O Red Light District de Amesterdão pode ter que apagar as luzes

Anthony Coronado / Flickr

O Red Light District, Amesterdão

A presidente da Câmara de Amesterdão, Femke Halsema, apresentou um plano no qual prevê o encerramento do Red Light District, o mais famoso bairro da cidade, visando combater o tráfico humano, a fraude e o branqueamento de capitais. 

De acordo com o diário britânico The Guardian, em causa estão as condições de trabalho “inaceitáveis” a que as trabalhadoras do sexo estão sujeitas diariamente, quer pelo assédio de turistas como de habitantes locais. Amesterdão “deve ousar pensar no distrito sem prostituição”, considerou Halsema, numa entrevista à rede holandesa Nieuwsuur.

“Aqueles que causam desconforto não são as profissionais do sexo, que se tornaram numa atração turística que atrai um grande número de pessoas que vão para lá tirar selfies. É humilhante para as pessoas que trabalham lá e isso não pode ser tolerado“, considerou.

Em declarações à Reuters, Halsema, que é a primeira mulher a presidir a autarquia de Amesterdão, explicou que esta possibilidade “é fruto das circunstancias”, uma vez que a cidade está a mudar. “Muitas das mulheres que aí trabalham sentem-se humilhadas”.

O branqueamento de capitais e o tráfico humano são outros dos fatores que levam Amesterdão a ponderar revolucionar um dos ‘ex-libris’  da cidade. “Se as pessoas são trocadas, recrutadas ou exploradas, então todos os holandeses se devem preocupar”.

Halsema reitera ainda que “o tráfico humano, a fraude e o branqueamento de capitais têm que ser reduzidos” e quer que o local seja “mais calmo, limpo e habitável do que agora”.

O plano, apresentado esta quarta-feira, incluiu quatro alternativas: a primeira passa por eliminar parte do distrito; a segunda prevê fechar as cortinas dos lugares onde se pratica a prostituição; já a terceira medida, que seria articulada com a segunda, passaria por dar mais empregos às profissionais do sexo no centro da cidade; por último, a quarta medida é a mais extrema, prevendo fechar totalmente toda a área.

Halsema nega querer tirar estas profissionais do Red Light District, afirmando que o que pretende é dar-lhes melhor condições de trabalho. Os turistas que vão para o local, explicou, vão com o objetivo de fotografar e assediar, gerando um impacto negativo no negócio da prostituição. “A minha intenção não é expulsar a prostituição da cidade (…) Sou muito pragmática para isso. A prostituição é parte de Amesterdão: existe um mercado, há procura, e é por isso que a mantemos”.

A transferência ou o encerramento deste distrito geraria novas oportunidades, mas também perdas para os negócios ligados à prostituição, como bares, hotéis, entre ouros. Por estes mesmo motivo, a autarca chamou as partes envolvidas para discutir o que poderá ser a melhor solução para o problema.

A discussão sobre a prostituição é muito polarizada e moralista. A prostituição é um fenómeno histórico no centro da cidade. O consenso é necessário para tomar medidas, mas a decisão final cabe ao conselho [municipal]”, avisou Femke Halsema.

Eleita no ano passado, a antiga líder do Partido Verdes tem dez dos 45 lugares no conselho municipal, mas conta com o apoio dos liberais do D66 e dos socialistas.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Escravatura humana, mas ao mesmo tempo também há que considerar uma certa aptidão do sexo feminino para se expor a tal, a troco de dinheiro vale tudo pouco ou nada importando honra ou valores morais!

RESPONDER

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência …

Crise de abastecimento provoca escassez de camisolas de Natal

Na próxima época natalícia, os Estados Unidos podem enfrentar uma escassez de Ugly Sweaters, causada pela crise mundial dos transportes marítimos. As Ugly Sweaters são as típicas camisolas de Natal - por norma, coloridas e com …

Erupção de La Palma. Cães salvos por um grupo misterioso

Um grupo misterioso - que se auto-denomina A-Team - afirma ter resgatado vários animais "presos" devido à erupção do vulcão Cumbre Vieja em La Palma, nas Canárias. De acordo com o jornal britânico The Guardian, as …

Alec Baldwin

Assistente que entregou arma a Alec Baldwin já teria tido práticas inseguras

Uma fabricante de adereços disse que, no passado, já tinha mostrado preocupação com o facto de o assistente de realização ter protagonizado situações inseguras. No fim-de-semana, um documento judicial obtido pela CNN mostrou que a arma …

Metade dos chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se em bloco

Uma dezena de chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se esta segunda-feira, em protesto contra a falta de condições de trabalho e o "desinvestimento" no Serviço Nacional de Saúde. Contactada pela agência Lusa, …

Primeiro-ministro da Polónia acusa UE de ter "arma apontada à cabeça" do país

O primeiro-ministro polaco acusou a União Europeia (UE), esta segunda-feira, de "ter uma arma pontada à cabeça" da Polónia, ao exigir que Varsóvia reveja as reformas judiciais, ameaçando-a com sanções. Numa entrevista publicada pelo Financial Times, …

Carlos César acusa BE e PCP de terem preferido "jogos de poder"

O presidente do PS acusou, esta segunda-feira, os partidos de esquerda de terem preferido "os jogos de poder", no seguimento do anúncio de ambos do voto contra o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "BE e …

O dirigente do PSD Paulo Mota Pinto

Mota Pinto aponta "irresponsabilidade" de marcar diretas. Rangel reforça importância de ter líder "fortemente legitimado"

O dirigente do PSD defendeu, esta segunda-feira, que o partido "está preparado" para legislativas antecipadas, defendendo que estas devem ocorrer "o mais rapidamente possível". Em declarações à agência Lusa, o presidente da Mesa do Congresso e …

EMA aprova terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde, esta segunda-feira, à administração da terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos. Em comunicado, a agência refere que os dados apontam que uma …

Câmara do Porto aprova sistema de videovigilância no centro histórico

Esta segunda-feira, na reunião do Executivo portuense, foi aprovado, com o voto contra da CDU e do BE, o protocolo a celebrar com a PSP para implementação da videovigilância na Baixa do Porto. O presidente da …