Reino Unido rejeita pagar conta do Brexit de 100 mil milhões

lewishamdreamer / Flickr

David Davis, o novo ministro britânico encarregado da saída da União Europeia

David Davis, o novo ministro britânico encarregado da saída da União Europeia

O divórcio da União Europeia poderá levar o Reino Unido a ter de pagar uma conta que pode ascender aos 100 mil milhões de euros. O ministro encarregue pelo processo da saída já afirmou que isso não vai acontecer.

A fatura que o Reino Unido deveria pagar para sair da União Europeia pode ascender a 100 mil milhões de euros, mais do que o valor inicialmente estimado, indica esta quarta-feira o Financial Times.

O aumento da fatura resulta de exigências mais estritas da França e da Alemanha e tem como objetivo fazer provisões para o setor agrícola depois do Brexit, bem como pagamentos para cobrir gastos administrativos comunitários em 2019 e 2020, adianta o jornal económico britânico.

A conta britânica, que faz parte da negociação sobre os termos da retirada do Reino Unido da UE, é um dos assuntos mais conflituosos das negociações, que deverão começar depois das eleições britânicas de 8 de junho.

Até agora, falava-se de que a fatura do divórcio britânico se cifraria em cerca de 60 mil milhões de euros, mas, segundo o FT, vários países europeus endureceram a sua posição.

Paris e Varsóvia, indica o jornal, estão a favor de incluir um pagamento anual agrícola para depois do Brexit, enquanto Berlim está contra a concessão ao Reino Unido de uma participação dos ativos (como propriedades) comunitários.

Comentando este artigo do FT, o ministro britânico encarregado da saída da União Europeia, David Davis, já declarou à cadeia ITV que o seu país não pagará 100 mil milhões de euros e que tudo será negociado nas reuniões.

Numa entrevista no programa televisivo “Good Morning Britain”, citado pela BBC, o governante declarou que o Reino Unido vai pagar o valor que está estipulado e “não o que a UE quer”.

“Não somos pedintes. Isto é uma negociação. A UE define o que quer e nós definimos o que queremos”, prosseguiu.

Esta terça-feira, a primeira-ministra Theresa May falou publicamente sobre o recente encontro com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmando que este vai descobrir durante as negociações que é um “osso duro de roer”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Menos uma estrela Michelin. Restaurante São Gabriel vai fechar

O restaurante São Gabriel, em Almancil, com uma estrela Michelin, vai encerrar, depois de ter sido vendido, anunciou através das redes sociais o seu chefe executivo, Leonel Pereira. Numa publicação na sua página do Facebook, o …

Há um mapa que revela os "labirintos" de Titã, a maior lua de Saturno

O primeiro mapa que mostra a geologia global da maior lua de Saturno, Titã, foi concluído e revela completamente um mundo dinâmico de dunas, lagos, planícies, cratera e outros terrenos. Titã é o único corpo planetário …

Cabify deixa de operar em Portugal a partir de 30 de novembro

A Cabify, que estava no mercado português desde 2016, vai deixar de operar em Portugal a partir do próximo dia 30 de novembro. "Queremos partilhar consigo que o próximo dia 30 de novembro será o nosso …

Presidente da federação russa de atletismo suspenso por obstruir investigação

O presidente da federação de atletismo da Rússia e outros seis elementos da federação foram, esta quinta-feira, suspensos, devido a irregularidades relacionadas com uma investigação antidoping. O presidente da federação de atletismo da Rússia, Dmitri Shliajtin, foi …

Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem …

Esta tecnologia de edição de genoma pode mudar o mundo (mas o seu criador tem receio disso)

A inovação de Kevin Esvelt tem potencial para ser usada tanto para o bem como para o mal. Os perigos que pode advir dela, deixam o biólogo reticente em relação a esta tecnologia, que também …

Governo quer "conciliação" entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção …

Sp. Braga critica autarquia por transmitir jogo do Flamengo em ecrã gigante

O Sporting de Braga acusou a Câmara Municipal de Braga de desrespeitar o clube e os seus adeptos por colaborar na organização da transmissão da final da Taça dos Libertadores de futebol, entre Flamengo e …

Hermínio Loureiro pede suspensão de mandatos na FPF e COP

Hermínio Loureiro pediu a suspensão dos mandatos de vice-presidente da FPF e do COP, esta sexta-feira, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto. Numa carta enviada à FPF, a que a agência …

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …