Paulo Rangel soma apoios. Distrital do Porto vira as costas a Rui Rio

José Sena Goulão / Lusa

Rui Rio com Paulo Rangel, PSD

Numa altura em que ainda não se sabe se Rui Rio vai a jogo, Paulo Rangel continua a somar apoios, nomeadamente entre as principais estruturas do partido.

Segundo o jornal Público, Paulo Rangel ainda não oficializou a sua candidatura à liderança do PSD, mas conta já com o apoio de uma boa parte dos diretórios partidários, cansados de uma oposição que dizem ser “frouxa”.

É o caso da estrutura social-democrata no Porto, que aguarda apenas o anúncio oficial da sua candidatura para se chegar à frente. Fonte do partido disse ao diário que, na Invicta, “há um grande descontentamento relativamente a Rui Rio, que ignora os militantes e despreza as estruturas do partido”.

No entanto, quando questionado sobre o eventual apoio a Rangel, Alberto Machado, presidente da distrital do Porto, preferiu não comentar, dizendo que só tomará uma posição depois do Conselho Nacional do dia 14, “pois lá é o sítio próprio para o fazer”.

A mesma atitude teve o presidente da distrital de Viseu, o deputado Pedro Alves, que não quis revelar quem vai apoiar, embora o Público diga saber que esta estrutura também está com Rangel. “Não tomarei nenhuma posição até à reunião do conselho nacional até porque não há candidaturas anunciadas”, afirmou.

Em Aveiro, há “muita gente que diz que vai votar Rangel”, o que não deixa de ser surpresa, tal como acontece no Porto, uma vez que Salvador Malheiro, presidente da Câmara de Ovar, é vice-presidente da direção de Rio.

“Salvador Malheiro está politicamente fragilizado e descredibilizado junto dos militantes e também das estruturas. Em Aveiro assiste-se a um fim de ciclo do ponto de vista da gestão política”, afirmou outra fonte social-democrata ao jornal.

Em Braga, avança o Público, o ex-eurodeputado também conta com um apoio significativo. No entanto, o presidente da distrital Paulo Cunha, que recentemente deixou de ser presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, entendeu que não se deve “envolver em questões de âmbito nacional”.

Do outro lado, mantém-se também o silêncio de Rio, que ainda não anunciou se vai, ou não, a jogo nas eleições diretas. O jornal escreve que só estará disponível para quebrar este silêncio depois de saber a decisão de Rangel.

Certo é que os militantes dificilmente entenderiam se o atual líder decidisse não ir a votos, especialmente depois do resultado que obteve nas recentes autárquicas.

“O presidente do partido tem pouco espaço para não avançar. Se tivesse tido um mau resultado nas autárquicas, mas não foi isso que aconteceu”, notou um dirigente nacional do partido.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Já se sabe que, no grande Porto, quem controla o PSD é a mafia ligada ao BigMac (Marco António Costa) – aquele que queria ser ministro e obrigou o Passos a dar-lhe o cargo de secretário de estado e de vice-presidente do PSD – gente que sempre minou o PSD e a liderança de Rui Rio…
    O pior é que a distrital do Porto do PSD é a maior do país.

  2. A mansidão de Rui Rio tem custos, resta saber se depois deste melhor virá, é que já estamos tão habituados a mentiras de políticos, que agora só como o São Tomé, ver para crer!

RESPONDER

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …