Novas restrições em Itália recebidas com protestos violentos

Matteo Corner / EPA

Manifestantes saíram à rua em várias cidades italianas, esta segunda-feira, para protestar contra as novas restrições anunciadas pelo Governo para controlar a pandemia de covid-19.

De acordo com a agência Associated Press (AP), citada pelo jornal The Guardian, entre as várias medidas restritivas anunciadas pelo Governo italiano está, por exemplo, a obrigatoriedade de os restaurantes e cafés fecharem às 18h00 e o encerramento de cinemas, ginásios e outros locais de lazer.

Os italianos não estão a aceitar as novas restrições, tendo saído à rua em várias cidades, como Turim, Milão, Roma, Nápoles e Palermo. Em alguns casos, os protestos tornaram-se violentos e a polícia teve de intervir.

Segundo a mesma agência, em Turim, no norte do país, alguns manifestantes partiram montras de lojas, lançaram bombas de fumo e atiraram garrafas contra a polícia. Os agentes, por sua vez, usaram gás lacrimogéneo contra os protestantes.

De acordo com a agência LaPresse, também citada pelo jornal britânico, entre os manifestantes estavam “ultras”, membros de claques de futebol conhecidos pelos seus comportamentos violentos. Cinco pessoas foram detidas pelas autoridades.

Horas antes, cerca de 300 taxistas reuniram-se, de forma pacífica, para chamar a atenção para as perdas provocadas pela pandemia, que afetou seriamente o setor do turismo e fez desaparecer os trabalhadores do centro da cidade.

Em Milão, a polícia também usou gás lacrimogéneo para conter os protestos na noite desta segunda-feira. Um jornalista da Associated Press assistiu a pelo menos duas detenções.

De acordo com a RTP, estas restrições estão a levar pequenas empresas à falência, uma vez que ainda se encontravam a recuperar do impacto da primeira vaga. Para tentar acalmar os ânimos, o Governo já veio anunciar que, esta terça-feira, vai apresentar um novo pacote de medidas para apoiar estes negócios.

A Europa voltou a ser o epicentro da pandemia de covid-19, o que obrigou os Executivos a tomar novamente medidas para evitar a propagação do vírus. O maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (44.896 mortos, mais de 873 mil casos), seguindo-se Itália (37.479 mortos, mais de 542 mil casos), França (34.761 mortos, mais de um 1,1 milhões de casos) e Espanha (35.031 mortos, mais de 1,098 milhões de casos).

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …