Reino Unido deportou mulher casada há 27 anos com um britânico

fatedsnowfox / Flickr

-

A mulher, casada há 27 anos com um britânico e com quem tem filhos em comum, foi obrigada a permanecer no seu país de origem, Singapura, depois de ter passado um tempo a cuidar dos seus pais.

Segundo o The Guardian, Irene Clennell foi obrigada a regressar a Singapura, o seu país de origem, deixando para trás o seu marido, os dois filhos e uma neta.

Clenneell chegou a Londres em 1988 e casou com John, um cidadão britânico, com quem vive há 27 anos em Durham. O longo período que terá passado fora do país, para cuidar dos pais, que entretanto já faleceram, terá invalidado o seu estatuto de residente.

A mulher, que esteve detida, desde o início de fevereiro, num centro de detenção na Escócia, foi deportada para Singapura no último domingo. Segundo a cunhada, citada pelo jornal britânico, tinha pouco mais de dez libras no bolso e nem sequer teve a oportunidade de contactar um advogado.

No entanto, graças ao mediatismo do caso, uma pessoa em Singapura já se ofereceu para ajudar com a estadia. Também já foi criada uma página para arrecadar fundos para cobrir as despesas legais do processo, que já angariou mais de oito mil libras, aproximadamente 9.500 euros.

A deportação, adianta ainda a cunhada ao diário, acontece num momento em que o seu irmão está gravemente doente.

Segundo o The Guardian, o visto de residência concedido através do casamento exige que o cônjuge do cidadão britânico dê provas de que ganha pelo menos 18.600 libras anuais e de que o casal viveu sem grandes interrupções no Reino Unido.

Devido à ausência prolongada por causa do estado de saúde dos pais, Clenneell já tinha feito vários pedidos para se recandidatar a uma nova autorização para viver junto do marido, que foram sempre rejeitados.

Apesar desta situação, um representante dos serviços do ministério do Interior já veio adiantar que “todos os casos são analisados de acordo com as suas particularidades e de acordo com as leis em vigor”, devendo “abandonar o país todos os que não tenham autorização para ficar”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pergunta: Se vive à 27 anos em Inglaterra porque não tem ainda nacionalidade britânica?
    Lembro que este problema afecta muito portugueses imigrantes. Estão nos países de acolhimento à séculos mas nunca pediram a nacionalidade daqueles países.

RESPONDER

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …