Mais de um quarto dos deputados são advogados ou juristas (e travaram limitações à classe)

Manuel de Almeida / Lusa

Mais de um quarto dos 230 deputados que compõem a Assembleia da República são advogados ou juristas, representando a área profissional com maior peso no Parlamento.

No total, há 60 parlamentares que vêm da área do Direito, com predomínio para os oriundos da advocacia: há 42 advogados no hemiciclo, a que se somam 18 juristas.

Só há uma profissão que rivaliza com estas: os professores, na esmagadora maioria dos casos do ensino universitário, embora se encontrem também entre os deputados alguns docentes do ensino secundário. No total, empatam com os advogados: são também 42.

A compatibilidade entre o cargo de deputado e o exercício da advocacia é uma polémica de há décadas, que se reacendeu no final da passada semana quando o PSD apresentou e o PS viabilizou uma norma que permite aos parlamentares serem sócios ou prestarem serviços a sociedades que trabalhem para o Estado, uma decisão de sentido contrário ao texto que tinha sido aprovado inicialmente.

Na primeira versão, o texto fechava completamente a hipótese de os deputados trabalharem em sociedades que prestem serviços a entidades públicas, determinando que lhes estaria vedado “integrar ou prestar quaisquer serviços a sociedades civis ou comerciais” que desenvolvam atividades como “prestar serviços, exercer funções como consultor, emitir pareceres ou exercer o patrocínio judiciário nos processos, em qualquer foro, a favor ou contra o Estado ou quaisquer outros entes públicos”.

O texto que foi aprovado na quinta-feira é substancialmente diferente, estipulando que é interdito aos deputados-advogados “intervir” nos casos em que o cliente da sociedade seja o Estado ou uma entidade pública.

A proibição deixa de abranger a sociedade e passa a aplicar-se apenas à intervenção direta do deputado. A alteração – apresentada pelo PSD – acabou por constituir o foco de maior polémica na discussão das alterações ao Estatuto dos Deputados.

De acordo com o Diário de Notícias, o PSD é o partido com maior número de deputados oriundos da área do Direito: são 24 advogados em 89 parlamentares, 17 dos quais são remunerados. Não estão, por isso, em regime de exclusividade na Assembleia da República, acumulando as funções de deputado com o exercício privado da advocacia. Na bancada laranja há ainda quatro juristas.

No PS há dez advogados – quatro declaram atividade remunerada na advocacia – e sete juristas. Nos restantes partidos, o grupo parlamentar do CDS tem seis advogados – um com atividade remunerada – e quatro juristas. É a bancada em que a área profissional tem mais peso. No Bloco de Esquerda não há advogados nem juristas, no PCP há dois advogados – nenhum a exercer – e um jurista, no PEV os dois parlamentares são juristas.

A Comissão Eventual para o Reforço da Transparência é constituída maioritariamente por advogados e juristas – 11 num total de 23 membros efetivos da comissão.

De entre estes há sete advogados remunerados que, a serem eleitos na próxima legislatura, seriam diretamente afetados pelas restrições em cima da mesa, na medida em que as sociedades para as quais trabalham deixariam de poder prestar serviços a qualquer entidade pública.

Os deputados-advogados não são caso único. A versão inicial aprovada na Comissão da Transparência estendia a mesma limitação a outras profissões liberais, como arquitetos, impedindo o exercício de funções remuneradas em entidades que prestem serviços ao Estado. A limitação ficou igualmente pelo caminho.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …

Polícia de Hong Kong desativa bombas artesanais escondidas em escola

As autoridades de Hong Kong desativaram duas bombas artesanais numa escola esta terça-feira. Os engenhos foram descobertos por um guarda e desconhece-se se estão associados à crise política que se vive no país. A líder de …