Mais de um quarto dos deputados são advogados ou juristas (e travaram limitações à classe)

Manuel de Almeida / Lusa

Mais de um quarto dos 230 deputados que compõem a Assembleia da República são advogados ou juristas, representando a área profissional com maior peso no Parlamento.

No total, há 60 parlamentares que vêm da área do Direito, com predomínio para os oriundos da advocacia: há 42 advogados no hemiciclo, a que se somam 18 juristas.

Só há uma profissão que rivaliza com estas: os professores, na esmagadora maioria dos casos do ensino universitário, embora se encontrem também entre os deputados alguns docentes do ensino secundário. No total, empatam com os advogados: são também 42.

A compatibilidade entre o cargo de deputado e o exercício da advocacia é uma polémica de há décadas, que se reacendeu no final da passada semana quando o PSD apresentou e o PS viabilizou uma norma que permite aos parlamentares serem sócios ou prestarem serviços a sociedades que trabalhem para o Estado, uma decisão de sentido contrário ao texto que tinha sido aprovado inicialmente.

Na primeira versão, o texto fechava completamente a hipótese de os deputados trabalharem em sociedades que prestem serviços a entidades públicas, determinando que lhes estaria vedado “integrar ou prestar quaisquer serviços a sociedades civis ou comerciais” que desenvolvam atividades como “prestar serviços, exercer funções como consultor, emitir pareceres ou exercer o patrocínio judiciário nos processos, em qualquer foro, a favor ou contra o Estado ou quaisquer outros entes públicos”.

O texto que foi aprovado na quinta-feira é substancialmente diferente, estipulando que é interdito aos deputados-advogados “intervir” nos casos em que o cliente da sociedade seja o Estado ou uma entidade pública.

A proibição deixa de abranger a sociedade e passa a aplicar-se apenas à intervenção direta do deputado. A alteração – apresentada pelo PSD – acabou por constituir o foco de maior polémica na discussão das alterações ao Estatuto dos Deputados.

De acordo com o Diário de Notícias, o PSD é o partido com maior número de deputados oriundos da área do Direito: são 24 advogados em 89 parlamentares, 17 dos quais são remunerados. Não estão, por isso, em regime de exclusividade na Assembleia da República, acumulando as funções de deputado com o exercício privado da advocacia. Na bancada laranja há ainda quatro juristas.

No PS há dez advogados – quatro declaram atividade remunerada na advocacia – e sete juristas. Nos restantes partidos, o grupo parlamentar do CDS tem seis advogados – um com atividade remunerada – e quatro juristas. É a bancada em que a área profissional tem mais peso. No Bloco de Esquerda não há advogados nem juristas, no PCP há dois advogados – nenhum a exercer – e um jurista, no PEV os dois parlamentares são juristas.

A Comissão Eventual para o Reforço da Transparência é constituída maioritariamente por advogados e juristas – 11 num total de 23 membros efetivos da comissão.

De entre estes há sete advogados remunerados que, a serem eleitos na próxima legislatura, seriam diretamente afetados pelas restrições em cima da mesa, na medida em que as sociedades para as quais trabalham deixariam de poder prestar serviços a qualquer entidade pública.

Os deputados-advogados não são caso único. A versão inicial aprovada na Comissão da Transparência estendia a mesma limitação a outras profissões liberais, como arquitetos, impedindo o exercício de funções remuneradas em entidades que prestem serviços ao Estado. A limitação ficou igualmente pelo caminho.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …