Caso Roger Stone. Ex-consultor de Trump condenado a 40 meses de prisão

O ex-consultor do Presidente dos Estados Unidos foi condenado, esta quinta-feira, a mais de três anos de prisão, apesar da interferência do procurador-geral para reduzir a recomendação de sentença.

Um tribunal federal condenou o ex-consultor de Donald Trump a 40 meses de prisão efetiva, por ter mentido ao Congresso e ter coagido testemunhas durante a investigação do procurador especial Robert Mueller à interferência do Governo russo nas eleições presidenciais de 2016.

Inicialmente, os procuradores norte-americanos pediram uma pena entre sete e nove anos para Roger Stone, alegando a gravidade das acusações.

Contudo, dias depois, na sua conta pessoal do Twitter, o Presidente norte-americano criticou a decisão judicial, dizendo que a pena pedida era excessiva e considerando que outras pessoas tinham mentido ao Congresso sem terem sido sujeitas a tão fortes penalizações.

Logo de seguida, o Departamento de Justiça, que responde perante a Casa Branca, veio anunciar que iria reduzir o pedido da pena, provocando fortes críticas dos adversários políticos de Trump, acusando o Presidente de interferência num processo judicial.

Trump respondeu que não interferiu no processo de Roger Stone, lembrando que não tinha falado no assunto com o Procurador Geral, William Barr, e dizendo que, contudo, o Presidente dos EUA tem legitimidade para interferir, “se assim o entender”.

Também William Barr veio dizer que o tweet de Trump não tinha provocado qualquer efeito na decisão do Departamento de Justiça, mas reconheceu que, com as suas mensagens nas redes sociais, o Presidente estava a tornar o seu trabalho “impossível”.

Hoje, a juíza federal Amy Jackson, disse que os crimes de Roger Stone exigiam um “tempo significativo” atrás das grades, aplicando uma pena de 40 meses. Jackson condenou ainda Stone a uma multa de 20 mil dólares (cerca de 19 mil euros).

Os advogados de Stone, alegaram os 67 anos do arguido e a sua débil saúde para pedirem uma sentença de liberdade condicional, recordando ainda que não existiam antecedentes criminais.

Em Washington, a oposição democrata especula sobre se Trump irá conceder um perdão presidencial a Roger Stone, que colaborou com a sua campanha em 2016, sendo uma das peças essenciais na angariação de fundos.

O tribunal provou que Stone mentiu ao investigador Robert Mueller sobre o real envolvimento da equipa de Trump com o Governo russo, durante a fase de campanha eleitoral de 2016.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Facebook promete investir 90 milhões para apoiar o jornalismo

A rede social Facebook prometeu esta segunda-feira investir 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) na indústria do jornalismo. “O setor das notícias está a trabalhar sob condições extraordinárias para manter as pessoas informadas durante …

Covid-19 já faz estragos na indústria espacial. Concorrente da Space X declara falência

A empresa de satélites OneWeb, que tinha como objetivo ligar os lugares mais remotos do mundo à Internet, declarou esta sexta-feira falência depois de ter perdido um importante investidor por causa da pandemia de covid-19. …

CR7, Bernardo, Mourinho, Lage e mais 22 personalidades do futebol doaram 150 mil máscaras ao Hospital de Santo António

O agente Jorge Mendes juntou 26 personalidade do futebol, que vão desde jogadores, treinador e amigos, com o objetivo de dotar unidades hospitalares com materiais para combater a Covid-19. A iniciativa, que contou com a …

Italiana de 102 anos recuperou da covid-19. "Chamamos-lhe imortal"

Uma italiana, de 102 anos, recuperou da covid-19, depois de ter passado mais de 20 dias no hospital. Os médicos que a acompanharam vão agora estudar o seu caso. "Chamamos-lhe Highlander, a imortal", contou à CNN …

China já lucra com a Covid-19 (mas se a economia não engrenar depressa, pode nascer uma tempestade)

A China já está em fase de recuperação da Covid-19 e a economia do país dá sinais de vida, embora ainda longe dos patamares pré-pandemia. E o facto de o contágio continuar a alastrar por …

Cientistas de todo o mundo trabalham em 20 vacinas e 30 potenciais medicamentos

Cientistas em todo o mundo estão a trabalhar num total de 20 vacinas e 30 possíveis medicamentos contra o Covid-19, alguns dos quais já estão na última fase de testes antes da aprovação definitiva. De acordo …

Há uma vila na Lombardia sem infetados por Covid-19

Em Ferrera Erbognone, uma vila da Lombardia com mil habitantes e uma média de idades de 60 anos, ainda não se registaram casos de Covid-19, embora esteja no epicentro do surto em Itália. De acordo com …

Rei da Tailândia isola-se em hotel de luxo na Alemanha com 20 mulheres e vários servos

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, decidiu isolar-se num hotel de luxo na cidade de Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha, com a sua comitiva, que inclui um "harém" de 20 mulheres e vários servos. De acordo com o …

Rendas podem ser suspensas durante estado de emergência e mês seguinte

Empresas e famílias vão poder suspender o pagamento da renda nos meses em que vigore o estado de emergência e mês subsequente, de acordo com a proposta que cria um regime excecional de proteção aos …

Mais 11 pessoas detidas por desobediência. Número total sobe para 81

A PSP e a GNR detiveram até esta segunda-feira 81 pessoas pelo crime de desobediência no âmbito do estado de emergência iniciado dia 22 e decretado devido à pandemia de covid-19, anunciou o Ministério da …