Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Manuel de Almeida / Lusa

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a educação, setor muito marcado pelo envelhecimento dos professores.

As estatísticas da Direção-Geral da Administração e do Emprego Público, divulgadas ontem, indicam que houve 17 806 saídas das administrações públicas desde o início do ano, das quais 6.504 foram para a reforma. No entanto, no primeiro semestre de 2019 só houve 4563 novos aposentados, o que representa aumento em 2020.

A maioria das aposentações foram no setor do Estado e, em particular, na área da educação. 1.308 profissionais desta área seguiram para a reforma, um quinto do total dos aposentados. O setor empresarial do Estado regista também 821 saídas para a aposentação e a Administração Interna outras 640. A saúde também foi das áreas mais penalizadas, uma vez que reformaram-se 404 trabalhadores.

A aceleração das aposentações no Estado acontece depois de terem sido retomadas progressões, e também reconhecido tempo de serviço que estava congelado em várias carreiras especiais, diz o DN.

Segundo o DN, apesar do aumento das saídas para aposentação, a função pública conseguiu na primeira metade deste ano voltar a superar os 700 mil profissionais, algo que não se verificava desde há oito anos.

De acordo com os dados da DGAEP, as contratações da saúde devido à pandemia, a integração da EMEF- Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário na CP, a vinculação de precários no IEFP, assim como a finalização de concursos para novos inspetores do Trabalho, fizeram com que o emprego público crescesse em 0,9% no primeiro semestre.

Assim sendo, o emprego público abrange agora 705.212 pessoas, mais 6.576 do que no final do último ano. Desde 2012 que o número de trabalhadores das administrações públicas não estava a este nível, revela o DN.

Os novos dados também dão conta da evolução das remunerações dos funcionários públicos. Alterações como a valorização em 0,3% da generalidade de remunerações, aumentos em 10 euros nos salários mais baixos, ou o aumento do subsídio de refeição, fizeram com que o salário público médio crescesse em junho 2,9%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Estando agora nos 1782,80 euros.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoas de 60 e tal anos a dar aulas a miúdos! Quando eu era miúdo havia uma coisa chamada fosso de gerações. Agora, nas escolas, o fosso transformou-se numa outra coisa do tamanho do Grand Canyon.

RESPONDER

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …

França dá a partir de dezembro "cheque-combustível" de 100 euros

França vai dar a partir de dezembro um “cheque-combustível” único de 100 euros a cerca de 36 milhões de condutores que ganham menos de 2.000 euros por mês devido à escalada dos preços do gasóleo …

Parlamento aprova extinção do SEF

A extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Assembleia da República, esta sexta-feira, com os votos a favor do PS, BE e da deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira. O texto final apresentado …