Rohani diz que queda dos preços do petróleo é uma conspiração

rouhani.ir

O presidente do Irão, Hassan Rohani

O presidente do Irão, Hassan Rohani, afirmou, numa reunião governamental, que a brusca quebra dos preços do petróleo se deve a uma conspiração organizada por certos países.

“A queda dos preços resulta de uma conspiração contra os povos da região e os muçulmanos em geral”, disse Hassan Rohani, citado pela agência russa Sputnik.

“Os habitantes da nossa região jamais esquecerão este conluio”, frisou o presidente iraniano.

Hassan Rohani assegurou no entanto que o governo iraniano será capaz de controlar a situação económica do país, desde que o Orçamento para o próximo ano seja menos baseado nos preços de petróleo.

Rohani realçou que para tal haverá necessidade de utilizar mais e melhor as capacidades de trânsito e as redes ferroviária e aérea do Irã.

OPEP revê previsões em baixas e atira petróleo para novos mínimos

Os preços do petróleo negociado em Londres (Brent) e nos Estados Unidos (West Texas Intermediate – WTI) estiveram na terça-feira nos valores mais baixos dos últimos cinco anos.

A quebra dos preços terá sido provocada pela pela expectativa de que os grandes investidores possam vir a desfazer-se das suas posições no mercado.

Esta terça-feira, o preço do petróleo voltou a cair no mercado de Nova Iorque, depois de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) ter revisto em baixa as previsões de procura para 2015.

Às 14:20 (hora de Lisboa), o preço do barril para entrega em Janeiro recuava 1,52 dólares e fixava-se em 62,30 dólares no mercado de Nova Iorque, um nível que não se registava desde 2009.

No relatório mensal divulgado pela a OPEP, a organização reviu em baixa para 28,9 milhões de barris por dia a procura de petróleo em 2015, apesar de manter a intenção de manter a sua quota de produção em 30 milhões de barris por dia.

O cartel também reviu em baixa as previsões de consumo em 70 mil barris por dia, uma redução de 0,07% em relação a 2014.

ZAP / LUSA / RVR

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É lamentável que, um jornalista ao redigir este artigo, dê um erro que não tem justificação, pois como sabemos o curso de jornalismo é muito for em português.
    Também sabemos que mandamos os nossos filhos lerem os jornais pois ali está uma boa fonte de ensino.
    Está ??? Ou ESTAVA?
    vejamos: No terceiro parágrafo a palavra é – CONLUIO – quando 2 ou mais pessoas se juntam para prejudicar alguém e NÃO, CONCLUIO – esta palavra nem sequer existe.
    Cuidado senhor jornalista há muitos miúdos a lerem notícias.
    NOTA: Não sou formado, apenas tenho o 5º ano antigo
    Cumprimentos

  2. Obviamente têm que arranjar um motivo qualquer para continuar a atacar o ocidente, senão eles próprios se auto classificariam facínoras…
    Mesmo assim, andaram a ganhar rios de dinheiro às custas do ocidente estes anos todos! Disso, obviamente, não se lamentam…

RESPONDER

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …