Câmara dos Representantes vota contra estado de emergência declarado por Trump

David Maxwell / EPA

A Câmara dos Representantes dos EUA votou esta terça-feira contra o estado de emergência anunciado por Donald Trump para construir um muro na fronteira com o México.

A resolução contra a medida do Presidente norte-americano foi aprovada com 245 votos a favor e 182 contra. Aos democratas, juntaram-se no voto vários republicanos. A proposta segue agora para o Senado, onde três republicanos já manifestaram que estão contra o estado de emergência, faltando o voto de um quarto para lograr os esforços de Trump.

O Presidente norte-americano declarou formalmente o estado de emergência nacional no país no dia 15 de fevereiro, num anúncio feito a partir da Casa Branca. Em causa está a situação na fronteira sul do país com o México, que continua a entrada de “imigrantes ilegais”, “criminosos” e “droga”, afirmou Trump nessa ocasião.

A medida permitiria a Trump ter acesso a milhares de milhões de dólares em fundos para poder construir finalmente o muro que tem defendido.

Trump indicou que vão ser necessários oito mil milhões de dólares (cerca de sete mil milhões de euros) para a construção do muro fronteiriço, um valor muito superior quando comparado com os quase 1,4 mil milhões de dólares (1,2 mil milhões de euros) acordados entre os representantes democratas e republicanos, após semanas de discussões, para um reforço da segurança na fronteira com o México e evitar um novo shutdown.

Para atingir a nova verba de financiamento, a administração da Trump iria utilizar a verba acordada entre republicanos e democratas, mais 3,6 mil milhões de dólares (cerca de 3,1 mil milhões de euros) de fundos reservados para a construção na área militar, 2,5 mil milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros) são fundos do Departamento de Defesa para atividades do combate anti-drogas e 600 milhões de dólares (531 milhões de euros) de ativos confiscados pelo Departamento do Tesouro.

O vice-presidente norte-americano, Mike Pence, terá tentado convencer os senadores republicanos do “risco” na fronteira, mas ao que tudo indica não terá conseguido.

Na terça-feira, um grupo de 58 antigos responsáveis da segurança interna dos EUA, tanto do Partido Democrata como do Partido Republicano, uniram-se para criticar a declaração de emergência nacional.

Numa carta enviada ao Congresso, os antigos responsáveis asseguram que os factos no terreno não justificam a decisão. “Não há nenhuma avaliação plausível que indique a existência de uma emergência nacional que permita ao Presidente deslocar fundos destinados a outros fins para construir um muro na fronteira a sul”, lê-se na missiva.

Desde 1976, os presidentes dos EUA declararam estado de emergência por 58 vezes, como por exemplo Barack Obama para combater o vírus H1N1 ou, antes, George W. Bush, a seguir ao atentado de 11 de setembro, para recrutar reservistas para a guerra no Iraque. Uma lista compilada pelo centro de investigação Brennan Center diz que Bill Clinton declarou 17 emergências nacionais, Bush 13 e Obama 12.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …

Engenheiro reconstrói máquina que decifrou os códigos alemães Enigma na II Guerra Mundial

Hal Evans construiu a primeira réplica funcional de um ciclómetro: uma máquina construída no início da década de 1930 (e usada na II Guerra Mundial) por matemáticos polacos para ajudar a decifrar as mensagens secretas …

Governo britânico paga metade da conta para atrair clientes aos restaurantes

A medida para fazer os britânicos regressar aos restaurantes e, assim, ajudar o setor, que foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19, começa esta segunda-feira e vai prolongar-se até ao fim de agosto. De …

Revelados os segredos originais do "Cordeiro Místico"

Uma equipa de cientistas belgas e norte-americanos radiografou a pintura A Adoração do Cordeiro Místico para descobrir como era a obra de arte flamenga, pintada pelos irmãos Hubert e Jan Van Eyck, quando foi concluída, em …

Trump abre a porta à compra do TikTok pela Microsoft

A rede social deve ser vendida até 15 de setembro para se manter em operação nos Estados Unidos, disse, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano. Depois de, na sexta-feira, ter anunciado que iria proibir a TikTok nos …

Egito convida Musk a verificar pessoalmente que as pirâmides não foram construídas por alienígenas

O Egito convidou o multimilionário Elon Musk a verificar pessoalmente que as míticas pirâmides do país não foram construídas por alienígenas, ao contrário do que sugeriu o CEO da Tesla e da SpaceX na rede …