Rio disponível para acordo com PS na Lei de Bases da Saúde

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD considera haver margem para um acordo com o PS para uma nova Lei de Bases da Saúde, estando os sociais-democratas a identificar as propostas que considera essenciais, nas quais inclui as PPP.

“Eu penso que sim”. Foi esta a resposta de Rui Rio quando questionado, na sede nacional do PSD, sobre se há margem para um entendimento com o PS relativamente à nova Lei de Bases da Saúde.

O presidente do PSD começou por dizer que a base de trabalho seria o projeto-lei dos sociais-democratas, mas acabou por admitir que o acordo poderá evoluir para um novo texto, que surja da conjugação do do PSD com o do Governo.

“O contacto foi feito ao nível parlamentar. A bola está do nosso lado, porque na especialidade o PS votou praticamente contra todas as nossas propostas (…) Não vamos exigir tudo, porque isso não seria negociar de boa fé, vamos ver o que para nós é essencial, para lá das PPP (Parcerias Público-Privadas)”, afirmou.

Questionado se a referência às PPP tem de estar explícita numa nova Lei de Bases – a atual é omissa -, o líder do PSD respondeu afirmativamente: “O que nós entendemos é que o princípio deve ficar consagrado no texto da Lei de Bases”, afirmou.

Rio admite que estas conversações com o PS no final do processo – depois de terem falhado as negociações à esquerdapossam gerar críticas internas, mas salientou que “desde o primeiro dia” na liderança do PSD que prometeu que se focaria no interesse publico.

“Se eu agora amuasse porque o PS falou primeiro com PCP e BE, eu não estava a servir os portugueses em rigorosamente nada”, afirmou o líder social-democrata, considerando que “é do interesse público” que possa haver uma nova Lei de Bases.

Hoje, o deputado Ricardo Baptista Leite, que coordena na bancada social-democrata as questões de saúde e integrou o grupo de trabalho sobre a Lei de Bases, também falou nesse sentido.

“Colocando o país à frente de todos os interesses, e apesar deste percurso em que o PS afastou o PSD do processo, estamos disponíveis para essa conversa. Mas é necessário que o PS venha ter com o PSD e apresente as suas propostas de alteração”, afirmou.

“Apesar de terem votado sistematicamente contra tudo o que está no nosso projeto, o PS, se objetivamente tem interesse em dialogar, está nas mãos do PS pegar no projeto social-democrata e dizer o que o PS entende propor de alterações ao projeto do PSD”, defendeu.

Quanto ao que resultou do grupo de trabalho, que terminou terça-feira as votações indiciárias, Baptista Leite disse que o partido irá aguardar pela redação final, mas faz desde já uma apreciação negativa.

“Neste momento, olhando para o cômputo geral, não nos identificamos com o texto em cima da mesa”, afirmou, considerando que o resultado seria “uma lei omissa, mais fraca e pior que a lei vigente”, em vigor desde os anos 90 e que foi elaborada durante um Governo PSD de Cavaco Silva.

Esta manhã, a Renascença já tinha noticiado que os socialistas estão a tentar negociar com o PSD aprovação final global da Lei de Bases da Saúde.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bianca Devins foi assassinada e as imagens partilhadas centenas de vezes na Internet

Uma jovem de 17 anos foi assassinada quando acompanhava o namorado a um concerto, nos Estados Unidos. O companheiro, que ainda tentou o suicídio após o crime, partilhou fotografias do cadáver da vítima na Internet, …

VianaPolis chega a acordo com casal. Já só restam sete moradores no prédio Coutinho

A VianaPolis informou, esta terça-feira, ter chegado a acordo com um casal que detinha um apartamento no prédio Coutinho, em Viana do Castelo, onde ainda permanecem sete pessoas em cinco frações. Em declarações à agência Lusa, …

Ghosn processa Nissan e Mitsubishi na Holanda

Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan e da Mitsubishi e ex-CEO da Renault, processou as duas fabricantes de automóveis japonesas e reclama uma indemnização de 15 milhões de euros. Carlos Ghosn instaurou à Nissan e à Mitsubishi …

Faturas detalhadas de telecomunicações estão a confundir os clientes, alerta a Deco

As faturas detalhadas de telecomunicações, adotadas na sequência da decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), estão a confundir os clientes, revelou esta terça-feira a Deco Proteste, que considerou que a medida do regulador deve …

Catarina Martins entreabre porta a nova geringonça

Catarina Martins lembrou que nas últimas legislativas se fez na política "o que nunca se tinha feito antes" e alerta que o que se conseguiu alcançar "não chega" face a "tudo o que há para …

Destroços de navio interditam praia em Torres Vedras

A praia do Navio, em Santa Cruz, está interdita a banhos e a desportos náuticos devido ao aparecimento de destroços de um navio afundado. A praia do Navio, em Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, …

Ministro da Justiça demite-se após eleição de Boris Johnson (e não é o único)

O ministro da Justiça britânico, David Gauke, anunciou a sua demissão após ser conhecida a eleição de Boris Johnson para a liderança dos conservadores e a sua designação como primeiro-ministro do Reino Unido. No domingo, David …

TdC deteta pagamentos "ilegais" do Serviço de Saúde da Madeira a empresa que pertencia ao presidente

A sociedade gerida pelo então presidente do Serviço de Saúde da Madeira recebeu 116 mil euros do Serviço de Saúde da Madeira. O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) autorizou "ilegalmente" o pagamento de 116 mil …

Fábio Coentrão apontado ao FC Porto

O lateral esquerdo, que se encontra neste momento sem clube, terá sido alvo de sondagem por parte do FC Porto para reforçar a equipa de Sérgio Conceição. Segundo o jornal A Bola, Fábio Coentrão já foi …

EUA. Explosão em refinaria levanta questões sobre utilização de produtos químicos letais

Na madrugada de 21 de junho, explosões na refinaria Philadelphia Energy Solutions, no sul da Filadélfia, Estados Unidos (EUA), sacudiram as casas, enviaram bolas de fogo para o ar e acordaram os moradores próximos. Este …