/

Na Roménia, quem não foi vacinado é sujeito a recolher obrigatório durante a noite

Ștefan Jurcă / Flickr

A Roménia passou da 19.ª posição para a 37.ª

A Roménia proibiu as pessoas que não foram ainda vacinadas contra a covid-19 de saírem de casa entre as 22h e as cinco da manhã.

Durante este horário, os habitantes que não apresentarem um certificado de vacinação não podem aceder a quaisquer estabelecimentos, com exceção de supermercados e farmácias.

Os concertos e celebrações como casamentos foram proibidos e as empresas terão de colocar em teletrabalho pelo menos 50% das suas equipas. Será assim durante pelo menos 30 dias.

O recolhimento obrigatório é uma medida que pretende incentivar mais romenos a procurarem a vacina num país onde apenas 30% da população está totalmente imunizada contra a doença.

Na Roménia, registam-se neste momento 225 mortes por covid-19 nos últimos 14 dias por milhão de habitantes, dez vezes mais do que a média europeia.

No que diz respeito às viagens, os viajantes da Áustria, Bélgica e Grécia estarão sujeitos às regras de quarentena ao entrarem na Roménia, já que as autoridades do país colocaram esses países na lista vermelha, que inclui territórios considerados altamente afetados pela propagação do novo coronavírus.

A lista vermelha da Roménia consiste em países que têm a taxa cumulativa de novos casos de infeções por coronavírus maior ou igual a três por 100 habitantes durante as últimas duas semanas.

Desta forma, os viajantes de territórios incluídos na lista vermelha são obrigados a cumprir os requisitos de quarentena obrigatórios de duas semanas, mesmo que apresentem um resultado negativo de qualquer teste de coronavírus, clarifica o site schengenvisainfo.

As autoridades da Roménia continuam a categorizar outros países em grupos verde, amarelo e vermelho, com base na sua taxa de incidência de covid-19, embora tenham decidido não seguir o mapa “Semáforo da UE”.

Com base nos dados fornecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), um total de 1.534.942 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus na Roménia e 43.844 pessoas morreram desde o início da pandemia.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE