Putin expulsa 755 diplomatas norte-americanos da Rússia

Gabinete Presidencial de Imprensa e Informação da Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou este domingo que 755 diplomatas norte-americanos deverão sair da Rússia, reduzindo para menos de metade o efetivo, e advertiu que mudanças positivas na relação com Washington “não estão para breve”.

“Mais de um milhar de pessoas trabalhavam e trabalham ainda” nas representações diplomáticas norte-americanas na Rússia, indicou Putin, numa entrevista difundida pela cadeia pública russa Rossia 24.

O Presidente russo afirmou que “755 pessoas devem abandonar as suas atividades na Rússia” a partir de 1 de setembro, precisou, reduzindo a 455 os efetivos do pessoal das embaixadas e consulados norte-americanos e dos consulados em território russo, igualando assim o número de funcionários russos que trabalham nos EUA.

Moscovo responde assim às novas sanções aprovadas esta semana pelo Congresso norte-americanos. Segundo Putin, alterações positivas nas relações com Washington “não estão para breve”.

“Esperámos muito tempo, na esperança de que a situação pudesse mudar para melhor”, declarou o chefe de Estado russo, acrescentando: “Mas parece que, mesmo que a situação mude, não será para já“.

Putin advertiu que a Rússia tem “um grande espectro” de possibilidades para responder ao último pacote de sanções.

“Temos muito a dizer e fazer em muitos âmbitos de cooperação bilateral com medidas que prejudicariam os Estados Unidos. Mas não creio que devamos fazê-lo. No dia de hoje, estou contra”, afirmou o Presidente russo sublinhando que o lado norte-americano, “sem razão alguma, deu um passo para piorar as relações“.

A Casa Branca já anunciou que o Presidente norte-americano, Donald Trump, assinará o novo pacote de sanções contra a Rússia, que entre outras medidas, ameaça castigar as empresas de países terceiros que invistam na construção ou manutenção das infraestruturas russas para o transporte de hidrocarbonetos.

Caso seja aplicada, esta medida prejudicaria várias empresas da União Europeia, que participam, inclusivamente com capital acionista, em vários gasodutos que unem a Rússia com os países europeus”.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, advertiu que a UE responderá aos EUA caso a nova lei contra a Rússia afete os seus interesses.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Orlando Figueira exige 15 milhões a Proença de Carvalho e Carlos Silva

O procurador Orlando Figueira avançou com uma ação cível contra o advogado Proença de Carvalho e o banqueiro Carlos Silva. Pede uma indemnização de 15 milhões de euros. O procurador do Ministério Público que foi condenado …

Caixa Geral de Depósitos deu 125 milhões a Isabel dos Santos

O banco público emprestou a Isabel dos Santos, em dezembro de 2009, 125 milhões de euros para que a empresária pudesse comprar ações da ZON. Parte dessas ações era da própria Caixa Geral de Depósitos. No …

O Pentágono admitiu (finalmente) que investiga OVNIs

Numa declaração sem precedentes e que alguns consideram "bombástica", o Departamento de Defesa dos EUA admitiu que investiga OVNIs (Objectos Voadores Não Identificados). Uma posição oficial que reforça a importância militar de estudar este tipo …

Em 2010, Berardo já não tinha dinheiro para pagar a dívida

Em 2010, o Banco de Portugal (BdP) não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse capacidade financeira para pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos (CGD). Em 2010, a Fundação Berardo e a Metalgest …

A polícia vai deixar de lhe pedir para soprar ao balão

A partir de 2022, a polícia vai deixar de pedir aos condutores para "soprar no balão". A União Europeia prepara-se para implementar novos sistemas de segurança obrigatórios nos novos modelos de automóveis.  Os veículos vão passar …

MH370. Investigador diz que foi usado um avião chamariz durante "desaparecimento forjado"

Andre Milne acredita que foi usada uma aeronave chamariz para enganar e causar a impressão de que os Estados Unidos foram responsáveis pelo sequestro do voo MH370 da Malaysia Airlines. O investigador voluntário Andre Milne afirma …

Grandes devedores levam Ferro Rodrigues a convocar reunião

Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, a mesa da Assembleia da República vai ter uma reunião para discutir o acesso à lista dos grandes devedores dos bancos. O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro …

Arqueólogos descobrem o que estava no cardápio dos camponeses medievais

Há 30 anos, arqueólogos escavaram uma das primeiras aldeias medievais na Inglaterra e descobriram os restos de 73 recipientes usados na altura. Mas encontraram algo mais: os restos minúsculos da sua última refeição. Investigadores da Universidade …

Falta de pessoal cria "graves problemas" à ADSE

O Conselho Geral e de Supervisão da ADSE alerta que a falta de recursos humanos no instituto que gere o sistema de assistência na doença da função pública coloca "graves problemas de gestão". No parecer aprovado …

Marcelo aceita passagem do hospital de Braga para o SNS

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o fim da PPP, reforçando o seu argumento sobre a nova Lei de Bases da Saúde. "A escolha política" do Governo foi "a da criação de uma Entidade Pública Empresarial". O …