Mais ricos aconselhados a acumular ouro para responder ao mercado no pós-pandemia

As pessoas mais ricas estão a procurar acumular mais ouro para responder ao mercado no período de pós-pandemia, avança a Reuters.

Os consultores das pessoas com mais poder financeiros estão a recomendar aos seus clientes que acumulem mais ouro, uma vez que questionam a força da recuperação do mercado no período pós pandemia, bem como o impacto a longo prazo das movimentações de dinheiro por parte dos bancos centrais globais, conta a agência britânica.

Muitos banqueiros privados estão agora a apostar no ouro, cujo preço já subiu 14% desde o início da pandemia – está agora nos 1.730 dólares por onça.

Alguns bancos privados estão já a canalizar até 10% dos portefólios dos seus clientes para o ouro, uma vez que o estímulo massivo do banco central reduz o rendimento dos títulos e aumenta a risco de inflação que, por sua vez, desvaloriza outros ativos e moedas.

Antes da pandemia, os mesmos consultores aconselhavam os seus clientes a ter pouco ou até nenhum ouro na carteira de investimentos.

“A nossa visão é que o peso da oferta monetária, da expansão, vai em ultima instância degradar o dólar e os compromissos com a Reserva Federal – Fed -, que estão a ancorar as taxas reiais, tornam o ouro [um investimento] bastante sólido”, disse à agência Shalett, diretora de investimentos em gestão de património da empresa Morgan Stanley.

Nove bancos privados ouvidos pela Reuters, que gerem em conjunto cerca de 6 biliões de dólares em ativos das pessoas mais ricas do mundo, admitiram ter aconselhado os seus clientes a alocar os seus investimentos no ouro.

A empresa UBS, uma das maiores a administrar ativos das pessoas mais ricas do mundo, indicou que o ouro pode chegar aos 1.800 dólares por onça até o final do ano, impulsionado por taxas de juros ultra-baixas e pela procura dos investidores.

No caso de uma segunda onda da pandemia, pode até atingir um recorde de 2.000 dólares.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …

Bastonário dos Médicos sugere uso obrigatório de máscara na rua (e em todo o país)

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, sugere que o Governo pondere decretar o uso obrigatório de máscara no espaços exteriores de todo o país, à semelhança do que fez a Região Autónoma da …

DGS cedeu aos cientistas dados incompletos, com erros graves e até homens grávidos

Os dados de vigilância epidemiológica da Covid-19 cedidos pela Direção-Geral da Saúde aos cientistas contêm "dados com caráter provisório", que "poderão ser ainda alvo de validação” e com erros graves - entre os quais falhas …