Putin desaparecido há uma semana

kremlin.ru / Wikimedia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Vladimir Putin não aparece em público há uma semana e as informações oficiais evasivas dão azo a especulações. Há suspeitas de que o presidente russo está doente, mas há mesmo rumores que notam que ele pode estar morto.

Tudo começou na passada quarta-feira, depois de a viagem de Vladimir Putin ao Cazaquistão ter sido cancelada. Um porta-voz do governo cazaque anunciou à Reuters que “Putin ficou doente”, um dado que as autoridades russas não confirmaram.

“Não precisam de se preocupar, está tudo bem”, disse o porta-voz do presidente russo, Dmitri Peskov, em conferência de imprensa.

Nessa mesma altura, Dmitri Peskov mencionou que Putin “sofreu uma lesão normal quando se pratica desporto”, depois de ter sido questionado por um jornalista sobre um voo de asa delta motorizada. Corre a ideia de que o presidente russo terá magoado os costas.

Todavia, perante tanto mistério, os russos começam a acreditar que Putin pode estar morto. Nas redes sociais, a hashtag #PutinEstáMorto tem sido usada com recorrência, a par de algumas piadas sobre o assunto.

Vladimir Putin não é visto em público desde o passado 5 de Março, aquando da visita do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, a Moscovo.

Entretanto, o presidente russo cancelou vários compromissos e o Kremlin veio atirar ainda mais lume para a fogueira, depois de ter publicado uma fotografia onde Putin aparece rodeado de mulheres, dizendo que tinha sido tirada a 8 de Março, Dia Internacional da Mulher. Mas, afinal, a imagem terá sido tirada dias antes, segundo revelou uma das mulheres fotografadas a um canal de televisão russo.

“O seu aperto de mão é tão forte que Putin parte ossos com ele”, vai atirando o porta-voz do presidente russo a uma Rádio de Moscovo, garantindo que Putin está “absolutamente saudável”.

Já em declarações à agência Tass, Dmitri Peskov destaca que tudo isto é uma mera “febre de Primavera“, referindo-se às movimentações da oposição perante as dúvidas quanto ao estado de saúde de Putin. E, no fim de contas, esse é o detalhe mais importante e assustador.

É que, quando Vladimir Putin não aparece no quadro da política russa, tudo o que resta parece ser uma tremenda confusão.

Sem Putin, não há Rússia“, disse, há alguns meses, um elemento do Kremlin, numa conferência com jornalistas e analistas internacionais.

Uma ideia que explica todo o burburinho perante a ausência de alguns dias do líder russo.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …