Ronaldo é o Michael Jordan do United e deixou Ferdinand louco (Gasperini até o mandou “àquele sítio”)

2

Peter Powell / EPA

O internacional português Cristiano Ronaldo a festejar um golo.

O Senhor Champions League voltou a fazer das suas! Cristiano Ronaldo marcou os dois golos do Manchester United no campo do Atalanta, em jogo da Liga dos Campeões, e salvou um ponto para os red devils, o que deixou adeptos como Rio Ferdinand loucos de alegria.

Cristiano Ronaldo bisou no empate do Manchester United em Itália, com o Atalanta. O internacional português marcou o 2-2 final aos 91 minutos de jogo, o que garantiu aos red devils um ponto precioso para as contas do Grupo F da Liga dos Campeões.

Um golo fenomenal que foi muito celebrado pelos adeptos do United, com o craque português a carregar, mais uma vez, o clube às costas, como salientam alguns.

Um dos adeptos mais efusivos a celebrar o golo de Ronaldo foi Rio Ferdinand, ex-colega do avançado português no United. O ex-defesa dos red devils é um fã do internacional das quinas e tem manifestado nas suas redes sociais, onde é muito activo, grande paixão a falar do talento de CR7.

Depois do segundo golo de Ronaldo diante do Atalanta, Ferdinand, que estava a comentar o desafio para um canal de televisão, celebrou de forma efusiva, gritando “é ilegal”, “extraterrestre” e “é para isto que ele está aqui”.

Solskjaer compara Ronaldo a Michael Jordan

No fim do jogo, o treinador do United, Ole Gunnar Solskjaer, também fez questão de elogiar Ronaldo, frisando que “é um dos melhores de sempre”. “De certeza que é o mesmo sentimento que os Chicago Bulls tinham pelo Michael Jordan“, apontou ainda numa entrevista para um canal de televisão norte-americano.

“Se tens de meter a bola em alguém no último minuto, é no Cristiano”, vincou.

Os dois golos de Ronaldo frente ao Atalanta deixam o craque com 127 golos com a camisola do Manchester United, o que o leva a deixar para trás precisamente Solskjaer. Mas o agora treinador não vê problemas e diz que “está de bem” com isso.

“É um bom problema de se ter”

Mas os elogios para Ronaldo chovem até do lado do adversário, onde o treinador do Atalanta, Gian Piero Gasperini, salienta que “é um jogador incrível”. “Alguns até o chamam de problema. É um bom problema de se ter”, sublinhou Gasperini no fim do jogo.

O técnico italiano ainda revelou que, no fim do jogo, disse a Ronaldo algo que não pode dizer na televisão. “Disse-lhe ‘vai para aquele sítio'”, brincou Gasperini.

Após o desafio, Cristiano Ronaldo fez questão de realçar que a sua equipa acreditou “até ao fim”. “Vamos fazer tudo para atingir os nossos objectivos”, prometeu ainda aos adeptos.

  ZAP //

2 Comments

  1. As “traduçõezinhas” do costume… em traduções não se traduzem as palavras mas sim o sentido!
    Ferdinand não gritou «(1)”é ilegal”, (2)“extraterrestre”…» gritou…”it’s illegall alien” o que é um “pouquinho” diferente!!!

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo seu reparo.
      O que Ferdinand gritou não foi “illegal alien”; o ex-jogador gritou sim, literalmente, “This is what he does! It’s illegal! Alien!”, o que é um “pouquinho” diferente!
      Talvez pudéssemos ter traduzido o sentido de “alien” pela expressão “doutro planeta”, mais comum nesse contexto, em vez de “extraterrestre” (mas que também é usada para qualificar alguém que “sobressai do comum dos mortais”).
      Não nos parece é que o sentido da frase de Ferdinand fosse “estrangeiro ilegal” — a tradução correta da expressão “illegal alien” que parece ter presumido que o jogador tinha dito.
      Não somos infalíveis e cometemos erros de tradução, mas pelo enganamo-nos a traduzir o que tivemos o cuidado de ler — algo que seria aconselhável fazer antes de se precipitar a começar um comentário com “as traduçõezinhas do costume”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.