Rio diz ser “desejável” que PSD Madeira e Açores excluam Chega de coligações

ppdpsd / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Em Portugal Continental, o PSD não aceita coligações com o Chega para as próximas autárquicas, sublinhou Rui Rio, que deseja que o mesmo princípio seja seguido nas Regiões Autónoma.

Esta terça-feira, Rui Rio reiterou que em Portugal Continental o PSD não aceita coligações com o Chega para as próximas eleições autárquicas e afirmou desejar que o mesmo princípio seja seguido nas Regiões Autónomas.

“O que estou em condições de garantir o que sempre garanti. O PSD fez um acordo de coligação com o CDS – não é em todo o lado, mas onde localmente o quiserem fazer – [e] esse acordo em determinados concelhos, se houver interesse disso, se as concelhias o quiserem propor, [pode incluir] o PPM, o Partido da Terra, o Nós Cidadãos, etc., nós aceitamos. Com o Chega não“, disse o líder social-democrata.

Rio respondia a questões dos jornalistas no Porto, à margem de uma conferência de imprensa sobre medidas para travar a pandemia da covid-19, tendo referido que “o problema que se coloca” nos Açores e Madeira tem a ver com a tutela.

“Não temos tutela nas Regiões Autónomas. Aquilo que é desejável é que nas Regiões Autónomas façam o mesmo que fazemos no Continente e fazer o mesmo é não fazer coligações com o Chega”, frisou.

Sobre Suzana Garcia, o presidente do PSD disse que se a candidata não tivesse o perfil para a corrida à Câmara Amadora não teria sido aprovada, esclarecendo que os crivos mudam conforme os cargos e concelhos em causa.

“Se não fosse o perfil certo para Amadora, seguramente não teríamos aprovado”, disse depois de questionado sobre se o PSD tem dois pesos e duas medidas nas escolhas dos candidatos, isto depois do coordenador autárquico do PSD, José Silvano, ter argumentado que Suzana Garcia “não se candidata à Assembleia da República para legislar”.

“O que ele disse foi que o crivo que se faz para uma candidatura a uma autarquia não é exatamente o mesmo crivo que se faz para uma candidatura à Assembleia da República. E não estou a falar da pessoa em concreto, estou a falar das regras“, justificou Rui Rio.

O presidente do PSD acrescentou que o crivo que faz para uma candidatura a um concelho “não é rigorosamente igual ao crivo para uma candidatura de um concelho de perfil diferente”, somando ao exemplo o crivo para candidaturas a cargos diferentes.

“O perfil que se requer para candidato à Câmara do Porto não é exatamente igual ao que se possa requerer à câmara de Lousada, Baião ou Matosinhos. O perfil para um autarca ou para a Assembleia da República é diferente“, acrescentou.

A 7 de abril, na apresentação de mais 53 candidatos autárquicos, a escolha para a Amadora da advogada e ex-comentadora televisiva dominou a conferência de imprensa.

Na altura, o coordenador autárquico do PSD, José Silvano, referido que Suzana Garcia é a “candidata mais indicada para ganhar” a Câmara Municipal de Amadora e que as suas posições públicas não põem em causa os valores sociais-democratas.

“A posição da Suzana Garcia – que não se candidata à Assembleia da República para legislar, mas para a Câmara da Amadora – é uma posição que, no entender do PSD e que ela própria explica, não é de castração química, mas uma terapia medicamentosa de controlo da libido e apenas para reincidentes pedófilos”, disse o coordenador autárquico.

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para o período entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …