MP abre inquérito ao caso do recém-nascido encontrado em caixote do lixo em Lisboa

Um recém-nascido foi na terça-feira encontrado no interior de um caixote do lixo em Lisboa, tendo sido transportado com vida para o Hospital D. Estefânia, disse à Lusa fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP).

“Um recém-nascido foi encontrado ao final da tarde por um sem-abrigo no interior de um caixote do lixo, ainda com vestígios do cordão umbilical”, afirmou fonte da PSP.

Segundo a mesma fonte, o recém-nascido foi encontrado num contentor perto de um estabelecimento de diversão noturna, na Avenida Infante D. Henrique, em Lisboa. “Foi transportado para o Hospital D. Estefânia num estado de fragilidade, mas com vida”.

Segundo as autoridades, o bebé terá sido abandonado de manhã, mas o alerta às autoridades foi dado ao fim da tarde, às 17h32, segundo a TVI, que avançou a notícia. Foi nessa altura que foram acionados para o local os meios urgentes de socorro.

Como ainda possuía parte do cordão umbilical, as autoridades acreditam que o parto tinha ocorrido recentemente. De acordo com o Observador, o bebé do sexo masculino está “clinicamente bem e estável”. A criança está em observação e continuará nos cuidados intensivos do Hospital Dona Estefânia.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária. Entretanto, o Ministério Público anunciou a instauração de um inquérito para averiguar o caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto o nosso estado português não der mais suporte financeiro às mães, irão continuar a haver bebés indesejados e tragédias deste tipo irão continuar a acontecer. Os nossos políticos continuam a queixar-se de não haver natalidade no nosso país, mas as condições são miseráveis quando comparadas com outros países da União Europeia. Portugal, um país envelhecido vai continuar a envelhecer enquanto não houver mudanças fundamentais de suporte à natalidade.

      • A culpa, caro Eu! não morre sozinha! A culpa é obviamente da mãe mas também há que se criar condições/soluções para o aumento de natalidade em Portugal. Se se preocupassem primeiro com as nossas condições e depois com as condições dos outros, como os migrantes por exemplo, estávamos bem! Cuidem primeiro dos nossos, digo eu! E depois tratem dos outros, agora quando temos uma casa desorganizada e estamos a tentar organizar a casa dos outros – isso meu caro, não faz sentido nenhum. A culpa é sim do nosso Estado e da hipocrisia de uma grande parte da nossa população que andam a olhar para o mal alheio antes de verem o mal que existe cá em primeiro lugar.

    • Para si,…… SR. ESCLARECIDO, o facto do Estado não subvencionar suficientemente as “Mães” que neste caso de Mãe nada tem esta progenitora ; justifica a tentativa de infanticídio de forma mais cruel que há ????????….de certeza que não pensou primeiro no que escreveu !…ESCLAREÇA as ideias primeiro antes de caucionar tais actos !

  2. Não se pode usar o Estado o qualquer outro alibi para se descartar a vida humana como um objeto ou animal fosse, e que neste caso foi tratado como lixo pela “mãe”.

    Mas pelo menos não se lembrou de lhe tirar a vida à nascença.

  3. Nada justifica tais atos, e quanto a isso estamos de acordo, e eu também me sinto revoltado com o que aconteceu e defendo que esta mãe tem que ser encontrada e condenada! Mas desengane-se quando diz que eu não penso antes de dizer o que digo! O nosso estado também tem a responsabilidade e o dever de proteger as crianças e promover a natalidade.

  4. Quanto a mim é imperdoável tal acto por parte da mãe, até porque nove meses de gestação creio serem suficientemente suficientes para a mesma meditar sobre a atitude a tomar, seja qual for o grau de dificuldade financeira ou outro haveria tempo para recorrer a alguém ou qualquer instituição para pedir ajuda. Trata-se aqui de um caso de malvadez e irresponsabilidade e muito sobretudo de falta de amor materno. Pelos vistos perante a lei que temos e segundo já ouvi na TV a pena a acontecer será leve, mais uma vez o crime compensa o que é lamentável num país dito civilizado.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Mais mortes e menos nascimentos. Portugal está com o maior saldo natural negativo do século

Como avança o Público esta quarta-feira, há 12 anos consecutivos que há mais mortes do que nascimentos em Portugal, mas este ano o país a bateu o recorde do saldo natural negativo. Desde 2009 que o …

"Não há plano B". Costa deixa avisos e recados a Hungria e Polónia

O primeiro-ministro português, António Costa, alertou, em Bruxelas, que não há um plano B ao bloqueio na aprovação do orçamento da União Europeia (UE) e do novo Fundo de Recuperação criado para responder à pandemia, …

Santos deu "nega" ao Benfica e Lucas Veríssimo ameaçou não jogar

O Conselho Fiscal do Santos "negou" a transferência de Lucas Veríssimo para o SL Benfica. O jogador ameaçou mesmo não entrar em campo contra o LDU Quito, na noite passada. O Conselho Fiscal do Santos emitiu …

Governo britânico substitui confinamento por restrições (com oposição interna no Partido Conservador)

Boris Johnson conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições. Dos votos contra, 56 foram de deputados conservadores e 16 de deputados do Partido Trabalhista. O Governo britânico conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições …

Sporting tem sete jogadores na porta de saída e outro para trazer Matheus Reis

O Sporting CP quer livrar-se de sete jogadores excedentários que estão a treinar com a equipa B. O clube quer também trazer Matheus Reis já neste mercado de inverno. Aproxima-se o mercado de inverno e o …

Sindicato acusa TAP de manipulação e diz que não há "trabalhadores a mais"

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) acusou a TAP de “manipulação, falta de ética e desonestidade” e defendeu que a empresa não tem “trabalhadores a mais” e deve procurar os “sorvedouros de …

Menos de 1% dos infetados estavam registados na app StayAway Covid

Menos de 1% das pessoas infetadas com covid-19 desde a disponibilização da app StayAway Covid notificaram a sua infeção. Já mais de 2,6 milhões de pessoas têm a aplicação. Desde o lançamento da aplicação de rastreio …

Guardiola lança farpas ao FC Porto, mas até isso Marchesín defendeu

Pep Guardiola mostrou-se frustrado com a forma como o FC Porto disputou o jogo. Entre os postes, Marchesín foi defendendo (praticamente) tudo o que havia para defender. O FC Porto está nos oitavos de final da …

Eurodeputado húngaro opositor do casamento gay é apanhado em "orgia" homossexual

József Szájer foi autor da revisão constitucional que proíbe o casamento gay na Hungria. Este domingo, foi apanhado a quebrar o confinamento ao participar numa "orgia" num bar gay. O eurodeputado húngaro József Szájer foi autor …

Englobamento do IRS chumbou, mas Governo não desiste. "É para cumprir"

O englobamento do IRS foi, ao segundo Orçamento da legislatura, deixado novamente de fora. Ainda assim, o Ministério das Finanças garante que a ideia é para avançar até ao fim da legislatura. O englobamento do IRS …