Quebrar o Silêncio: o abuso sexual no masculino

“Quebrar o Silêncio” é uma associação que presta apoio a homens vítimas/sobreviventes de abuso sexual. Foi fundada por Ângelo Fernandes, um homem que, aos onze anos, foi vítima de abuso sexual e hoje se dedica a ajudar outros homens que tenham passado por situações de abuso sexual.

Ângelo Fernandes foi abusado sexualmente aos 11 anos por um amigo da família, durante vários meses. Durante mais de 20 anos carregou em silêncio “esse peso, vergonha, culpa e nojo. Tudo sentimentos que não eram meus, mas que os carreguei comigo sem compreender porquê”, conta no site.

Agora, a missão de Ângelo, e de todos os outros que integram a associação, é libertar todos os outros homens desse mesmo “peso, vergonha, culpa e nojo”.

Por isso, há seis meses que nasceu a “Quebrar o Silêncio”, não só com o objetivo de apoiar todas as vítimas/sobreviventes de abuso sexual, mas também de promover os direitos humanos e igualdade de género – porque a igualdade de género, assim como os abusos sexuais, não é um tema exclusivamente feminino.

A propósito do meio ano de vida da associação, Ângelo deu uma entrevista à TSF, onde conta que a instituição recebeu um total de 50 pedidos de apoio. Apenas em seis meses.

A grande maioria dos casos reporta à infância da vítima/sobrevivente e são, muitas vezes, assuntos que passaram muito – demasiado – tempo em silêncio.

“Grande parte dos casos que chegam até nós remete para a infância, questões de abuso sexual, que aconteceram há 20, 30, 40 anos. O que vai de encontro às estatísticas: em média, um homem partilha o abuso sexual 22 anos depois de ter acontecido”, contou.

Ângelo Fernandes considera que ainda há muito a fazer para que a sociedade seja mais sensível aos casos de abusos sexuais a homens. O fundador da associação Quebrar o Silêncio defende que é preciso mudar a mentalidade.

Há muita desvalorização destes casos. Nós recebemos relatos dos homens que nos contactam de que até mesmo serviços de apoio, como médicos ou psicólogos, que desvalorizam e às vezes até com alguma troça. Não se considera sequer que uma mulher possa abusar sexualmente de um rapaz. Estes valores tradicionais da masculinidade, de que um homem está sempre pronto e disposto a ter relações sexuais e que se uma mulher abusar sexualmente de um homem, esse homem é sortudo, esses valores tradicionais ainda estão muito presentes na nossa sociedade”, conclui.

A associação sem fins lucrativos Quebrar o Silêncio disponibiliza ajuda através do número de telefone 910 846 589 ou do email apoio@quebrarosilencio.pt.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …

Portugal tem há cinco dias os mesmos 43 recuperados. DGS e especialistas explicam porquê

Portugal regista, desde o passado dia 27 de abril, os mesmos 43 recuperados da Covid-19, segundo os boletins epidemiológicos diários da Direção-Geral da Saúde. Questionado pela agência Lusa sobre a estagnação no número de altas hospitalares …

Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou esta terça-feira homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu no passado dia 23 de março aos 86 …

À boleia da pandemia, Parlamento da Hungria reforça poderes de Viktor Orbán

O Parlamento húngaro aprovou, esta segunda-feira, uma série de medidas para fazer face à pandemia de covid-19, entre as quais um projeto de lei que permite o estado de emergência por tempo indeterminado. De acordo com …

Portugal deverá perder dois milhões de habitantes até 2080

A população residente em Portugal poderá baixar dos atuais 10,3 milhões de habitantes para 8,2 milhões em 2080, de acordo com projeções do Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira divulgadas. Os mesmos dados indicam, porém, …