Putin alerta: 3ª Guerra Mundial pode ser o fim da civilização

O presidente russo, Vladimir Putin, alertou sobre uma possível Terceira Guerra Mundial que pode levar ao fim da civilização, acusando os EUA de interromper o equilíbrio nuclear global.

Putin pediu que os EUA e a Rússia voltassem à paridade estratégica, que impediu que a Guerra Fria aquecesse, segundo noticia o The Week.

Num longo programa de televisão, com a duração de quatro horas e meia, o presidente russo abordou uma série de assuntos, desde o aumento dos preços da gasolina e a Copa do Mundo até à sua sucessão, acusando os EUA de romper o equilíbrio do poderio nuclear mundial.

Respondendo a um telespectador preocupado, Putin criticou a decisão dos EUA de se retirarem do tratado de mísseis anti-balísticos da era Soviética em 2002.

“O medo da destruição mutuamente assegurada sempre restringiu e forçou os poderes militares a respeitarem-se uns aos outros”, disse, acrescentado que “a saída dos Estados Unidos do tratado foi uma tentativa de arruinar esse equilíbrio, mas os nossos esforços no desenvolvimento de novas armas preservarão essa paridade”.

A ameaça levemente levantada tem como alvo o Ocidente e continua com a enorme demonstração de força militar iniciada no Dia da Vitória que ocorreu no início deste ano em Red Square, durante o qual o mais recente equipamento militar russo foi apresentado com grande alarido – nomeadamente, “a arma que garante o apocalipse“.

Relativamente às sanções impostas pelo Ocidente que se seguiram à anexação da Crimeia em 2014, Putin mostrou-se otimista, explicando que “está claro para nós que temos que defender os nossos interesses e temos de fazê-lo de forma consistente, e não grosseira ou rudemente, em ambos os casos da esfera da economia e da defesa”.

Questionado se as sanções “sem precedentes” poderiam levar à 3.ª Guerra Mundial, Putin citou Einstein: “Eu não sei com que armas a 3.ª Guerra será travada, mas a 4.ª Guerra Mundial será travada com paus e pedras“.

O presidente russo acrescentou ainda que os interesses de qualquer país não devem ser protegidos “através de confrontos”.

Apesar das advertências sobre um grande conflito à escala global, o Business Insider diz que “talvez mais do que qualquer outro país, a Rússia tenha a capacidade nuclear de acabar com o mundo”.

Com as cerca de 7.000 armas nucleares que constituem o arsenal nuclear mais diversificado e destrutivo do mundo, “Putin pode decidir de forma unilateral embarcar numa guerra que extermine a civilização”, avança o site de notícias.

Durante seu discurso anual sobre o estado do união que fez no início do ano, Putin vangloriou-se da capacidade nuclear do seu país e parecia confirmar a existência de um dispositivo apocalíptico russo, que poderia tornar grandes partes do mundo inabitáveis ​​por décadas.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. A União Soviética já não existe. Há algo de estranho no texto. Penso que deveria ser “Putin pediu que os EUA e a Rússia voltassem à paridade estratégica, , que impediu que a Guerra Fria aquecesse (nos tempos da União Soviética)…”

    • Caro Jose,
      Até nem usamos, mas sabemos que o serviço se chama Google Translate – e que “translater” não existe.
      Tem alguma sugestão concreta a fazer em relação a alguma imprecisão que tenhamos cometido?

      • A sugestão é simples… comecem a ler e a reler aquilo que publicam ou mudem de tradutor, investiguem melhor. Já começam a ser muitos erros e não são erros basicos como adicionar ou subtrair letras de palavras. Falo de erros de más traduções de frases e textos.
        Dou como exemplo esta noticia ou falsa noticia:”https://zap.aeiou.pt/maior-icebergue-antartica-morrer-205447″

RESPONDER

Síria. Crianças morrem ao frio após ofensivas do regime de Bashar Al-Assad

A intensificação da ofensiva das forças governamentais em Aleppo e em Idlib, na Síria, levaram a que milhares de famílias tivessem que se deslocar para o noroeste do país, na fronteira com a Turquia. Nas …

Rolando é reforço do Sporting de Braga

Sem clube desde que deixou o Marselha no verão, Rolando é o novo reforço do Sporting de Braga. O defesa de 34 anos deverá ser apresentado pelo clube minhoto ainda hoje. Dado ao facto de estar …

Quinta do Lazareto rende 13 milhões à Sonangol

A alienação da Quinta do Lazareto, um dos ativos imobiliários que a Sonangol pôs à venda em Portugal, rendeu à petrolífera angolana 13 milhões de euros, 45% acima da expetativa inicial, segundo uma administradora da …

Professores exigem negociações sobre progressão da carreira e ameaçam avançar para tribunal

Cerca de 50 professores concentraram-se esta quinta-feira em Bragança, onde decorre o primeiro Conselho de Ministros descentralizado, para exigir a abertura das negociações com a tutela, avisando que, se o Governo não o fizer, a …

Governo dá mais dias de férias a funcionários que se mudem para o interior

O Governo aprova esta quinta-feira em Conselho de Ministros um regime de incentivos para os funcionários da Administração Pública que decidam ir trabalhar para o interior, com ajudas de custo ou compensações financeiras e mais …

Autarquias têm mais um ano para preparar descentralização

O Governo decidiu dar mais tempo às autarquias para estas se prepararem para a descentralização. O prazo passa para o primeiro trimestre de 2022. Segundo avançou o Jornal de Notícias, citado pelo ECO, após críticas aos …

Sá Fernandes ponderou sair do Livre (e apoia eventual candidatura de Ana Gomes a Belém)

Na sua primeira grande entrevista após o caso Joacine, Ricardo Sá Fernandes, dirigente do Livre, revelou ao Observador que ponderou sair do partido e admitiu apoiar uma possível candidatura da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes às …

Medina diz desconhecer caso do alegado falso engenheiro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que não ter informação sobre o alegado falso engenheiro da empresa Tanagra, com quem a autarquia celebrou vários contratos para obras públicas. A TVI noticiou …

Parlamento debate fim das comissões bancárias no MB Way e nas prestações da casa

O Parlamento debate esta quinta-feira projetos do BE, do PCP, do PS, do PAN e do PSD sobre limitação e proibição de comissões bancárias, tendo os bloquistas, que agendaram esta discussão, expectativa de que os …

Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega "não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional". O Bloco de Esquerda votou contra e explicou …