Novas restrições em Itália recebidas com protestos violentos

Matteo Corner / EPA

Manifestantes saíram à rua em várias cidades italianas, esta segunda-feira, para protestar contra as novas restrições anunciadas pelo Governo para controlar a pandemia de covid-19.

De acordo com a agência Associated Press (AP), citada pelo jornal The Guardian, entre as várias medidas restritivas anunciadas pelo Governo italiano está, por exemplo, a obrigatoriedade de os restaurantes e cafés fecharem às 18h00 e o encerramento de cinemas, ginásios e outros locais de lazer.

Os italianos não estão a aceitar as novas restrições, tendo saído à rua em várias cidades, como Turim, Milão, Roma, Nápoles e Palermo. Em alguns casos, os protestos tornaram-se violentos e a polícia teve de intervir.

Segundo a mesma agência, em Turim, no norte do país, alguns manifestantes partiram montras de lojas, lançaram bombas de fumo e atiraram garrafas contra a polícia. Os agentes, por sua vez, usaram gás lacrimogéneo contra os protestantes.

De acordo com a agência LaPresse, também citada pelo jornal britânico, entre os manifestantes estavam “ultras”, membros de claques de futebol conhecidos pelos seus comportamentos violentos. Cinco pessoas foram detidas pelas autoridades.

Horas antes, cerca de 300 taxistas reuniram-se, de forma pacífica, para chamar a atenção para as perdas provocadas pela pandemia, que afetou seriamente o setor do turismo e fez desaparecer os trabalhadores do centro da cidade.

Em Milão, a polícia também usou gás lacrimogéneo para conter os protestos na noite desta segunda-feira. Um jornalista da Associated Press assistiu a pelo menos duas detenções.

De acordo com a RTP, estas restrições estão a levar pequenas empresas à falência, uma vez que ainda se encontravam a recuperar do impacto da primeira vaga. Para tentar acalmar os ânimos, o Governo já veio anunciar que, esta terça-feira, vai apresentar um novo pacote de medidas para apoiar estes negócios.

A Europa voltou a ser o epicentro da pandemia de covid-19, o que obrigou os Executivos a tomar novamente medidas para evitar a propagação do vírus. O maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (44.896 mortos, mais de 873 mil casos), seguindo-se Itália (37.479 mortos, mais de 542 mil casos), França (34.761 mortos, mais de um 1,1 milhões de casos) e Espanha (35.031 mortos, mais de 1,098 milhões de casos).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …