/

Rafael Nadal investe no imobiliário em Portugal. Empresa do tenista comprou prédio ao Montepio

A sociedade de investimentos Mabel Capital, que tem Rafael Nadal como um dos accionistas, comprou um edifício de escritórios numa das zonas mais nobres de Lisboa. Foi a terceira operação imobiliária da empresa em Portugal.

Em plena pandemia, a sociedade de investimentos que tem como sócios Rafael Nadal, Abel Matutes Prats e Manuel Campos, adquiriu um edifício de escritórios na zona das Avenidas Novas, em Lisboa, junto à Fundação Calouste Gulbenkian.

O negócio é divulgado pelo jornal espanhol El Confidencial que não revela o valor da transacção feita entre a Mabel Capital e a Futuro, a gestora de fundos de pensões do Banco Montepio.

Trata-se da terceira operação imobiliária feita pela Mabel Capital em Portugal em apenas três anos, o que atesta a forma como o mercado imobiliário português atrai o interesse estrangeiro.

Além deste imóvel que está localizado “numa das melhores zonas da cidade”, como repara o El Confidencial, a sociedade de investimentos de Nadal tem outros projectos imobiliários em Lisboa, para o desenvolvimento de um centro comercial com áreas gastronómicas, desportivas e de lazer, com mais de 100.000 metros quadrados em Oeiras, e de outro espaço comercial na praça do Rossio, com mais de 10.000 metros quadrados.

Em Março de 2018, a empresa comprou por mais de 74 milhões de euros o quarteirão da conhecida pastelaria Suíça, no Chiado, numa parceria com a gestora de fundos de investimentos imobiliários britânica Jackyl.

No início de 2019, a Mabel comprou, por cerca de 28 milhões de euros, um solar de 180 mil metros quadrados no concelho de Oeiras. Em apenas 12 meses, revendeu os terrenos à Jackyl e as duas sociedades têm um projecto de construção conjunto para um centro comercial no local.

 

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.