Siza Vieira sobre apoios à restauração: “não vamos repor a faturação que o setor não teve”

websummit / Flickr

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira

Apesar de admitir um esforço do Governo por criar apoios, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, garantiu que não vai ser possível “repor a faturação que o setor não teve”.

Em declarações na página do PS no Twitter, citadas pelo Económico, Pedro Siza Vieira referiu que o Governo sabe “qual é a faturação do setor no fim de semana e podemos majorar o apoios em função destas medidas”. No entanto, admitiu: “não vou enganar ninguém, não vamos repor a faturação que o setor não teve”.

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital falava sobre os apoios para a restauração que remetem para os dois fins de semana com recolher obrigatório. “É tentar compensar os custos fixos e encontrar uma mecânica que seja rápida, que possa ser rapidamente tida no terreno e que reconheça aqui uma situação especifica”, acrescentou.

Siza Vieira disse que, na restauração, “a quebra foi de 70%”, o que significa que “há setores da nossa economia que estão a ser especialmente penalizados”. “Estes apoios que nós estamos a fazer [para a restauração], quando temos uma quebra de faturação nestes nove meses, de cerca de mil e tal milhões de euros, para a restauração estamos a fazer uma coisa que é cerca de 20% desta quebra“, disse.

O governante admitiu que este não será o único apoio e que o Governo irá continuar a avaliar a situação. Ainda assim, sublinhou, “não tenho duvidas de que não vamos chegar a todos e que vão haver situações muito difíceis num conjunto vasto de setores”.

Quanto ao número de empresas a fechar, a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) estima que o número seja de 41%. Siza Vieira disse que “esse mesmo inquérito em julho dizia que 43% das empresas dizia que na ausência de apoios suplementares iria ter de fechar ou ter de apresentar insolvência”, concluindo que “a percentagem está mais ou menos estável”.

Para o ministro, isto “significa resiliência das empresas deste setor e significa também alguma eficácia dos apoios”.

Não quero ignorar, a situação é dramática“, assumiu Pedro Siza Vieira, revelando ter conhecimento de empresários do setor da restauração que “já estão a usar as suas economias pessoais para aguentar a sua empresa”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ou seja, deu o dito por não dito, o habitual nas falaciosas declarações dos políticos… Quem se lixa é o mexilhão e o resto é conversa da treta… É o habitual… mais do mesmo…

RESPONDER

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …

Portugal regista mais 252 mortes e 6.923 casos de covid-19

Portugal registou, esta segunda-feira, mais 252 mortes e 6.923 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, …

Pintor Francisco Gaia morre aos 87 anos

O pintor e escultor Francisco Gaia, que realizou exposições nos Estados Unidos, Holanda e Portugal, morreu no sábado, em Vila Franca de Xira, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse a família à agência Lusa …

"El Chapo asiático", um dos traficantes mais procurados do mundo, detido em Amesterdão

Tse Chi Lop, o líder do The Company, uma rede criminosa que domina um mercado ilegal de drogas em toda a Ásia, avaliada em mais de 70 mil milhões de dólares, foi detido na sexta-feira …

Bernardo Silva desmente treinador Renato Paiva e atira: "Depois do ingrato, impaciente"

Bernardo Silva recorreu neste fim-de-semana às redes sociais para desmentir as declarações de Renato Paiva, treinador da formação do SL Benfica, que afirmou que o internacional português não teve paciência para esperar pela sua oportunidade …