Putin expulsa 755 diplomatas norte-americanos da Rússia

Gabinete Presidencial de Imprensa e Informação da Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou este domingo que 755 diplomatas norte-americanos deverão sair da Rússia, reduzindo para menos de metade o efetivo, e advertiu que mudanças positivas na relação com Washington “não estão para breve”.

“Mais de um milhar de pessoas trabalhavam e trabalham ainda” nas representações diplomáticas norte-americanas na Rússia, indicou Putin, numa entrevista difundida pela cadeia pública russa Rossia 24.

O Presidente russo afirmou que “755 pessoas devem abandonar as suas atividades na Rússia” a partir de 1 de setembro, precisou, reduzindo a 455 os efetivos do pessoal das embaixadas e consulados norte-americanos e dos consulados em território russo, igualando assim o número de funcionários russos que trabalham nos EUA.

Moscovo responde assim às novas sanções aprovadas esta semana pelo Congresso norte-americanos. Segundo Putin, alterações positivas nas relações com Washington “não estão para breve”.

“Esperámos muito tempo, na esperança de que a situação pudesse mudar para melhor”, declarou o chefe de Estado russo, acrescentando: “Mas parece que, mesmo que a situação mude, não será para já“.

Putin advertiu que a Rússia tem “um grande espectro” de possibilidades para responder ao último pacote de sanções.

“Temos muito a dizer e fazer em muitos âmbitos de cooperação bilateral com medidas que prejudicariam os Estados Unidos. Mas não creio que devamos fazê-lo. No dia de hoje, estou contra”, afirmou o Presidente russo sublinhando que o lado norte-americano, “sem razão alguma, deu um passo para piorar as relações“.

A Casa Branca já anunciou que o Presidente norte-americano, Donald Trump, assinará o novo pacote de sanções contra a Rússia, que entre outras medidas, ameaça castigar as empresas de países terceiros que invistam na construção ou manutenção das infraestruturas russas para o transporte de hidrocarbonetos.

Caso seja aplicada, esta medida prejudicaria várias empresas da União Europeia, que participam, inclusivamente com capital acionista, em vários gasodutos que unem a Rússia com os países europeus”.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, advertiu que a UE responderá aos EUA caso a nova lei contra a Rússia afete os seus interesses.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 40 pessoas mortas por grupos de “proteção às vacas” na Índia

Pelo menos 44 pessoas foram mortas por grupos de "proteção às vacas", entre maio de 2015 e dezembro de 2018, em 12 Estados da Índia, denuncia a organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) num relatório …

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …