MP abre inquérito ao caso do recém-nascido encontrado em caixote do lixo em Lisboa

Um recém-nascido foi na terça-feira encontrado no interior de um caixote do lixo em Lisboa, tendo sido transportado com vida para o Hospital D. Estefânia, disse à Lusa fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP).

“Um recém-nascido foi encontrado ao final da tarde por um sem-abrigo no interior de um caixote do lixo, ainda com vestígios do cordão umbilical”, afirmou fonte da PSP.

Segundo a mesma fonte, o recém-nascido foi encontrado num contentor perto de um estabelecimento de diversão noturna, na Avenida Infante D. Henrique, em Lisboa. “Foi transportado para o Hospital D. Estefânia num estado de fragilidade, mas com vida”.

Segundo as autoridades, o bebé terá sido abandonado de manhã, mas o alerta às autoridades foi dado ao fim da tarde, às 17h32, segundo a TVI, que avançou a notícia. Foi nessa altura que foram acionados para o local os meios urgentes de socorro.

Como ainda possuía parte do cordão umbilical, as autoridades acreditam que o parto tinha ocorrido recentemente. De acordo com o Observador, o bebé do sexo masculino está “clinicamente bem e estável”. A criança está em observação e continuará nos cuidados intensivos do Hospital Dona Estefânia.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária. Entretanto, o Ministério Público anunciou a instauração de um inquérito para averiguar o caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto o nosso estado português não der mais suporte financeiro às mães, irão continuar a haver bebés indesejados e tragédias deste tipo irão continuar a acontecer. Os nossos políticos continuam a queixar-se de não haver natalidade no nosso país, mas as condições são miseráveis quando comparadas com outros países da União Europeia. Portugal, um país envelhecido vai continuar a envelhecer enquanto não houver mudanças fundamentais de suporte à natalidade.

      • A culpa, caro Eu! não morre sozinha! A culpa é obviamente da mãe mas também há que se criar condições/soluções para o aumento de natalidade em Portugal. Se se preocupassem primeiro com as nossas condições e depois com as condições dos outros, como os migrantes por exemplo, estávamos bem! Cuidem primeiro dos nossos, digo eu! E depois tratem dos outros, agora quando temos uma casa desorganizada e estamos a tentar organizar a casa dos outros – isso meu caro, não faz sentido nenhum. A culpa é sim do nosso Estado e da hipocrisia de uma grande parte da nossa população que andam a olhar para o mal alheio antes de verem o mal que existe cá em primeiro lugar.

    • Para si,…… SR. ESCLARECIDO, o facto do Estado não subvencionar suficientemente as “Mães” que neste caso de Mãe nada tem esta progenitora ; justifica a tentativa de infanticídio de forma mais cruel que há ????????….de certeza que não pensou primeiro no que escreveu !…ESCLAREÇA as ideias primeiro antes de caucionar tais actos !

  2. Não se pode usar o Estado o qualquer outro alibi para se descartar a vida humana como um objeto ou animal fosse, e que neste caso foi tratado como lixo pela “mãe”.

    Mas pelo menos não se lembrou de lhe tirar a vida à nascença.

  3. Nada justifica tais atos, e quanto a isso estamos de acordo, e eu também me sinto revoltado com o que aconteceu e defendo que esta mãe tem que ser encontrada e condenada! Mas desengane-se quando diz que eu não penso antes de dizer o que digo! O nosso estado também tem a responsabilidade e o dever de proteger as crianças e promover a natalidade.

  4. Quanto a mim é imperdoável tal acto por parte da mãe, até porque nove meses de gestação creio serem suficientemente suficientes para a mesma meditar sobre a atitude a tomar, seja qual for o grau de dificuldade financeira ou outro haveria tempo para recorrer a alguém ou qualquer instituição para pedir ajuda. Trata-se aqui de um caso de malvadez e irresponsabilidade e muito sobretudo de falta de amor materno. Pelos vistos perante a lei que temos e segundo já ouvi na TV a pena a acontecer será leve, mais uma vez o crime compensa o que é lamentável num país dito civilizado.

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …