Quase um ano depois, Omran continua a viver em Aleppo

(dr) Aleppo Media Centre

Omran Daqneesh sentado na cadeira de uma ambulância, depois de ter sobrevivido a um ataque aéreo na cidade de Aleppo, na Síria

Omran Daqneesh sentado na cadeira de uma ambulância, depois de ter sobrevivido a um ataque aéreo na cidade de Aleppo

Imagens divulgadas por uma jornalista a favor do regime sírio mostram o menino de cinco anos, que se tornou o símbolo da guerra na Síria, de boa saúde.

Em agosto do ano passado, a imagem de uma criança ferida na parte de trás de uma ambulância, depois de um ataque aéreo em Aleppo, correu mundo. Coberto de pó, com sangue no rosto, estático e sem uma única lágrima, Omran Daqneesh tornou-se o símbolo da guerra na Síria.

Agora, conta o The Guardian, surgiram novos registos desta criança de cinco anos. As imagens foram publicadas nas redes sociais de Kinana Alloush, uma jornalista pró-regime, e mostram Omran sentado ao colo do pai, de boa saúde, acompanhado pelos outros dois irmãos.

A família continua a viver em Aleppo, cidade que agora está sob o controlo das forças de Bashar al-Assad. O outro irmão de Omran morreu três dias depois do bombardeamento que atingiu a sua casa.

Desde que a fotografia se tornou viral, surgiram relatos de que a família tinha fugido do país. No entanto, em declarações à jornalista, o pai contou que rejeitou várias propostas para sair da Síria porque não queria que a sua saída fosse usada para manchar a reputação das forças do regime.

Em Aleppo, o progenitor decidiu ainda mudar o nome e o penteado do filho, não só para desviar as atenções mas também para conseguir escapar às ameaças de rapto.

Tal como escreve o jornal britânico, não é certo se o pai terá sido coagido a dar esta entrevista, visto que não seria a primeira vez que o regime sírio realiza campanhas de desinformação semelhantes, prometendo ajudar desertores ou civis que se mostrem contra os alegados crimes dos rebeldes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …