/

Recandidatura de Rui Rio? Morais Sarmento não tem assim tantas certezas

Estela Silva / Lusa

Nuno Morais Sarmento com Rui Rio

Ao contrário de David Justino, Nuno Morais Sarmento não tem “por certa a recandidatura de Rui Rio” à liderança do PSD.

Nuno Morais Sarmento, vice-presidente do PSD, não dá por certa a recandidatura de Rui Rio nas eleições internas de janeiro. “Não tenho como certa nem a candidatura de Paulo Rangel nem a recandidatura de Rui Rio”, afirmou, na sexta-feira à noite, no programa Expresso da Meia-Noite, da SIC Notícias.

“Ao contrário dos que têm tantas certezas, eu não tenho e sou vice-presidente do partido”, disse, citado pelo Expresso.

“Rui Rio, ao contrário da contabilidade que normalmente se faz de ganhos e perdas, está a esta hora a pensar se tem utilidade para o país o seu exercício de oposição nestes dois anos”, acrescentou, concluindo que “se ele achar que não tem é indiferente ter ganho ou perdido, vai-se embora”.

O social-democrata não nega que Rio tenha legitimidade para se recandidatar e que a vitória em Lisboa é de Carlos Moedas, mas não só: “Moedas é um candidato escolhido por um presidente do partido que se chama Rui Rio” e “Rui Rio ganhou”.

Ainda assim, Nuno Morais Sarmento admite que a reeleição do líder está condicionada a uma avaliação da forma como Rio exerceu a oposição.

David Justino considerou que uma eventual candidatura de Paulo Rangel seria “uma deslealdade”, mas Sarmento não é da mesma opinião. Se Rangel se candidatar “não comete nada de errado, muito menos será traiçoeiro”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.