correio utilizadas na PGR”.

O alegado pirata informático fez um total de 307 acessos entre novembro de 2018 e janeiro de 2019. As autoridades não conseguiram explicar como é que Rui Pinto conseguiu as credenciais que lhe deram o acesso.

“Primeiramente, utilizou um procedimento capaz de obter credenciais de acesso ao sistema informático da PGR, sem provocar qualquer tipo de alerta para o utilizador”, lê-se na acusação, que revela ainda o facto de este acesso ter permitido a Rui Pinto “efectuar um reconhecimento com grau definido de profundidade da infra-estrutura de rede, bem como todos os equipamentos conectados e vulnerabilidades” do sistema.

“O arguido Rui Pinto não só visualizou, como exfiltrou parte da informação que ali encontrou, a qual veio a guardar no seu equipamento digital”, lê-se.

De acordo com a acusação, através deste acesso, o alegado pirata informática entrou também no SIMP, o sistema informático do Ministério Público. Acedeu a pastas do Conselho Superior do Ministério Público e a documentos vários em segredo de justiça e ainda a um ficheiro com o nome completo, número de telefone, correio electrónico e data de nascimento de todos os magistrados do MP. Nessa altura, Rui Pinto acedeu, ainda, sem ser notado aos servidores da Sociedade de Advogados PLMJ.

Na acusação, é relatado que “no dia 26 de outubro de 2018” o arguido enviou para uma das advogadas da PLMJ um email com vírus, cujo o remetente indicava ser da autoridade tributária. Nesse email, ia um ficheiro com a indicação que apenas estaria disponível até dia 1 de novembro de 2018 para descarregar. A advogada suspeitou que fosse um vírus e encaminhou a mensagem par os informáticos da PLMJ.

O informático que tinha acesso remoto ao sistema, “por razões que se desconhecem”, abriu o tal endereço e as suas credenciais de acesso foram capturadas por Rui Pinto, que depois acedeu a mensagens de correio electrónico dos advogados.

Quando foi detido a 16 de Janeiro de 2019, em Budapeste, na Hungria, o alegado pirada tinha na sua posse oito discos rígidos e três telemóveis.

“Com a acusação agora tornada pública e o pedido de manutenção da prisão preventiva, confirma-se a vontade do Ministério Público de silenciar e destruir Rui Pinto, evitando que prossiga a colaboração que vinha mantendo com as autoridades de investigação de outros países”, refere o advogado Francisco Teixeira da Mota em comunicado, acrescentando que “a equipa constituída pelo Ministério Púbico para investigar a criminalidade no mundo do futebol parece estar mais dedicada a perseguir aqueles que a denunciam do que a investigar aqueles que a praticam”.

“A defesa de Rui Pinto lamenta que o Ministério Público, ao mesmo tempo que consegue evitar que a SAD de um clube de futebol seja pronunciada, consegue ‘descobrir’ 147 crimes contra o seu constituinte e enquanto em Espanha a Doyen é objeto de processos fiscais e criminais, em Portugal goza do beneplácito das autoridades de investigação” lê-se no comunicado. “Por último, acrescenta-se que a acusação deduzida contra Rui Pinto contém numerosas falsidades, nulidades e ilegalidades a que a defesa irá reagir no processo no seu devido tempo.”

Rui Pinto foi detido por suspeitas de acessos ilegítimo, violação de segredo, ofensa à pessoa coletiva e extorsão na forma tentada.

Com o hacker, veio também para Portugal todo o material informático apreendido no âmbito do processo, na Hungria: computadores, discos externos e telemóveis. As autoridades francesas chegaram a fazer uma cópia destes discos rígidos por receio de que fossem destruídos, em Portugal.

Em julho passado, a ex-eurodeputada Ana Gomes, que tem sido uma das maiores apoiantes de Rui Pinto, insistiu que “por várias vezes, e até por escrito, Rui Pinto manifestou-se interessado em colaborar com a justiça portuguesa“, mas que “as autoridades apenas querem encarniçar-se contra ele ou querem a sua cooperação na medida em que Rui Pinto possa dar mais dados para se incriminar”.

Os defensores de Rui Pinto aplaudem o seu papel no caso da FootballLeaks e consideram-no, não um hacker, mas um “denunciante” (whistleblower), criticando a justiça portuguesa por o ter detido e manter preso.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A este ritmo este “Mestre” em informática, está a encostar o Sócrates e o Salgado a um canto, no que diz respeito a notoriedade promovida pela C.S !…… Estes “Pintos” são realmente uns ARTISTAS !

RESPONDER

Reclamação do PSD sobre contagem dos votos. Nulidade da eleição afastada

O Tribunal Constitucional começa esta segunda-feira a analisar o recurso do PSD que, na quinta-feira passada, pediu a revisão da contagem de votos dos círculos da emigração. Em causa, no protesto do PSD, está o facto …

Jesus "superstar" vence dérbi Fla-Flu, mas sonha regressar a Portugal

Por estes dias, Jorge Jesus continua o seu caminho como superstar no campeonato brasileiro de futebol: o técnico português, que comanda o Flamengo, venceu, este domingo, o dérbi frente ao Fluminense por 2-0, em jogo …

Cientistas encontraram sinais precoces de doença cardíaca em múmias com 4.000 anos

Múmias com quatro mil anos mostraram ter acumulação de colesterol nas artérias, sugerindo que as doenças cardíacas eram provavelmente mais comuns nos tempos antigos do que se pensava. Mohammad Madjid, professor assistente de medicina cardiovascular na …

Donald Trump desiste de realizar o G7 no seu clube de golfe em Miami

A decisão de Donald Trump, a braços com um processo de impeachment, de usar um dos seus resorts levantou dúvidas sobre conflito de interesses. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonou a ideia de realizar …

Costa vai a Belém apresentar secretários de Estado. Patrícia Gaspar e Antero Luís na lista

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, vai esta segunda-feira a Belém apresentar ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, os nomes dos secretários de Estado que vão integrar o próximo Governo. O encontro, marcado para as 11 …

Chernobyl transforma-se num santuário para uma rara espécie de cavalos

Chernobyl tem sido o inesperado lar de uma espécie de cavalos em vias de extinção. Dezenas de cavalos de Przewalski foram observados em edifícios abandonados na zona radioativa da cidade ucraniana. Surpreendentemente, uma espécie de cavalos …

Sánchez desloca-se a Barcelona para “visitar agentes feridos” e lembra obrigações de Torra

O presidente do governo espanhol, em funções, Pedro Sánchez, desloca-se esta segunda-feira a Barcelona, após ter criticado o presidente do governo regional da Catalunha por não ter condenado com firmeza os atos de violência dos …

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Bolívia. Resultados preliminares dão vitória a Morales, mas com segunda volta

O chefe de Estado boliviano lidera os resultados preliminares da primeira volta das eleições Presidenciais, mas parece ser obrigado a disputar uma segunda ronda contra o ex-Presidente Carlos Mesa. A autoridade eleitoral da Bolívia indicou que, …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …