Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Manuel de Almeida / Lusa

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a educação, setor muito marcado pelo envelhecimento dos professores.

As estatísticas da Direção-Geral da Administração e do Emprego Público, divulgadas ontem, indicam que houve 17 806 saídas das administrações públicas desde o início do ano, das quais 6.504 foram para a reforma. No entanto, no primeiro semestre de 2019 só houve 4563 novos aposentados, o que representa aumento em 2020.

A maioria das aposentações foram no setor do Estado e, em particular, na área da educação. 1.308 profissionais desta área seguiram para a reforma, um quinto do total dos aposentados. O setor empresarial do Estado regista também 821 saídas para a aposentação e a Administração Interna outras 640. A saúde também foi das áreas mais penalizadas, uma vez que reformaram-se 404 trabalhadores.

A aceleração das aposentações no Estado acontece depois de terem sido retomadas progressões, e também reconhecido tempo de serviço que estava congelado em várias carreiras especiais, diz o DN.

Segundo o DN, apesar do aumento das saídas para aposentação, a função pública conseguiu na primeira metade deste ano voltar a superar os 700 mil profissionais, algo que não se verificava desde há oito anos.

De acordo com os dados da DGAEP, as contratações da saúde devido à pandemia, a integração da EMEF- Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário na CP, a vinculação de precários no IEFP, assim como a finalização de concursos para novos inspetores do Trabalho, fizeram com que o emprego público crescesse em 0,9% no primeiro semestre.

Assim sendo, o emprego público abrange agora 705.212 pessoas, mais 6.576 do que no final do último ano. Desde 2012 que o número de trabalhadores das administrações públicas não estava a este nível, revela o DN.

Os novos dados também dão conta da evolução das remunerações dos funcionários públicos. Alterações como a valorização em 0,3% da generalidade de remunerações, aumentos em 10 euros nos salários mais baixos, ou o aumento do subsídio de refeição, fizeram com que o salário público médio crescesse em junho 2,9%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Estando agora nos 1782,80 euros.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoas de 60 e tal anos a dar aulas a miúdos! Quando eu era miúdo havia uma coisa chamada fosso de gerações. Agora, nas escolas, o fosso transformou-se numa outra coisa do tamanho do Grand Canyon.

Cristiano Ronaldo é o único português nomeado para os prémios "The Best"

O avançado da Juventus é o único português nomeado para os prémios "The Best", inserido na lista de 11 candidatos na categoria de melhor futebolista de 2020, divulgada hoje pela FIFA. Cristiano Ronaldo reparte a nomeação …

Máscaras descartáveis são de plástico e ameaçam flagelo ambiental. Governo lança campanha de sensibilização

Em plena Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática lançou a campanha “Não Deixes Cair a Máscara”. Por mês, são usadas no país 150 milhões de máscaras. De acordo …

Football Leaks. Julgamento suspenso por 14 dias devido a caso de covid-19

O julgamento do processo Football Leaks foi suspenso por 14 dias, esta quarta-feira, devido à confirmação de um teste com resultado positivo ao novo coronavírus de um familiar de um dos juízes do coletivo. Cerca de …

Morreu El Pibe, Diego Armando Maradona

O antigo internacional argentino Diego Armando Maradona morreu esta quarta-feira aos 60 anos de idade. Foi vítima de uma paragem cardiorrespiratória, avança a imprensa argentina. O estado de saúde do ex-futebolista estava debilitado e, segundo relatos do …

Empresas deixam de estar obrigadas a pôr o código QR nas faturas

A obrigatoriedade de as empresas incorporarem nas faturas o código QR e o código único de documento “traria custos adicionais para as micro pequenas e médias empresas, particularmente na adaptação de sistemas informáticos”. A obrigatoriedade de as …

Bolieiro cita Sá Carneiro e reconhece "exigente missão"

O novo presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro, tomou esta terça-feira posse na Assembleia Legislativa Regional e, citando Sá Carneiro, reconheceu a "exigente missão" que tem pela frente. "Medimos os desafios a enfrentar e …

Escócia é o primeiro país a tornar os produtos menstruais gratuitos

Os produtos de higiene íntima feminina vão passar a ser gratuitos na Escócia. A primeira medida do género em todo o mundo entrará em vigor em janeiro e tem o objetivo de combater a “pobreza …

Fenprof diz que a falta de docentes em algumas escolas se resolvia com oferta de horários completos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) estima que milhares de alunos continuem sem ter todas as aulas por falta de docentes, um problema que acredita que se resolvia com medidas como completar os horários vagos …

Retirado cartaz em Oeiras por "ofender" Isaltino Morais. Iniciativa Liberal já apresentou queixa

A Câmara Municipal de Oeiras retirou um cartaz da Iniciativa Liberal (IL) que questionava a gestão de Isaltino Morais. O partido liderado João Cotrim Figueiredo já apresentou queixa. De acordo com o semanário Expresso, a …

Cinco inspetores do SEF implicados na morte de Ihor Homenyuk afastados do centro de imigrantes

Cinco inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) implicados na morte de Ihor Homenyuk pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) foram afastados do centro de instalação temporária do aeroporto onde ocorreu a homicídio a …