Reformados esperavam aumentos, mas o IRS está a tirar-lhes dinheiro

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, José António Vieira da Silva

Há reformados que ficaram surpreendidos com os valores das pensões pagas neste mês de Janeiro. Esperavam um aumento, tal como anunciado pelo Governo, mas acabaram por receber ainda menos do que em 2018. O problema estará na subida dos escalões do IRS.

A denúncia para esta situação é feita pela APRe – Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados que destaca que há contribuintes a receberem reformas inferiores ao que esperavam, depois dos aumentos anunciados pelo Governo para 2019.

A situação dever-se-á às subidas dos escalões de IRS, numa altura em que as taxas de retenção na fonte ainda não foram actualizadas pelo Ministério das Finanças, como atestam fontes do Ministério da Segurança Social à Rádio Renascença e ao Jornal de Negócios.

“Estamos a ver que as pensões foram processadas tendo como base para a retenção na fonte uma tabela de 2018“, salienta o presidente da APRe, Fernando Martins, na Renascença.

“Um pensionista que tivesse uma reforma de 670 euros em 2018, em 2019, deveria ter 680. Simplesmente, como passou na tabela de retenção de 1,7% para 3,5%, recebeu menos três euros. Em vez de ser aumentado, recebeu menos”, constata Fernando Martins.

O dirigente da APRe atesta que “se isso acontecer, de facto há pensionistas e aposentados que ficarão a receber menos durante todo o ano de 2019 e eventualmente serão reembolsados depois, quando fizerem o IRS no próximo ano, respeitante a este ano fiscal”.

Uma fonte do Ministério das Finanças garante à Renascença que o problema será “resolvido em breve” e que, “a partir de Fevereiro, a situação ficará regularizada”.

O problema não está a afectar todas as pensões sujeitas a descontos, não afectando nomeadamente as reformas inferiores a 636 euros.

ZAP //

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. …esta “falha” tem um nome… Incompetencia !!! lol…lol… pelos vistos no Ministerio das Finanças, não são lá muito bons com “numarus”…

    • Eles até são bons de mais nos “numarus”…!!! Um cidadão contribuinte que fique viúvo(a), portanto, sem a pensão ou salário da esposa ou vice-versa, paga o DOBRO de IRS como castigo por ter ficado(a) viúvo(a). Então esses gajos não são bons nos “numarus”? Menos receita, mais impo$to$? Então como é que se pagam os faraónicos salários e mordomias de políticos (governantes, deputados, autarcas, assessores, etc.)?

  2. Lembram-se daquele deputado do PSD que chamou aos reformados “peste grisalha” ? Pois bem, para além de ser um bom FDP disse aquilo que pensava e julgo que deve ter sido corrido.
    Em contrapartida, estes senhores muito amiguinhos dos reformados fazem isto .. e muito mais.

  3. Mas do que é que os papalvos esperavam? O que esperavam desta geringonça? Do costa e do Centeno? Lá mais para o fim do ano votem neles para terem uma maioria absoluta!

  4. Parece que as reformas abaixo de 636€ não foram afectadas, é esta a política da geringonça, não atingir a minoria dos trabalhadores para dizer que são muito amigos dos pobrezinhos e a maioria que se lixe.
    Basta ver um exemplo: um vencimento de 900€ em 2010 tinha uma taxa de retenção de 6% (casado 2 titulares), hoje passados 9 anos se o trabalhador tiver sido “aumentado” 40€ nestes anos todos os 940,00€ de hoje, que têm menos poder de compra que os 900 de 2010, apanham com uma taxa de retenção de 6,9%. Esta é a política de esquerda, dar umas migalhas a minorias para fuscar as maiorias…

  5. É uma vergonha! Como é possível suportar o custo de vida com o aumento que nos foi atribuído. O IRS, mais conhecido pelo “glutão” dos detergentes limpa tudo,não deixa nada.

  6. São as mentiras destes desavergonhados que nos governam e que são mestres ou artistas em vender a “banha da cobra” dando uma e tirando duas. Já no ano passado o pequeno aumento verificado nas pensões foi comido com a não alteração correcta dos escalões do IRS. Sabem “vender bem” o pouco que dão, enchendo a comunicação social da parte boa da notícia e omitem os efeitos negativos daquilo que deveriam fazer e não fazem, enganando o povo.
    E este ministro Vieira da Silva há mais de um ano que anda a dizer que vai resolver o atraso significativo na atribuição das reformas e o que se vê é o aumento do mesmo atraso, havendo quem espere já oito meses. Nem no tempo do Salazar, em que tudo era feito à mão, se demorava tanto tempo.
    Não respeitam as necessidades das pessoas (o deles chega-lhes a tempo e até antes do final do mês) e actuam como autênticos “xicos espertos”. É tempo de dizer basta.

  7. Tanta má língua.
    Também sou aposentado e também recebi menos seis euros do que em Dezembro.
    Mas há explicação… Como as tabelas de retenção serão publicadas até final do mês de Janeiro, não houve tempo útil para as aplicar às pensões deste mês.
    Assim, no mês de Fevereiro a situação será normalizada, com efeitos retroactivos a Janeiro.
    PàFiosos deixem de tentar enganar o pagode.
    Não bastou o que roubaram durante a vossa desgovernação de má memória

    • Já estragaste tudo!…
      Achas que os factos interessam alguma coisa aos “indignados profissionais”?!
      O que interessa é disparatar…

    • … para te pronunciar dessa forma também deves estar a receber a reforma vitalícia que é a única coisa que interessa ao tal de Vieira da Silva.
      O voto é uma boa forma de parasitar os cidadãos.

    • É má lingua? Ou a constatação de factos? Falo por mim, tinha uma taxa de retenção de 6% que passou para 13%! Além de mim tenho a meu cargo a minha esposa que sofre 88% de invalidez e um filho menor! Ainda por cima há mais de 10 anos que não tenho algum aumento na reforma. Zero! Apesar de ganhar o mesmo, recebo hoje, com o custo de vida de hoje, muito menos que há 15 anos!!! Parece impossível mas é verdade, por que fui comprovar os meus recibos de ordenado pois ainda os mantenho todos! Neste país de miseráveis quem ganhar pouco mais de 1000 €, a maioria da população, é um alvo a abater. Nem falo da inveja. Só após os 3.000€ ou mais de ordenado mensal é que se volta a ser considerado gente. O resto que sobreviva.

Responder a i-li Cancelar resposta

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …

Falta de médicos leva IPO de Lisboa a adiar consulta de paciente com 90 anos para 2021

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa adiou a consulta de um paciente nonagenário que estava marcada para janeiro de 2020 para o ano seguinte, isto é, para janeiro de 2021 devido à falta …

Eis a Cybertruck, a "pickup" elétrica da Tesla que já tem bilhete para Marte

A Tesla lançou o seu modelo de carrinha "pickup" elétrica, Cybertruck, com uma autonomia máxima de 800 quilómetros. Musk diz que vai haver uma versão especial que será a carrinha oficial de Marte. Após uma longa …

Rio não responde a críticas de adversário. "Estou na Croácia, não estou no Montenegro"

O presidente do PSD seguiu a regra de não falar de política interna fora do país e só abriu uma exceção para falar da manifestação dos polícias. Depois do discurso que tinha feito no Congresso do …

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros. Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões …

Bolsonaro quer isentar polícias de punições por crimes cometidos em serviço

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para isentar agentes das forças armadas e das polícias de eventuais punições criminais durante operações de segurança. De …

Dragões de Ouro. O "patinho feio" galardoado e o miúdo blindado a ouro

O FC Porto realizou esta quinta-feira a cerimónia anual de entrega dos Dragões de Ouro. O destaque foi para Marega, que recebeu o prémio de futebolista do ano. Fábio Silva venceu o prémio de revelação …