Rio afasta ideia de geringonça à direita e critica atuação do Banco de Portugal

João Relvas / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

Num almoço-debate da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, Rui Rio afastou a hipótese de uma geringonça à direita, denunciou um poder político fraco e criticou a atuação do Banco de Portugal.

“À direita, nunca pode haver uma geringonça em que eu seja o líder, porque à direita tem de ser uma ligação consistente e com sentido”, disse o líder do PSD, num almoço-debate realizado pela Câmara de Comércio e Indústria, em Lisboa. Rio disse que apenas com “sentido estratégico” é que juntaria 116 deputados.

Ainda nesta vertente, Rui Rio criticou a geringonça formada nas últimas legislativas. “Uma geringonça é algo mal amanhado que, no caso da esquerda, foi concertado apenas para haver uma maioria parlamentar e que não tinha um programa estratégico“, disse, citado pelo Correio da Manhã.

Com Paulo Portas na audiência, como vice-presidente da organização, o social-democrata deixou duras críticas à atuação do Banco de Portugal nos últimos anos. “Nenhum português pode ver a atuação do Banco de Portugal com bons olhos. Se tivesse estado mais atento, se tivesse sido mais independente, não tínhamos chegado à situação a que chegámos”, atirou.

Rui Rio relembrou que no caso do Banco Espírito Santo, Cavaco Silva, o então presidente da República, até foi levado a dizer que estava tudo bem com o banco, mas pouco tempo depois viria a colapsar. “Afirmações feitas sobre o GES e o BES demonstram que o Banco de Portugal não estava bem ciente do problema, quando diz que o GES estava mal e o BES estava bem”, explicou, citado pela Rádio Renascença.

Para o líder social-democrata, o supervisor tinha de ter mais prudência, caso contrário acabaria por enganar as pessoas, “como enganou muitas, que perderam ainda mais dinheiro”. Por essa razão, Rio admite um olhar “muito, muito crítico” sobre a atuação de várias administrações.

Rio apenas dá um desconto ao Banco de Portugal: “a crise económica e financeira”, que evidentemente acelerou os problemas na banca, limitando a ação do supervisor.

Em relação às eleições legislativas que se aproxima, o líder do Partido Social Democrata, segundo o Expresso, reiterou que, seja no poder ou na oposição, fará os possíveis para impor quatro grandes reformas estruturais: descentralização, Segurança Social, justiça e sistema político.

E explicou a sua visão: “O país tem estrangulamentos estruturais. Ou nos libertamos desses estrangulamentos ou a maioria terá de ser ainda mais alargada para se libertar desse estrangulamento. O poder político já é tão fraco que os poderes fáticos já têm mais poder do que o poder político”.

O debate também foi aproveitado para deixar algumas críticas ao PS, nomeadamente no modelo económico seguido. O Governo de Costa foi acusado de “distribuir o que há e não aplicar nada para preparar o futuro”.

A saúde também veio à baila, com Rio a culpar o PS do estado do SNS. “O PS enche a boca a dizer que criou o SNS, mas o primeiro a não cumpri-lo é o PS. O PS pegou no SNS e pô-lo num caos completo”, explicou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …

O mercado online de leite materno está a crescer (mas pode ser mau para os bebés)

https://vimeo.com/385229063 Para os pais que querem que o seu filho beba leite materno, mas que não conseguem produzi-lo, a possibilidade de o poder comprar na Internet pode parecer uma boa solução. No entanto, este mercado não …

Regina Duarte convidada para suceder a secretário da Cultura demitido

A atriz brasileira confirmou, na sexta-feira, ter sido convidada pelo Presidente do país para liderar a Secretaria da Cultura do Governo, após a exoneração de Roberto Alvim por ter parafraseado um discurso nazi. "É isso, recebi …

Universidade de Harvard quer criar 127 novos estados nos EUA

A Harvard Law Journal, da Universidade de Harvard, publicou um plano ousado - mas, segundo os autores, completamente constitucional - para salvar a democracia: criar 127 novos e minúsculos estados. Atualmente, todos os estados dos Estados …

IL quer reduzir IVA da alimentação infantil e retirar limitação etária nas deduções do IRS

A Iniciativa Liberal apresentou, esta sexta-feira, duas propostas para reduzir o IVA da alimentação para crianças pequenas para 6% e para eliminar a limitação etária na dedução do IRS para famílias que tenham mais do …